O Rico e Lázaro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Rede Record.jpg Este artigo é propriedade de Edir Macedo, assim como a Rede Record e a Universal, e ele fará de tudo para que você seja roubado pague o dízimo!

Igreja universal.jpg
Conheça seus outros planos de dominação mundial clicando aqui.
Va-a-merda-porra-(Luiz-Carlos-Alborghetti).gif Este artigo pretende ser ofensivo!

Se você não se sentiu ofendido, edite-o até se ofender.

E se se sentiu ofendido, VÁ A MERDA, PORRA!!!


Cquote1.png Você quis dizer: Irmãos Coragem? Cquote2.png
Google sobre O Rico e Lázaro

Cquote1.png Essa Joana é uma prostituta mesmo. Cquote2.png
Gabriela Moreyra sobre O Rico e Lázaro
Cquote1.png O Edgard Miranda deve estar drogado. Cquote2.png
Faustão sobre O Rico e Lázaro
Cquote1.png Foi o cão que botou nóis pra beber! Cquote2.png
Jeremias Shag-Shag, a vidente cachaceira da babilônia sobre seu papel na novela
Cquote1.png Eu amo as carnificinas do Antigo Testamento! Cquote2.png
Rabino Edir Macedo sobre O Rico e Lázaro
Cquote1.png O título não tem nada a ver com a trama e é duma parábola de Jesus Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre O Rico e Lázaro

O Rico e Lázaro é mais uma novela idiota da Rede Recópia apenas com pano de fundo bíblico e muita enrolação criada por um bebum chamado Edgard Miranda.E por que ele fez essa novela? Óbvio, pra ganhar fama e ser rico(e por que o Macedo mandou). Parar criar essa novela, os diretores foram pro país do terrorismo, onde tudo começou, e criaram a merda dos estúdios em uma cópia da Babilônia, onde vivem nobres e escravos drogados viciados em maconha presos numa sela do palácio. O rei (ou O Rei do Gado) se chamava Nabucodonosor e a rainha se chamava Amitis, havia também Evil-Merodaque, um príncipe traficante que se casou com uma pseudo-assíria interpretada por uma mulata (devido as cotas e o mimimi afrocentrista) chamada Shamiran, uma princesa burra pra caralho.

Enredo[editar]

A novela conta a História de Joana, uma hebreia boazinha que namora Asher, um escravo usuário de crack. E é amante de Zac, um baladeiro amante do trance e do Hava Nagila nas noitadas de Jerusalém. Joana fabricava baseados pra sustentar a família, e vivia sendo perseguida por um sacerdote encapetado leitor assíduo do Talmud chamado Fassur, que a considerava como uma versão feminina do demônio, embora ela fosse uma boa moça. Tudo ia bem até que um dia o Rei de Judá,Jô soares aquim, começou a se afastar dos caminhos de Deus e ferrar com o povo socando impostos. Então surgiu um profeta de nome Jeremias que metia a real nas merdas que estavam acontecendo no Reino da Dinamarca...ops...eu quis dizer,no Reino de Judá.

Personagens[editar]

Reação dos atores ao ler esse artigo
  • Joana: A protagonista da história (Ou o que Fassur chama de demônio feminino). É a fabricante de baseados que ajuda a família a sobreviver. Como dissemos na história, ela vivia sendo perseguida pelo sacerdote Fassur.
  • Zac: Como também dissemos na história, Zac era um baladeiro amante do trance e que vivia drogado nas baladas lá de Jerusalém, mas na verdade era um rico comerciante de baseados que vivia vagando pelas ruas da Babilônia. Vai fazer de tudo pra irritar Joana.
  • Fassur: Um filho do demônio criado para atazanar a vida de Joana, além disso, ela chamava Joana de "semente do mal" e dizia ser filho de Deus, mas na verdade é um endemoniado filho da puta.
  • Asher: Um defunto casado com Joana, mas antes, ele virou usuário de Drogas que vivia em uma sela do palácio.
  • Nabucodonosor: O rei da Babilônia (ou seja, o mitão da porra toda).
  • Amitis: A rainha da porra toda, casada com o rei da porra toda, mãe de Evil-Merodaque e avó de Belsazar (que ninguém sabe quem é).
  • Elga: Mãe do "baladeiro" da porra toda novela. Também é mãe de dois deficientes vendedores de baseados serafins que vivem todo dia brigando.
  • Evil-Merodaque: Um traficante príncipe babilônico casado com Shamiran e amante de Nitócris.
  • Nitócris: Amante de Evil-Merodaque e cunhada irritante de Shamiran.
  • Kassaia: Uma princesa prostituta que foi morta por Sammu-Ramat, uma feiticeira safada que nem sei como explicar.
  • Shamiran: Uma imigrante ilegal casada com Evil-Merodaque, Shamiran era uma princesa burra pra cacete e era interpretada por uma mulata, o que faria mais sentido se fosse interpretar uma princesa etíope, e não preciso dizer mais nada.
  • Sammu-Ramat: Antes era uma puta paga com o nome de Nina (Que?), depois virou sacerdotisa para encher o saco do rei.É a principal Bad Girl da trama.
  • Nebuzaradã: Soldado babilônico cruel e irritadinho, que na verdade é Hebreu por parte de pai e nem sabia.
  • Beroso: Basicamente o Fassur babilônico, só que menos hipócrita e macumbeiro politeísta.
  • Daniel e seus amigos: Os jovens hebreus que sobreviveram a fornalha ardente pela intervenção divina e mostraram pro Rei que Brasil acima de tudo e Deus acima de todos Deus está acima de tudo e todos.
  • Abraão: Aparece no primeiro e no último capítulo só e dessa vez não vou dar spoiler!
  • Irmão do Jorel do rei Joaquim: Assumiu a privada do Reino de Judá com a morte do irmão.[1]
  • Outros personagens: Nem preciso falar deles, eles são uma merda!

Audiência[editar]

A audiência no começo foi, mas com todo o superfaturamento e sensacionalismo da Recópia, a novela foi perdendo a graça e o público não queria saber dela, perdendo até pra emissoras fracas como a TV Tangamandápio.

Depois de um tempo resolveram re-exibir pra tapar o buraco deixado pelo fim da novela da Ração Foster de coroa (vulgo "Jezabel")[2] e abafar as polêmicas da novela "Jesus"[3], já que o "Maiscedo" resolveu comprar briga gratuita com os católicos (inclusive eu), luteranos e ortodoxos [4] ficando na esperança de que os judeus, muçulmanos, neopentecostais, adventistas, ateus, agnósticos e grãos-mestres da maçonaria patrocinem/assistam suas megaproduções.

Referências/Notas[editar]

  1. Nesse caso não é trono real não, pois ele se borrou nas calças ao ver o Nabucodonosor!
  2. Entendedores entenderam
  3. https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/novelas/fieis-dos-eua-promovem-boicote-novela-jesus-blasfemia-contra-deuss-23492
  4. Os 3 aceitam a virgindade perpétua de Nossa Senhora (bom, no caso dos Luteranos na real que eu nem sei mano, os cara são tudo divididos, mas o Mauricinho Putero aceitava.