Norte

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

O que se convencionou chamar de "Norte" nada mais é que a parte de cima de uma esfera. Recentemente, o Norte foi separado do Sul - seu irmão pobre - e transformado em um condomínio de luxo por seus moradores insatisfeitos com os cachorros vira-latas latinos (ou seria latindo?).

História[editar]

A Zona Norte, como é conhecido no Brasil, foi descoberto numa noite de inverno por um chimpanzé sulino que foi expulso do seu bando por ter feito sexo oral antes do casamento. O chimpanzé decidiu então que ali se estabeleceria e faria uma cirurgia de clareamento de pele na mesma clínica que o Michael Jackson e 10 milhões de anos depois escravizaria os descendentes dos seus antepassados.

Catacterísticas[editar]

  • No Norte existem mais cachorros que seres humanos.
  • No Norte chove canivete pra cachorro. Pras pessoas chove chuva ácida devido às fábricas da Zona Franca de Manaus.
  • No Norte os únicos instrumentos musicais que se toca são o Berimbau e o Tambor.
  • Metado do Norte é reserva indígena.
  • A outra metade é mata virgem. Mas só é virgem porque Bengalelê Motumbo ainda não esteve lá.
  • No Norte faz muito frio. Mas só neva onde vivem os ricos.
  • No Norte existem três rios para cada cabeça de gado.
  • No Norte as cidades são aldeias com menos de 30 habitantes.
  • Abaixo do Norte fica o Pantanal, e não o Sul como muitos pensam.

Como Chegar[editar]

Há três maneiras de chegar ao norte:

  • Partindo de Cuba em um bote feito de pneus recapados e folhas de bananeiras
  • Seqüestrando um avião usando um canivete suíço importado do Paraguai
  • Comprando uma Tele Sena e esperando ser sorteado para ganhar o dinheiro da passagem.
  • Sendo mais besta que a maioria.

Clima e Peculiaridades Naturais[editar]

O Norte possui um clima ameno com apenas dois furacões por mês, três terremotos por semana e cinco erupções vulcânicas por semestre.