Oceana Basílio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Ruiva na piscina.jpg


Oceana Basílio
Oceana Basílio
Oceana no oceano.
Nascimento 19 de Janeiro de 1979
Bandeira de Portugal Portugal
Ocupação Atriz

Cquote1.png Que porra de nome é esse!? Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Oceana Basílio
Cquote1.png Essa aí gosta de chocolate! Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Oceana Basílio
Cquote1.png Ela é a minha inspiração. Cquote2.png
Luciana Abreu sobre Oceana Basílio
Cquote1.png Que peitões! Cquote2.png
Português sobre Oceana Basílio


Oceana Basílio é uma atriz de televisão portuguesa e uma antiga Maria Chuteira, tendo dado o Golpe do baú no negão futebolista Abel Xavier, entre 2011 e 2014.

Entulho[editar]

Fazendo teste para Bond girl. Ou não.

Nascida em Tavira, no distrito de Faro, seus pais foram bastantes criativos no nome que deram ao seu pequeno rebento: ora, Faro fica no Algarve, no Algarve existe praia, na praia há o mar... Porque não chamar nossa filha de "Oceana"? Graças a esta ideia de merda de seus pais, Oceana sofreu de Bullying durante toda a sua infância, até se ter tornado na baita de uma gostosa loira e ter calado os bullies, que agora queriam comê-la. Mas o que Oceana prefira mesmo era o chocolate negro, de prefência que desse uns toques na bola e tivesse muito dinheiro no banco.

Tal como grande parte das atrizes portuguesas, pouco se sabe sobre sua infância, já que todas querem esconder seu passado de Putaria. Oceana foi mãe adolescente, mas não se sabe quem é o pai da criança, possivelmente algum pescador de sardinhas no Algarve, que abandonou a gostosa algarvia.

Carreira[editar]

Fazendo-se de tímida.

Como é uma baita de uma gostosa mas não deve muito ao talento para a representação, Oceana só trabalha para a televisão portuguesa. Alias, é um caso raro de atriz portuguesa que só é atriz mesmo, já que a maioria é modelo e apresentadora de televisão nas horas vagas. Mas Oceana é mulher de uma ocupação só. Não fosse ela loira.

Estreia-se em 2005, na série de Verão dos Morangos com Açúcar, onde interpreta Carla, uma massagista na praia. Dessa "escola de atores" de merda que eram os Morangos sairam fornadas de atores e atrizes para a televisão nacional... Oceana estava lançada. Estranho é como é que ela, sem ser modelo, conseguiu entrar para a Morangada... Talvez tenha passado no Teste do sofá. Em 2006, vai fazer companhia à Rita Pereira na série de merda Doce Fugitiva, uma espécie de imitação da Floribella. Desde então, participou numa imensidão de novelas da TVI, da SIC e também em séries da RTP, onde esta MILF tem feito as delícias dos portugueses que gostam de uma loira.

Em 2013 consegue seu primeiro papel de protagonista, numa série pseudocómica da RTP chamada Bem-Vindos a Beirais, que foi o programa favorito dos velhos portugueses até 2015, que eram os únicos que viam aquela porra mesmo.

Vida Pessoal[editar]

Oceana e o seu gosto por chocolate.

Mãe adolescente e abandonada por um pescador algarvio de sardinha, Oceana teve logo de pensar num modo rentável de ganhar a vida: após ter triunfado enquanto atriz, faltava-lhe o próximo passo - um homem rico a quem dar o golpe.

Em 2007, casou-se com o ator e cantor pseudoemo Pedro Laginha, mas, como é sabido, os atores portugueses não ganham muito dinheiro, pelo que em 2009 já estava divorciada.

A sua grande oportunidade surgiu em 2011, quando conhece o exfutebolista, Abel Xavier, que facturou à grande durante os seus dias no Futebol e era particularmente conhecido por ser um negão loiro. Oceana logo se coloca matadora e parte à caça, conseguindo iludir o negão com os seus charmes de loira e os seus peitões espreitantes nos vestidos justos. Contudo, em 2014, depois de sugar tudo o que havia para ser sugado, Oceana decide que Abel Xavier já está gasto e decide partir para a próxima vítima.