O Grito (filme)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de O grito (filme))
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.pngVocê quis dizer: Filme japonês horrorosoCquote2.png
Google sobre O Grito (filme)

Cquote1.png Mana!!! Cquote2.png
Samara Morgan sobre Kayako Saeki

Cquote1.png WAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA Cquote2.png
mafagafo sobre grito

Kayako Saeki, depois de se olhar no espelho...

O Grito (não confundir com o quadro O grito, de Munch) é um filme japonês americano que conta a história de uma ninfomaníaca esquizofrênica, chamada Kayako Saeki, que pensava ser a Samara Morgan, de O Chamado. A única diferença é que Saeki, ao contrário de Samara, não tinha muita educação e não ligava antes de fazer sua visita (talvez porque soubesse que a vítima o anfitrião iria inventar alguma desculpa para dar no pé...).

Tabela de conteúdo

[editar] História da maldição

Kayako Saeki era uma pessoa triste e desanimada. Isso porque seu marido a estuprava todos os dias, depois de encher a cara de sakê no bar da esquina. Mas não ficava triste porque era estuprada, e sim porque não sentia nada na hora da relação, com aquele palitinho japonês beliscando seu bacalhau em chamas.

Disposta a se aventurar em relações mais picantes, a ninfomaníaca-bissexual-esquizofrênica-psicopata Saeki se decidiu por procurar gringos que quisessem transar com ela. Afinal, talvez lhe proporcionassem maior prazer devido à sua estrutura genital mais avantajada.

Para isso, assassinou seu marido com um infarto fulminante, lhe dando um susto pela manhã. Quando foi interrogada pela polícia a respeito do caso, disse que a responsável fora a casa, que era "mal-assombrada". Como Saeki era maluca mesmo e realmente acreditava no que dizia, a polícia deu crédito à sua versão e a liberou.

Saeki, então, saiu com seu amante, um anão macabro igualmente maluco como ela, para capturar estrangeiros a fim de saciar seu desejo por sexo bizarro. Aqueles que não se submetiam aos seus caprichos seriam simplesmente assassinados.

OBS: A maldição referida recai sobre todos os espectadores que se dispuserem a assistir a esse plágio descarado filme. Ficam condenados a sempre pensar duas, três, dez vezes antes de pagar de novo para assistir a algum remake de filme de horror japonês.

[editar] Filmes

[editar] O Grito

Quando Sarah Michelle Gellar se muda para Tóquio, desejosa de enriquecer fazendo programas, ela não imaginava o que iria lhe ocorrer. Um belo dia, atendendo a uma chamada num subúrbio da capital japonesa, Sarah conhece Saeki e seu amante-anão. Não tem coragem de fazer o programa a três, já que os dois fediam como esgoto e eram feios pra burro. A partir de então, é perseguida pelos contratantes e pelo seu cafetão, um repórter de um jornal local.

[editar] O Grito 2

Na continuação, Sarah Michelle Gellar está internada, por ter dado muito no filme anterior. A sua irmã viaja dos EUA até o Japão para fazer sexo lésbico com Sarah e ajudá-la também a fazer seus programas para enriquecer. Só que Sarah é assassinada por Saeki porque ela não quis oferecer seus serviços a ela. Amber, com ajuda do repórter fotógrafo Eason, tenta descobrir o motivo da morte de sua irmã e também descobrir mais sobre a Kayako depois de fazerem sexo rapidamente... Mas Kaiako descobre e assassina os dois depois de estruprá-los.

[editar] Ficha técnica

  • Filme: O Grito ("The Grude")
  • Gênero: Comédia Romântica
  • Duração: 10 minutos acordado e 86 dormindo (o espectador)
  • Ano de Lançamento: o mesmo ano da compra (lançado pela janela ou dentro da lixeira mais próxima)
  • Direção: Myemraba Kokibe
  • Roteiro: Irmãos Control+C e Control+V
  • Atores: Sarah Michelle Gelada e Billsnaga Pullman
Night creature.JPG
O Grito (filme) surgiu das trevas!!

Of DOOOOOOOOOM!!!

Puro osso.gif
Exorcista.jpg
Psycho.jpg
O Grito (filme) é um filme de terror

então, nem leia esse artigo, a não ser se quiser ter um encontro com a menina do exorcista, e se vandalizar, a Samara virá te comer pegar daqui à 7 dias.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas