O Guia do Mochileiro das Galáxias

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Zorak.jpg
Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!
Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.



Se esse não é o lugar que você quer estar aperte o Gerador de Improbabilidade Infinita


NÃO ENTRE EM PÂNICO!!!


A primeira edição do Guia do Mochileiro da Galáxias

Cquote1.pngVocê quis dizer: Guia do Punheteiro das Galáxias ?.Cquote2.png
Google sobre A Resposta para a Pergunta Fundamental da Vida, do Universo e Tudo o Mais.
Cquote1.png 42 Cquote2.png
A Resposta para a Pergunta Fundamental da Vida, do Universo e Tudo o Mais.
Cquote1.png Eu já sabia. Cquote2.png
Chuck Norris sobre a resposta abaixo antes de ser respondida
Cquote1.png 42 Cquote2.png
A Resposta para a Pergunta Fundamental da Vida, do Universo e Tudo o Mais.
Cquote1.png 51 Cquote2.png
Jeremias sobre a Resposta para a Pergunta Fundamental da Vida, do Universo e Tudo o Mais.
Cquote1.png 666! Cquote2.png
Iron Maiden sobre a Resposta para a Pergunta Fundamental da Vida, do Universo e Tudo o Mais.
Cquote1.png One! Cquote2.png
U2 sobre a Resposta para a Pergunta Fundamental da Vida, do Universo e Tudo o Mais.
Cquote1.png E o bambu?! Cquote2.png
Pergunta de Sílvio Santos para o Guia Do Mochileiro das Galáxias
Cquote1.png Amadores... Cquote2.png
O Guia do Mochileiro das Galáxias sobre Wikipedia
Cquote1.png Esses garotos têm futuro. Cquote2.png
O Guia do Mochileiro das Galáxias sobre Desciclopédia
Cquote1.png Isto não existe. Cquote2.png
Guia do Mochileiro das Galáxias sobre Padre Quevedo
Cquote1.png Esse artigo vai terminar em lágrimas... Eu avisei... Cquote2.png
Marvin sobre O Guia do Mochileiro das Galáxias
Cquote1.png Literatura de espaço-porto. Cquote2.png
O Guia do Mochileiro das Galáxias sobre Oscar Wilde
Cquote1.png Essa galerinha da pesada vai causar tanta confusão pelo Universo que até Deus duvida!!! Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre O Guia do Mochileiro das Galáxias
Cquote1.png Sinto muito mas não posso lhe ajudar, para editar este artigo é necessário enviar uma via do formulário para o departamento da Desciclopédia e esperar 7 milhões de anos para ser processado, além de uma autorização por escrito assinada com amor por Chuck Norris, entregue das 08:00 às 18:00 de segunda à sexta e das 08:00 às 14:00 nos sábados e feriados no planeta Vorgosfera (em papel timbrado na cor azul bebê). Cquote2.png
Atendente da prefeitura de Vorgosfera sobre a mensagem "bad bad server" ao editar este artigo
Cquote1.png Infinito ou impossível determinar... Cquote2.png
Resposta sobre a idade de Dercy Gonçalves, feita ao computador mais avançado já construido
Cquote1.png Na União Soviética, o Guia do Mochileiro das Galáxias lê VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre o Guia do Mochileiro das Galáxias

Spoiler5.JPG
Atenção! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais spoilers.
Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que eu comi sua mãe ontem, ou que o Zodíaco é Arthur Leigh Allen..
Spoiler3.jpg


O Guia do Mochileiro das Galáxias é um livro preto com um Troféu joinha dourado na capa e a frase "Não entre em panico" escrita em letras garrafais e amigáveis na parte de trás. É o livro mais incrível já lançado pelas grandes editoras da constelação do Ursa Menor, pertinho de Andrômeda. A Wikipédia define o Guia como: "uma série de ficção científica criada por Douglas Adams, originalmente como um programa transmitido pela rádio britânica BBC em 1978". O Guia do Mochileiro das Galáxias define o departamento de informação da Wikipedia como: "Uma cambada de panacas patéticos que devem ser os primeiros a ir pro paredão quando a revolução estourar." Por conta de algum estranho evento nas dobras dimensionais, um exemplar do Guia editado no Futuro atravessou uma fenda no tempo e caiu em nossas mãos, e lá ele descreve o departamento de informação da Wikipedia como "Uma cambada de panacas patéticos que foram os primeiros a irem pro paredão no dia em que a revolução estourou.

Tabela de conteúdo

[editar] A toalha para o Mochileiro

Marvin, o robo emocore de "O guia do Mochileiro das Galáxias"

O Guia do Mochileiro das Galáxias faz algumas afirmações a respeito das toalhas. Segundo ele, a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você ― estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa. Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc, etc. Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha "acidentalmente perdido". O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.

