Nova Módica

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nova Módica é um bananal que o governo mineiro insiste em dizer que aquilo é um município fica em Minas Gerais. O maior bem de Nova Módica é seu nome, ter uma estrada pavimentada ligando a cidade ao mundo (Ou não) e ter uma capela que todo mundo vai, pois se não fossem não teriam mais o que fazer.

História[editar]

Melhor policial de Nova Módica, algumas horas antes de sua premiação em público em que ganhará uma medalha de honra por algo bravo que ele fez: saber assobiar a música do "Créu".

A história de Nova Módica é tão comum que nem devia ser contada. Primeiramente só veio um bando de plebeus morar lá e não aconteceu mais nada, os plebeus fizeram bananais e canaviais e foram levando a vida, transformando Nova Módica em uma cidade pequena e sem-graça. Certa vez, um desses camponeses ouviram que várias cidades no estado estavam se emancipando.

Sabe-se lá porque, todo mundo decidiu emancipar as cidades ao mesmo tempo, não foi diferente com Nova Módica que antigamente tinha um nome mais comum e não um nome bizarro como Nova Módica. Era "São Jorge", aquele matador de dragões. Pois combinava muito com o município que tinha várias pessoas que "matavam dragões" todos os dias lá.

Como os município vizinhos como "São Pedro do Pescador" (saiu meio redundante essa) e "São José do Divino" ficavam fazendo piada por São Jorge ser terra de gente feia eles ficaram com raiva e adotaram o nome atual muito "honroso e bonito" como o habitante de Nova Módica deveria ser.

O município se emancipa da Puta que Pariu e vira o que chamamos de "cidade dependente econômica caipira", segundo os parâmetros do governo brasileiro e da economia global.

Cidade[editar]

Se resume a uma praça onde todos se encontram para tomar uma Coca-cola. Óbvio que todo mundo deve para o padeiro e para si mesmos pois todos sempre estão lisos, então eles logo acham um matinho para resolver logo essas dívidas e tudo voltar ao normal. O município se auto-intitula "terra de gente hospitaleira e sem graça".

Porém todo mundo já ouviu isso em cidades pequenas, sempre "terra de gente hospitaleira e querida". Pois bem o Irã dizia a mesma coisa até que surgiu o filme 300 para ficar difamando os antepassados deles e então o governo iraniano abrir o programa nuclear deles. Falando em coisas nucleares parece que o tédio do município é contagioso.

Várias pessoas que entraram em Nova Módica acabaram perdendo algo e voltando para suas casas com algo faltando. Foi fácil saber o que eles tinham perdido: o senso de humor, na cidade isso é muito fácil de se perder, por isso a prefeitura guarda o senso de humor nos achados e perdidos e espera eles voltarem para pegá-los.

Mas espera um pouco: ninguém sabe onde fica a prefeitura desse buraco!

Ver também[editar]