O

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Discionario em png.PNG
O Descionário possui um verbete sobre O

Cquote1.png O obrigado Cquote2.png
Xuxa sobre o

Letra O executada com perfeição no MS Paint

O é uma letra do alfabeto tradicional que usamos em nossas pseudo-escolas aqui no Brasil, o chamado Alfabeto Greco-Romano. É uma letra bem complexa, possui características especiais, como ser uma vogal. O melhor modo de se executar com perfeição o 'O' é utilizar um compasso, fixando a ponta-seca num ponto qualquer da folha, apóie o grafite na folha também, e gire o compasso, ou coloque a ponta-seca no pescoço do seu amiguinho Nerd e peça, não esqueça do "por favor", pra ele fazer o 'O' pra você.

Origem[editar]

Como tudo mais que nos é util hoje em dia, a letra 'O' surgiu na Grécia. Dois filósofos discutiam, tentando criar uma nova letra, a discussão ficou tão fervorosa que um deles (em sinal de reprovação ao outro) abaixou as calças e mostrou a bunda ao outro, eis que surge a letra O.

No princípio, o O era um circulo maciço, não havia o buraco no meio dele. Era uma letra muito malandra e sempre resolvia roubar frutas da lojinhas das feiras na Antiga Grécia, eis que um dia, roubando, o vendedor percebeu e lhe meteu um tiro no peito, e surgiu o buraco aí.

Utilidades[editar]

Ao longo do séculos de sua existência, a letra 'O' foi de muita utilidade:

Ver também[editar]