Mas,caso algum terráqueo tenha saido da terra com sua toalha e tenha desfrutado das inúmeras utilidades dela não saberemos, pois se esse cara não for Arthur Dent, ele com certeza não quer voltar pra sámerda aki.

[editar] Besta Voraz de Trall

Um ser tão imensamente idiota que acredita que se você não pode vê-lo então ele também não pode ver você.Em nosso planeta, por vezes assume a forma de Carla Perez, Percival,Ghugu e afins.

[editar] A Terra no Guia

Apesar de ser por definição o compêndio galáctico supremo da onisciência universal divina, existe um lugar sobre o qual o Guia não sabe, não quer saber e tem raiva de quem sabe: um planetinha na periferia da galáxia, sem luz, esgoto e água-encanada, feio, pobre, desdentado que perdeu o benefício dado pelo governo chamado Terra. Isso porque os editores do Guia acham a Terra um cu buraco sujo planeta insignificante e preferem assistir o Zorra Total a perder um minuto de suas vidas com isso. Assim sendo o artigo do Guia sobre a Terra é um dos menores do livro, contendo apenas as palavras "Praticamente inofensiva" (Veja o artigo completo aqui). Já houve inúmeras tentativas de expandir esse artigo, mas ele é sempre vandalizado por usuários com IPs (Intergalatic Protocol) provenientes de Marte. Na ultima tentativa de se expandir o artigo do Guia sobre a Terra, um nerd tentou enviar a Enciclopédia Barsa para a Constelação do Urso Polar num foguete caseiro movido a Álcool Zulu, mas a mesma foi interceptada pelas vacas voadoras de marte quando atravessava a Grande Barreira de Corais. Em virtude desses infelizes contratempos o tópico do Guia sobre a Terra exibe a milhares de anos uma mensagem como esta:



É claro que a ausência da presença do Guia do Mochileiro das Galáxias na Terra rapidamente abriu espaço para que organizações nefastas criassem suas próprias versões rudimentares do Guia, tentando dar a entender que trabalham pelo bem da população e atendem aos anseios naturais dos terráqueos pelo saber; mas está claro que por detrás dessa mente satânica aura de benevolência e filantropia essas companhias ocultam segundas intenções malignas e perversidões indescritíveis. Entre as entidades maquiavélicas desse tipo operando na Terra atualmente podemos citar a Wikipedia, Silvio Santos e o Google, que, sem o pagamento dos devidos royalties, publicam e difundem conteúdos que pertencem unicamente ao Guia do Mochileiro das Galáxias. Algumas das antigas organizações desse tipo felizmente já varridas do mapa foram a Biblioteca de Alexandria e o Grande Templo Xiaolin.

[editar] O Guia na Terra

Durante a Semana de Arte Moderna de 22, Douglas Adams um tipico maconheiro,criador dos Chiclets Adams, tentou lançar na Terra uma versão em papel do Guia do Mochileiro das Galáxias, mas a impressão de um único exemplar causaria a destruição da Amazônia inteira, o que foi proibido pela Globo, que ainda tinha muitas minisséries para gravar lá. Assim sendo ele resolveu escrever um programa de rádio, uma série de TV, uma novela, uma caso especial, uma pornochanchada, um episódio do Você Decide, um filme, um desenho animado, um gibi, uma trilogia de 5 livros, uma reconstituição do Linha Direta, uma receita de pudim, um manifesto comunista, uma bula de remédio, um artigo da Wikipedia, um artigo da Desciclopédia (provavelmente este), um tratado filosófico, um fotolog, uma equação matemática, um livro sagrado, uma minissérie na Amazônia e um perfil no Orkut para contar a história do Guia do Mochileiro das Galáxias de forma resumida.

Os personagens principais dessa história são:

Rei Arthur Dente, conforme aparece no documentário "Monty Python em Busca do Cálice Sagrado"
  • Chevrolet Opala - modelo Deluxe, motor V8, 1973, único dono, tratar com Dorival.
  • Marvin - robo emo com QI inversamente proporcional ao tamanho de sua cabeça.

Na história todos esses personagens vivem felizes – exceto o Marvin, que chorava exaustivamente ao som de Simple Plain, NX-Zero, Xuxa etc.

Até que os Vogons, uma empresa de demolição contratada pelo George Bush para destruir Brasília (Ninguém sabe ao certo porque, e nem eu. Pergunta pro autor do artigo sobre eles.), erram na dose e destroem o mundo inteiro.

