Noroeste Fluminense

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Típica avenida principal de uma típica cidade do Noroeste Fluminense.

Cquote1.png Que lugar mais pobre Cquote2.png
Morador da Rocinha sobre Noroeste Fluminense
Cquote1.png Nem me lembrava mais da existência desse lugar... até que apareceu no jornal falando da enchente Cquote2.png
Sérgio Cabral sobre Noroeste Fluminense
Cquote1.png Faz parte de Minas, não é? Cquote2.png
Pessoa desinformada sobre Noroeste Fluminense
Cquote1.png Não, é uma região do Espírito Santo Cquote2.png
Outra pessoa desinformada sobre Noroeste Fluminense

O Noroeste Fluminense é uma região que se localiza entre o Espírito Santo e Minas Gerais, mas oficialmente pertence ao Rio de Janeiro. Apesar disso, os cariocas nem se lembram mais da existência desse lugar, e o governo estadual também esqueceu que o estado tem o Noroeste. De vem em quando, ao acontecer alguma enchente ou outra tragédia naquelas bandas, as cidades do noroeste aparecem na imprensa.

O fato mais interessante sobre o Noroeste é que ele não fica no noroeste. Qualquer um que tenha um mínimo de conhecimento de geografia percebe que esse lugar fica no norte. E a região norte, por sua vez, fica no nordeste. Mas até agora ninguém consertou o nome.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Estrada que leva para o Noroeste Fluminense.

O Noroeste sempre se destacou por estar por fora das coisas que aconteciam no estado. Quando a cana-de-açúcar chegou no Rio de Janeiro, o Noroeste não teve nenhum canavial. Quando o porto da cidade do Rio exportava o ouro vindo das Minas, o Noroeste continuava na merda. Quando houve o Ciclo do Café, o Noroeste novamente ficou de fora do processo. Quando surgiram os grupos criminosos, as favelas e todas as outras desgraças que assolam a Cidade do Rio de Janeiro, o Noroeste não teve contato com nada disso... até um certo tempo atrás.

A colonização dessa região começou quando o governo estadual criou uma colônia penal por lá. Desde então, os criminosos e traficantes mais perigosos do Rio eram mandados para lá, onde tinham que sobreviver plantando café e tirando leite das vacas. Outros bandidos procurados também iam para lá, pois ninguém sabia da existência daquele lugar. Era como se fosse o Acre fluminense.

Até hoje o Noroeste Fluminense sofre as consequências do seu passado. Enquanto o Estado do Rio de Janeiro se tornou a segunda unidade da Federação mais rica graças à indústria e comércio de narcóticos, aquele pedaço de terra que mais parece uma parte de Minas ou do Espírito Santo é considerada o cu do estado.

[editar] Cidades

O que você vai encontrar se conseguir atravessar a estrada acima.

Apesar de mais de 99% da área dessa região ser mato, existem algumas cidadezinhas perdidas naquelas bandas.

  • Itaperuna - É a maior (menos menor) cidade do Noroeste e a "capital". Na cabeça de um nativo, é a segunda maior metrópole da região (perdendo apenas para Campos dos Goytacazes, apesar de Campos não ficar no Noroeste). É conhecida por ter a segunda maior falsificação do Cristo Redentor (perdendo apenas para Colatina) e por ter médias de temperatura próximas as de Al 'Aziziyah.
  • Santo Antônio de Pádua - Localiza-se às margens do Rio Pomba, aquele onde um derramamento de bilhões de litros de resíduos tóxicos de uma indústria de fundo de quintal em Minas. Lá se concentra a maior população de Travecos por m²

[editar] Outras cidades

[editar] Clima

Cada cidade tem um clima diferente, mas no geral ele é quente. Muito quente. Por exemplo, uma vez por ano as águas do Rio Muriaé, em Itaperuna, evaporam devido ao calor, até o leito do rio ficar completamente seco, após evaporar a chuva cai em Bom Jesus do Itabapoana causando enchentes. Não espere encontrar algo diferente nas outras cidades.

[editar] Turismo

Tumbleweed01.gif

[editar] Economia

Diferente do que aparece no artigo da Wikipedia, a principal fonte de renda não é a agricultura e a pecuária. Também não é o tráfico de drogas, apesar deste ter crescido consideravelmente. Na verdade, o Noroeste Fluminense é sustentado pelo governo estadual e federal. Assim, as pessoas de lá não precisam trabalhar e passam o dia em casa fazendo porra nenhuma ou alguns bicos para ganhar um dinheiro extra.

== Ver também==

[editar] Ligações externas

[editar] Videos

Hino de uma cidade da região


v d e h
GUANABARA RIO DE JANEIRO, TERRA DOS BISCOITOS
Rioband.jpg
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas