Objetivismo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Datenamuitobrabo.JPG ME DÁ AS IBAGENS! Eu quero ibagens!!!
Este artigo possui poucas ou nenhuma ibagem o ilustrando. Por favor considere adicionar novas ibagens para impedir que o Datena tente te processar!
Cquote1.png Não se pode existir algo que realmente existe. Cquote2.png
Professor Girafales demonstrando conceitos sobre o Objetivismo

Objetivismo é a filosofia identificada pela autora esquizofrenica, maluca e também filósofa Russa-Americana Ayn Rand.

Sobre o objetivismo[editar]

O Objetivismo afirma que a realidade existe independentemente da consciência, que o ser humano tem contato direto com a realidade através dos sentidos, que pode ter conhecimento objetivo pelo processo de formação de conceitos, da lógica dedutiva e indutiva, que o objetivo moral da vida humana é atingir a própria felicidade ou interesse racional, que o único sistema social consistente com esta moralidade é um que respeite os direitos do seres humanos à vida, liberdade, propriedade e busca à felicidade, ou seja, capitalismo laissez-faire, e que a função da arte é transformar as idéias metafísicas mais abstratas, reproduzindo seletivamente a realidade, em forma física. Em resumo, o objetivismo é tudo que estiveres fazendo nesse momento, como ficar lendo essas bobagens ou está agora me vandalizando.

O nome Objetivismo vem do princípio de que o conhecimento e valores humanos são objetivos: eles não são criados pelos pensamentos que alguém tem, mas determinados para natureza da realidade, para serem descobertos pelo ser humano, por pelos UFOS, seja quem descobriu primeiro. Rand disse que escolheu este nome porque o termo preferido para uma filosofia baseado na primazia da existência - existencialismo - já havia sido usado e abusado demais da existencia mesmo.

Metafísica / Realidade[editar]

A realidade existe, independentemente da observação do ser humano você querendo ela ou não, dos sentimentos, desejos, esperanças ou medos ou na hora do sexo.

  • A existência existe e é primária, sendo ela uma mulher.
  • A consciência humana é consciente da realidade das merdas que você comete em sua vida inteira.
  • A é A - o que é é - ou pau é pau e não pau e buceta.
  • Toda entidade obedece a Lei da Causalidade: causa e efeito, ou consequencia, depedendo quem as cria.