Então esses personagens se juntam a Raul Seixas, o maluco beleza, e pegam carona no rabo de um cometa pra conhecer a Via-Láctea, galáxia tão bonita, principalmente no litoral. Eles fazem isso com a ajuda dos catadores de papelão borboleta mágicos do Pequeno Príncipe e vão parar no Restaurante no Fim do Universo, ali no interior do Acre.

Lá eles encontram o grande computador Pensador Profundo que lhes revela que a Resposta para a Pergunta Fundamental sobre a Vida, O Universo e Tudo Mais é..... 42. Então eles mandam o maldito computador a merda e se inscrevem no programa De volta para minha terra do Gugu Liberato e conseguem voltar para o seu planeta.

Sendo assim todos vão cheirar gatinhos e Marvin corta suas madeixas para participar de grandes produções, como Star Wars, Perdidos no Espaço, Meu Marciano Favorito e o desenho looney tunes.

Fim!!

[editar] A Vida, o Universo e Tudo Mais

Como a obra de Adams foi apenas um resumo da verdadeira grandiosidade do Guia do Mochileiro das Galáxias, apenas uma das respostas para a Pergunta Fundamental sobre a Vida, O Universo e Tudo Mais foi incluída. As outras possíveis respostas são:

Uma das possíveis respostas para a Pergunta Fundamental sobre a Vida, o Universo e Tudo Mais (a favorita do Jeremias)
  • Sim!
  • O LENDÁRIO 42
  • 4-8-15-16-23-42... THE BUTTON! THE BUTTON!
  • 22! Dois patinhos na lagoa!
  • 33! A idade de Cristo!
  • 51! Uma boa ideia!
  • 69! Meia-Nove!
  • CINQUENTA E SEIS!!!
  • BINGOOO!!!!
  • Laranjada
  • SIX!!! SIX!!! SIX!!! THE NUMBER OF THE BEAST! (em falsete)
  • 3,1415926535897932384626433832795028841971693993751
  • 6,02 x 10²³
  • A razão áurea
  • A razão platinada
  • A razão com frisos cromados e estofamento em couro
  • Artigo 2.14 do código penal
  • 7 Belo
  • Iogurte 100
  • A moedinha número 1
  • Truuuuuuuuuuuucooooooooo!!!
  • Globo, agente se vê por aqui
  • e=mc²
  • 2 São paulinos = 2*24=42!
  • MAIS DE OITO MIL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

[editar] A revolução Wiki no Guia

No início de sua história o Guia atualizava seu monstruoso banco de dados usando as informações enviadas por milhares de correspondentes interespaciais que perambulavam pela galáxia fazendo brincadeiras sexuais com toalhas molhadas e discutindo sobre a Pergunta Fundamental da Vida, do Universo e Tudo Mais. Mas isso foi muito antes dos editores do Guia descobrirem no primitivo planeta Terra o conceito Wiki e perceberem a existência de uma multidão de nerds muito úteis que topariam atualizar seus artigos de graça, só para suprirem suas necessidades de - em sua própria visão distorcida da metafísica do Universo - serem legais (Os principais sábios maconheiros do Universo são unânimes em afirmar que uma ideia tão brilhante, feita para meia dúzia de espertos se aproveitarem de milhões de idiotas, só poderia ter sido criada na Terra.) Isso tornou os editores do Guia muito ricos, e eles então puderam construir seu escritório na cobertura triplex de um elegante edíficio da Marginal Pinheiros.

[editar] Como posso contribuir com o Guia?

É muito simples! Hoje em dia qualquer idiota um pode facilmente acrescentar um artigo ao Guia do Mochileiro das Galáxias. Basta para isso que o seu CU (Código Universal) esteja limpo e em ordem e que suas prestações do Carnê do Baú estejam em dia. Tendo isso em mãos vá até um terminal informatizado e acesse o site do Guia na UWW (Universal Wide Web). Para isso você precisara utilizar um dos provedores que acessam a rede Subetanet, como o Galaxy Online, o Landau Online e o Universo Online. Depois de terminada sua edição do artigo, basta salvá-lo e pronto!, nunca conseguirá acessá-lo de novo! A partir desse momento a propriedade intelectual sobre seu artigo passa para os editores do Guia e a única forma de você vê-lo novamente é comprando um exemplar do Guia do Mochileiro das Galáxias ou, caso já tenha um, comprando uma de suas atualizações anuais. Os editores do Guia do Mochileiro das Galáxias não teriam ficado ricos se fossem idiotas.

[editar] A Desciclopédia e o Guia

A Desciclopédia, como entidade prima-meia-irmã do Guia na Terra, mantém com o Guia do Mochileiro das Galáxias uma generosa, franca e proveitosa troca de ideias, experiências e fluidos.

Apesar disso um acha que o outro não tem nada que presta e vice-versa.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas