Error 666 O Ocultista do Acre not found

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

 Web    Imagens    Grupos    Notícias    Mais »
Logo sm.gif


 Web 

Este artigo não foi encontrado porque: "Isso non ecziste!"



Sua pesquisa - O Ocultista do Acre - não encontrou nenhuma mentira correspondente.

Sugestões:

  • Seja engraçado e não apenas idiota.
  • Não seja yaoista.
  • Reze.
  • Tente eczistir.

Página Inicial do Google - Soluções de publicidades - Tudo sobre o Google - Deus


©2006 Hallisofburtron Association of America

Nota: Para outras inexistencialidades, consulte o mestre Padre Quevedo.
Infernoacre.jpg ESTE ARTIGO NON EXISTE

Este artigo veio do Acre, portanto trata de uma dimensão que ainda não foi encontrada, aonde vivem dinossauros, não há corrupção e foi comprada muito caro da Bolívia.

Se vandalizar, corre o risco de parar em outra dimensão.

Bandeira do Acre.png
Cquote1.png Você quis dizer: Isso non ecziste Cquote2.png
Google sobre Ocultista do Acre
Giordano Bruno, o maior dos Cavaleiros Jedi, aprova esse artigo!!!

Cquote1.png Experimente também: Lendas Urbanas Cquote2.png
Sugestão do Google para Ocultista do Acre
Cquote1.pngSua intenção era pesquisar: MitologiaCquote2.png
Google sobre Ocultista do Acre
Cquote1.png Este fenômeno non ecziste Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Ocultista do Acre
Cquote1.png Grande garoto! Sou muito chegado e meu melhor amigo Cquote2.png
Político Honesto sobre Ocultista do Acre
Cquote1.png Sou mais a minha mitologia celta, afinal, sou o mago mais famoso do mundo e forjei a Excalibur! Cquote2.png
Merlim sobre Ocultista do Acre
Cquote1.png Mesmo também sendo fictício, tenho total ciência que sou um personagem de quadrinhos e sou o Mago Supremo! Cquote2.png
Doutor Estranho sobre Ocultista do Acre
Cquote1.png Mais ocultista que eu esse dai não é não! Cquote2.png
John Constantine sobre Ocultista do Acre
Cquote1.png Respeitem nossa mitologia brasileira seus etnocêntricos do caralho! E vão a merda! Cquote2.png
Luiz Carlos Alborghetti sobre Ocultista do Acre
Cquote1.png Na União Soviética, o Ocultista do Acre é uma personalidade real Cquote2.png
Reversal Russa sobre Ocultista do Acre
Cquote1.png Daria um ótimo personagem de Bangá, assim como eu foi no século XX! Cquote2.png
Capitão 7 sobre Ocultista do Acre
Cquote1.png O povo acha que super-herói brasileiro é bagunça! Por isso não somos desconhecidos, bem vindo ao clube Ocultista do Acre Cquote2.png
Capitão R.E.D sobre Ocultista do Acre

O Ocultista do Acre ou simplesmente Bruno Borges é um personagem fictício muito pouco conhecido no folclore brasileiro, assim como o lendário Luison da mitologia guarani. Só veio a ganhar um pouquinho de créditos quando alguns trolls resolveram espalhar noticias estilo Fake News em Março de 2017, onde um garoto Acreano supostamente havia desaparecido, e como em nosso país o que mais tem é Cidadão Alienado, jogo caíram na pegadinha do malandro.

História[editar]

O Ocultista do Acre e seus amigos fictícios e mitológicos.
Um breve retrato do Ocultista do Acre com seu amigo ET Bilu, acompanhado de várias mensagens criptografadas.

Reza a lenda que o famoso Ocultista do Acre nasceu no interior de Cadacê, pelo menos foi o que o tio do Raciocínio Racional disse em uma entrevista. Sabe-se que ele quando ele ainda era pirralhinho, era conhecido por ser uma menino ocultista levado e furtava a mercadoria do Seu Weegee.

Desde pequeno já mostrou que era um garotinho diferente (lógico, ele é ocultista). Bruno Borges nasceu envolvido por uma aura verde, com letreiros de neon criptografados escrito: Cquote1.png Apenas, busquem conhecimento! Cquote2.png. Aos 13 anos de idade, ele criou um Disco Voador feito a partir de tecnologia de outro planeta acreana. Mal saberiam seus pais que isso mudaria sua vida pra sempre.

Ao convidar o ET de Varginha e seus parentes para dar um rolê pela confins da Terra do Nunca, eles tiveram a brilhante ideia de criar uma Liga da Justiça de seres mitológicos e personagens fictícios do Brasil como o Negrinho do Pastoreio, o Loira do Banheiro, o Homem do Saco, a Mula-Sem-Cabeça, Tupã (o deus do trovão), o Saci Pererê, o Lobisomem, o Bicho Papão, o Blanka, o Capitão R.E.D, a Velta, o Capitão 7 entre outros.

O Ocultista no Acre antes de se tornar Mestre Pokémon, começando a jornada com seu Celebi de armadura mecatrônica (isso existe?!).

Antes de ser um super-herói, o jovem menino no acre caçava vários Pokémon em sua cidade com outras crianças acreanas, ficando conhecido como "O cara que abriu a Pokébola GS e vi o que tinha dentro!", já que o in-felizardo do Ash Ketchum e seus amigos a deixaram em Azalea Town com o burro do Kurt que não tava conseguindo abri-la. Como todo mundo já sabe, tinha um Pokémon Místico lá dentro, que era um Celebi. Não preciso dizer que em seu tempo de treinador ele se tornou Mestre Pokémon (ate melhor que o Red).

Atualmente, o Ocultista do Acre recebe o título de "O Maior Ocultista/Bruxo/Mago de Todos os Tempos". Ele foi eternizado assim como outras figuras que também foram atribuídas dessa forma como Rei Salomão, Merlin, Aleister Crowley, Alvo Dumbledore, Doutor Estranho, Gandalf, Pastor Tio Chico entre outros.

Porém, ser reconhecido como o melhor de todos não é para menos, afinal, estamos falando de um Acreano. Justamente por ser um ser inexistente, o Ocultista do Acre é capaz de realizar feitos impossíveis e inacreditáveis. Tais como: Fazer a pontuação 101% no Guitar Hero, dá um headshot numa formiga a 10km de distancia, quebrar o escudo do Capitão América (que é feito de vibranium, proto-adamantium e uru) com um sabre de luz.

Há quem diga também que ele é um membro dos Cavaleiros do Brasil, sendo o lendário usuário da controversa 1º das 27 Armaduras Estaduais. Sim! O Ocultista do Acre é ninguém menos que "O Cavaleiro Perdido do Acre", ou você pensou que fosse aquele jesuíta Espanhol e cético do Padre Quevedo que só sabe falar "non ecziste!" toda hora?