O Massacre da Serra Elétrica (filme de 2003)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Erin Hardesty, a heroina imortal, valente, super-poderosa e com TPM deste filme. Sozinha, ela conseguiu decepar o braço direito de Leatherface e matar Charlie Hewitt.

O Massacre da Serra Elétrica (2003) é um filme de terror/comédia/sacanagem, remake do filme homônimo de 1974, que conseguiu impressionar as plateias com as suas mortes sangrentas que não tem sangue. Apesar de todo o barulho, principalmente porque a protagonista iria ser interpretada por Jessica Biel, este remake não fez tanto sucesso quanto o original, apesar de ter quase o mesmo enredo, personagens melhores e duas mortes de bônus, para agradar aos mais sádicos. Talvez o grande problema desta produção tenha sido a ausência do negão que atropelou Hitchhiker e enfrentou Leatherface, o personagem mais cativante e valente da história do cinema.

Sinopse[editar]

Gtk-paste.svg.png Aviso: Este artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, como o fato de que Erin Hardesty decepa o braço de Leatherface, faz ligação direta em uma viatura policial, atropela Charlie Hewitt 3 vezes com ela e consegue fugir inteira do Texas.

Um grupo de jovens maconheiros, comandados pela loira imortal Erin Hardesty (Jessica Biel), está indo para o México, para assistir um show de uma banda de rock e reabastecer o seu estoque de ervas. Porém, a viagem é interrompida, quando eles resolvem dar carona para uma loirinha suicida, que, ao apertar o gatilho de sua Colt Python dentro da boca, estoura metade da própria cabeça na parte de trás da van dos jovens. A partir daí, o grupo tenta encontrar o xerife para se livrar da defunta, mas acabam entrando em uma gelada quando cruzam com Leatherface (Andrew Bryniarski), o açougueiro e cozinheiro da região, que mata as pessoas, as refoga no molho madeira e as serve com batatas para a sua família.

Elenco[editar]

Monty Hewitt, o perigoso vilão deste filme, mais forte e cruel do que Leatherface, que é conhecido pela incrível velocidade em que persegue as suas vítimas, principalmente nas descidas.

Como os personagens do filme original já tinham sido digeridos por Leatherface e seus parentes, o diretor do remake teve que criar novos. Para não perder a ideia original, ele substituiu os velhos personagens por outros com as mesmas características. Sim, caro leitor, infelizmente, ele fez um personagem com as mesmas características de Franklin Hardesty, chamado Morgan. O nível de chatice deles é o mesmo. A única diferença é que Morgan não é cadeirante, e não deu trabalho para ninguém - Pelo contrário, ele até foi útil, pois salvou a vida de Erin Hardesty.

  • A protagonista imortal do filme original Sally Hardesty foi substituída pela prima igualmente imortal Erin Hardesty. As duas são loiras e tem uma sorte do cão. A única diferença é que, como não pôde contar com a ajuda do super-heroi negão que atropelou Hitchhiker e enfrentou Leatherface, Erin teve que se virar, e usou as suas habilidades ninjas para decepar um dos braços de Leatherface e matar o xerife FDP, atropelando o canibal 3 vezes, matando-o depois de morto, apenas para garantir que ele não voltaria no próximo filme.
  • A personagem inútil Pam, criada apenas para encher linguiça, foi substituída por Andy. Os dois compartilharam do mesmo azar, ou seja, ficaram pendurados como bois no gancho, e sofreram por horas e horas antes de morrerem definitivamente.
  • O personagem mais chato de todos os tempos, Franklin Hardesty, foi substituído por Morgan. Os dois só serviram para encher o saco, porém, eles fizeram coisas diferentes. Por ser cadeirante, Franklin não fez absolutamente nada, e só é lembrado porque era irmão da protagonista. Já Morgan era um zé-ninguém, sem parentes nem amigos, mas pelo menos fez uma coisa de útil, que foi salvar a vida de Erin Hardesty, quando Leatherface a pegou.
  • O invasor de propriedades alheias, Kirk, foi substituído por Kemper, um sujeito igualmente larápio. Os dois compartilham da mesma dor de terem sentido a fúria da Marreta do Leatherface, levando 300 marretadas na cabeça.
  • O sujeito que teve a morte mais patética no filme original, Jerry, foi substituído por Pepper. Os dois morreram rapidamente, e nem tiveram muitas chances de fazer alguma coisa. A única diferença é que Jerry levou uma marretada na caixa d'água, e Pepper foi dividida em duas partes simétricas.
  • Drayton Sawyer, o retardado que dá as cartas na casa dos Sawyer/Hewitt, foi substituído por Charlie Hewitt, personagem igualmente FDP. Apesar dos dois serem sádicos, Drayton ficou vivo e saudável, enquanto que Charlie sentiu a fúria e a TPM de Erin, que passou com o carro de puliça 3 vezes por cima dele, matando o ditocujo.
  • O galã Leatherface não foi substituído por ninguém, afinal, ele ameaçou serrar o diretor do filme caso ele fizesse isso. Porém, diferentemente da versão original, em que Leatherface é muito retardado e prefere usar a marreta, no remake Leatherface prefere usar a motosserra, para matar logo as vítimas, não dando chances para elas.

Recepção[editar]

Como em 2003 já existia a computação gráfica, os poucos espectadores que foram aos cinemas não esboçaram sequer uma expressão de medo. Eles acharam que os atores ficaram meio sem expressão, meio sem suor, meio sem tudo. Esse problema não existiu na versão original, pois como em 1974 ainda nem existiam os computadores, os atores tinham que se esforçar ao máximo para conseguir fazer um filme de terror sem ficar ridículo.

Curiosidades[editar]

A pessoa que mais matou neste filme não foi Leatherface, e sim a protagonista Erin Hardesty. Ela botou 2 vítimas no saco, e por pouco não botou 3. Para começar sua carreira de assassinatos, ela enfiou a peixeira no estômago de seu amiguinho Andy, que estava agonizando há horas e não conseguia morrer por conta própria. Depois, ela fez uma ligação direta na viatura de polícia e passou com ela 3 vezes sobre Charlie Hewitt, matando o demente de uma vez por todas. Para finalizar excelentemente bem seus assassinatos, Erin tentou decepar a cabeça de Leatherface, mas como o vilão é protegido pelo diretor e é abençoado com a imortalidade, ela conseguiu apenas decepar-lhe o braço.


v d e h
BUUUUUZZZZZZZZZZZZZZ!!! O Massacre da Serra Elétrica...
Leatherface montagem 2.jpg