Novo Barreiro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
Novo Barreiro em visão panorâmica.
Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Novo Barreiro.
Novo Barreiro sendo vista do vaso sanitário agora... Ou será que a ordem está invertida?

Novo Barreiro é a primeira cidade que recebe um nome que mostre toda a dignidade que uma cidade do Rio Grande do Sul pode ter: ou seja, quase nula. Novo Barreiro surgiu após colônias ficarem mandando toda a merda que faziam para uma certa colônia que ficava responsável por transformar todo o estrume de outras colônias em energia para si. De tempos em tempos, as outras colônias acabaram mandando merda de gente junto com a dos animais e como os ficais de Novo Barreiro não eram bobos, logo souberam da falcatrua e pararam de receber merda das outras colônias, assim se emancipando e virando a cidade de Novo Barreiro.

Fundação[editar]

A fundação foi uma merda só... Nos dois sentidos dessa piada infame. Foi construída como um distrito que quando um cientista revolucionário descobriu todas as propriedades químicas da merda, fez com que a cidade ficasse responsável por converter toda a merda que conseguisse em energia.

As cidades ficaram felizes e começaram a enviar estrume de 5 tipos de animais diferentes para transformar em energia toda aquela merda.

História[editar]

Assim nascia o tipo de comércio de Novo Barreiro: receber merda dos outros. Bem que tudo andou bem durante alguns tempos, eles recebiam merda de 5 diferentes cidades e transformava em energia aquilo. Era uma relação bem simbiótica entre as cidades.

Porém, um dia os fiscais descobriram que começaram a mandar cocô humano para lá!

Cquote1.png Hum... Esse aqui está com um jeito estranho... Cquote2.png
Fiscal 1#
Cquote1.png Vamos ver o que é... Cquote2.png
Fiscal 2# provando um pouco do estrume
Cquote1.png Qual a consistência? Cquote2.png
Fiscal 1# sobre o estrume "suspeito"
Cquote1.png É molezinho e trem gosto de nozes... Isso é humano! Cquote2.png
Fiscal 2#

E assim, a cidade cortava todas as relações comerciais, pois estava ofendidinha por receber cocô humano para suas fábricas de bioenergia. Além disso, aproveitou e se emancipou, para mostrar sua indignação bem estilo bicha do século XXI.

Etimologia[editar]

A origem do nome veio quando as pessoas e fiscais recebiam novo estrume que viraria energia mais tarde. Eles sempre gritavam "Novo Barreiro!" para abrirem as portas da fábrica e fazerem merda virar eletricidade, um processo quase mágico, tão mágico quanto você se sentar no assento do vaso sanitário e descobrir que o assento está quentinho.