Ocara

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Onde Fica Isso. Cquote2.png
Google sobre Ocara
Cquote1.png Um caminhão carregado de Ypioca, uma Hilux do Ronda do Quarteirão, um Paredão de Som no Açude do Sereno, enfim, é uma autarquia. Cquote2.png
Coxinha sobre Ocara
Cquote1.png Botei 4 Rodão, Suspenção a ar, Vidro Fumê, Teto Solar. Cquote2.png
Zé Cantor no dia 1 de Novembro sobre Ocara
Cquote1.png Me dá Ibagens. Cquote2.png
Datena sobre Ocara
Cquote1.png Ô Festa Boa Uoooooooooull. Cquote2.png
Michael Jackson sobre A Festa das Almas em Ocara
Cquote1.png Adoro essa cidade, muitas atrações. Cquote2.png
Ocarense mentiroso sobre Ocara
Cquote1.png Jumento, Jumento, Jumento. Cquote2.png
Vereador Ocarense sobre Ocara
Cquote1.png Se me odeia deita na Br. Cquote2.png
Solange Do Aviões sobre Ocara
Cquote1.png Puta que pariu, tô morto. Cquote2.png
Turista sobre subir o Serrote em Ocara
Cquote1.png Na União Soviética o Serrote sobe em VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Serrote em Ocara

Ocara é uma cidade do interior do Ceará que nem parece que está só a 100Km de uma das maiores cidades da América Latina, Fortaleza, tamanho atraso e ausência de tecnologia e evolução avistado nesta pacata aldeia de aproximadamente 1000 habitantes, totalizando mais de 20000 se somado com os distritos próximos.

Historia[editar]

A rua mais movimentada de Ocara, sendo possível avistar uma bicicleta.

Em 1597 a.C.um filho da mãe chamado Marechal Deodoro Da Fonseca Felipe Dodó, estava sem ter o que fazer, então teve a ideia bizarra de transformar uma aldeia de índios em uma cidade, alegres, em celebração os índios locais da tribo dos noiados, de tanto fumar o cachimbo da paz, entraram em confronto com os babões do tal marechal, e assim, antes dos índios serem dizimados (dados como dízimo à igreja Universal) eles disseram "Se eu pudesse eu matava mil, que eu sou cabra homi, ó cara." e foram exterminados.

Daí o marechal melado, com uma cajuína alucinógena que tomou por lá, colocou o nome na cidade de Ocara, porque ele era fça de Roberto Carlos que estava na época estourando com seu novo hit "Esse cara sou eu", assim gerando o município de "O Cara", e posteriormente a forma contraída de "Ocara".

Geografia[editar]

Ocara fica a 100km de Bostaleza, no maciço de Baturité, no Ceará, sua população é de 43 pessoas, antes eram 15, possui um dos mais infernais agradáveis climas do estado com registros de até 564°C a noite, e de dia ainda não há medições, pois os termômetros do mercado são ruins, mas esta sendo testado um novo modelo num vulcão em Quixadá.

Economia[editar]

Cquote1.png Você quis dizer: Roubar castanhas? Cquote2.png
Google sobre A principal fonte de renda de Ocara
Cquote1.png Homi Vá. Cquote2.png
Capador de Castanhas sobre Google

A economia de Ocara é altamente fraca desenvolvida, tendo como principal fonte de renda capar a castanha do caju.

O comercio é composto de micro mercados, lojinhas com os menores juros do Brasil de apenas 79,8% ao dia. É aúnica cidade do Brasil na qual o Banco do Brasil também vende galinhas

Educação[editar]

Ocara tem um dos mais avançados institutos de tecnologia e Ciência Aplicada ao Universo, o Bógis Intitute of Thecnology and Science. Entre a população local, sempre que alguém faz algo burro inteligente as pessoas dizem o dito local "Parece que é do bógi", por isso se alguém que você conhece fizer algo inteligente diga "Parece que é do bógi".

Saúde[editar]

O sistema de saúde em Ocara é um dos melhores do Brasil, o hospital está sempre vazio, já que não há médicos os médicos são altamente preparados e capacitados. São ao todo 300 leitos, 50 UTIs entre elas neonatais, neopascoas, neoanonovo, entre outras especialidades.

Há postos de saúde em todo canto, cada um com UTI, farmácia, exames computadorizados e Caps (Centros dos Abestados Psicopatas Centro de Assistência Psico-Social).

Transportes[editar]

Uma das características urbanas mais peculiares de Ocara é que lá não existem ruas e sim becos, tem o beco do bandeira, o beco Santo Antônio, beco do serrote, beco da prefeitura entre outros.

Lazer[editar]

Não tem nada em Ocara, então as poucas pessoas com condições de buscar algum entretenimento migram em massa nos fins de semana para aos grandes centros urbanos de intensa movimentação financeira e governo político ladrão honesto e singular como as cidades de Pacajus e Horizonte.

Turismo[editar]

Ocara tem anualmente eventos importantes para os cachaceiros jovens, como CajuMel, Festa do Município, Festa do Réveillon, festa da mandioca, festa da seca, festa da chuva, e o Ceará viado junino, a maior concentração de baitolas por metro cubico no ceará.

Destaca-se, porém, a Festa das Almas. Esta é sem duvidas a data mais esperada por sacoleiras, bebuns, cachaceiros, veados, baldes, defuntos, você, homens, mulheres, mininos do buchão, jumentos, moto-taxis, flanelinhas, trombadinhas, as primas (raparigas) e toda raça de gente que se possa imaginar das redondezas. Neste evento se vende de tudo nas ruas, desde bombas nucleares de brinquedo até motos de alta cilindrada (50tinha) e tudo da mais alta qualidade vindos diretamente da China. Antigamente a festa era restrita a um clube com uma mesma banda superfaturada todo ano (Art Viva), mas hoje ocorre na praça de eventos construída exclusivamente para a festa, sempre com grandes bandas adotadas pelo prefeito.