Omladinski Fudbalski Klub Titograd Podgorica

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Omladinski Fudbalski Klub Titograd Podgorica
Escudo do Mladost Podgorica.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Fudbalski Klub Melabosta Podgorica
Origem Bandeira de Montenegro Montenegro- Podgorica Drač
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Stadion Graxa
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Montenegrino
Divisão Telekom 1. CFL
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Omladinski Fudbalski Klub Titograd Podgorica é um time secundário, desimportante e desconhecido de um país secundário, desimportante e desconhecido, Montenegro, jogando o campeonato local e sendo um time esquecido até mesmo nos Bálcãs, e totalmente renegado no restante da Europa. É o único time do bairro de Drač (velha Podgorica).

História[editar]

Fundação[editar]

O Mladost Podgorica foi fundado em 1950 no vilarejo de Podgorica (o equivalente ao Acre da Iugoslávia) e portanto, se portou como um bom time acreano desde a sua fundação e por todos seus anos de existência jamais sequer chegou perto de subir de divisão.

Campeonato Iugoslavo[editar]

O time estreou na terceira divisão na temporada de 1954–55, e logo subiu para a segunda divisão do Campeonato Iugoslavo onde se dedicou a ficar por um montão de anos sem sair.

No ano de 1960 o clube modifica seu nome para OFK Titograd pois a cidade passou a ser chamado daquela forma em cópia de Leningrado e Stalingrado. O time, claro, passou 8 anos consecutivos na terceira divisão, pois o time nem se comparava com os times sérvios, croatas, bósnios e até eslovenos (os times macedônios eram tão ruins quanto o Mladost sendo eles grandes rivais. Ainda passaria, por exemplo, 6 anos esquecido na terceira divisão iugoslava, que só existia mesmo para depositar estes times dos territórios mais desprezíveis da Iugoslávia. E assimm, durante toda a década de 70 e 80 o clube ficou apenas ali se alternando entre a segunda e terceira divisão.

Em 1991 a Iugoslávia acabou, mas o campeonato iguoslavo permaneceu, o time todavia mudou o nome de volta para Melabosta Podgorica. A função do clube passou então a ser saco de pancadas dos sérvios, que com a moral em baixa encontraram a vítima perfeita para alimentar seu ego. Praticar bullying com torcedores do Mladost passou a ser considerado prática cultural, e isso explica o time ter ficado largado na terceira divisão por 5 anos, e depois na segunda divisão por 5 anos.

Campeonato Sérvio-Montenegrino[editar]

Por 4 anos disputou a segunda divisão do campeonato sérvio-montenegrino, e em todas oportunidades ficou longe de ser campeão, exceto em 2005–06 quando foi vice da terceira divisão. O time continuou servindo apenas de saco de pancadas para os sérvios terem de quem ganhar garantidamente.

Campeonato Montenegrino[editar]

Após 56 anos afundado na segunda e terceira divisão iugoslava sem nunca ter subido, a fraqueza e desprezibilidade do futebol montenegrino ficou evidente com a separação de Montenegro e a criação do campeonato nacional de Montenegro, no qual o Mladost foi mero figurante, mas finalmente pode pela primeira vez disputar uma primeira divisão de alguma coisa que fosse.

Primeiras competições internacionais[editar]

Após o reconhecimento de Montenegro por parte da ONU, o Mladost foi autorizado a jogar a Liga Europa de 2013-14 quando enfrentou e eliminou o Videoton FC. Na fase seguinte encontrou um velho rival, o FK Senica da segunda divisão da Sérvia (antiga Iugoslávia), o qual conseguiu vencer, vitória a qual foi comemorada como título, pois vencer um time sérvio é título mundial para um time montenegrino. Mas aí na terceira fase foi facilmente eliminado pelo Sevilla FC, mas pelo menos puderam visitar a Espanha e se divertir.

Na Liga Europa de 2015-16, eliminou o Neftchi Baku do Azerbaijão na cagada, para depois ser eliminado pelo FK Kukësi da Albânia.

A estreia do time numa Champions League aconteceria só na temporada de 2016-17 após o primeiro título montenegrino, afinal só haviam lixos como rivais, então o primeiro título do clube foi inevitável, e conquistado em 2016.

Títulos[editar]