Operário Ferroviário Esporte Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Clubismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o América de Natal, o Botafogo-SP, ou o Paraná Clube. Seja engraçado e não apenas idiota.


Operário Ferroviário Esporte Clube
Escudo do Operário Ferroviário.png
Brasão
Hino A vida da gente é só trabaiá... laiá laiá
Nome Oficial Ponta Grossa Tenho Vergonha do Nome da Cidade me chamo Operário Ferroviário
Origem link={{{3}}} Paraná- Ponta Grossa
Apelidos Vasco do Paraná
Torcedores Pedreiros, drogados, bêbados, vagabundos
Torcidas Trem Fantasma, Fúria Jovem
Fatos Inúteis
Mascote Gasparzinho
Torcedor Ilustre Luís Inácio Lula da Silva e Karl Marx
Estádio Germano Kruguer
Capacidade 10 mil torcedores.

Somando o muro da ALL, os barrancos e a negada que ficam assistindo no poste vai para 40 mil torcedores. Mas foda-se, pode ir o público que for sempre vão anunciar "oficialmente" que deu 7 mil pessoas naquela bosta.

Sede
Presidente Feijão Pontarollo
Coisas do Time
Treinador Picolé
Pior Jogador Nuvola apps core.png Diego Showsa
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Gracindo
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Paranaense
Divisão Série Ouro
Títulos 1 Paranaense e 463719192746482027 vices campeonatos Paranaense!!!
Ranking Nacional  ?º
Uniformes 150px
150px


Cquote1.png Você quis dizer: Bebados Vagabundos Arruaceiros Cquote2.png
Google sobre Operário Ferroviário Esporte Clube
Cquote1.png Um dia ainda faremos algo importante no futebol, senão continuaremos literalmente na luta. Cquote2.png
Torcedores do Operário sobre Operário Ferroviário Esporte Clube

O Operário Ferroviário Esporte Clube é um miserável clube brasileiro de futebol, da suja e irrelevante cidade de Ponta Grossa, no estado do Paraná.

A História do time[editar]

Surgiu a partir da união de bêbados vagabundos trabalhadores da cidade de Ponta Grossa no promiscuo início do seculo XX. Os bandidos saqueadores operários de uma falida ferroviária estavam cansados de tanto marasmo tanto trabalho e resolveram se unir a um fracassado time de futebol chamado Riachuelo Sport Clube para encarar um desafio de formar uma equipe mais fracassada ainda conseguindo tal feito com exito incontestável.

As suas origens[editar]

É um dos clubes de futebol mais patéticos antigos do estado, fundado em 1.º de maio de 1912, e mesmo assim nunca conseguiu um título que merecesse destaque, exceto o de equipe mais suja , violenta e fracassada do estado. No local onde hoje se encontra o terreiro de macumba Estádio Germano Krüger (capacidade: 8000 mil espectadores. 4000 sentados, 4000 no colo, e todos bem espremidinhos), na boca de fumo Vila Oficinas, foi jogada a primeira partida de futebol [carece de fontes] do Paraná, entre uma agremiação dos trabalhadores escravos da Rede Ferroviária e o pequeno time do Coritiba Futebol Clube. Por conta disso, o Operário, juntamente com o Coritiba são considerados os piores pioneiros do Paraná.

Os primeiros times[editar]

Em 1913 foi formado a primeira quadrilha time da história do Operário para as disputas de jogos amistosos, competições locais, extração de minérios e furtos (principalmente contra os times dos patrões). A escalação da equipe, neste ano, foi a seguinte: Porfírio Neto, Luiz Inácio Lula da Silva, Marconi Ferraso, Fernando Henrique Cardoso, Pe Lanza, Meu nome é Enéias, Adolfo Rintler, Majin Boo e Madame Satãn.

A Fusão[editar]

O nome Operário Ferroviário Esporte Clube, como é conhecido hoje em dia mais por greves operatórias do que propriamente pelo seu futebol, surgiu da fusão entre os já acabados e fálidos Operário Sport Club e o Club Atlético Ferroviário, que era o projeto de time dos vadios funcionários da Rede Ferroviária e que foram fudidos pelos seus patrões, formando assim um time de desempregados ,traficantes, indigentes, alcólatras e gays. Na reunião realizada em 15 de maio de 1933 presidida por José Sarney, ficou decidido que seria feita uma enquete entre os torcedores para decidir as cores da equipe que até então jogava com trapos e restos de pano. Nesse ponto houve um impasse pois 1/3 da torcida que era gay queria rosa, 1/3 que era alcólatra queria branco e o outro 1/3 que era composto por bandidos e traficantes queria preto (porque eles pensaram que de alguma forma isso poderia lhes ajudar em um ocasional roubo na madrugada). Então o presidente do clube Jose Sarney decidiu que o uniforme deveria ser preto e branco mas que o coração dos torcedores, dos jogadores e de todos que vestissem a camisa do time deveria ser cor-de-rosa e com traços em purpurina para atender a todos os torcedores do time e concretizando a grande unificação dos torcedores pontagrossenses.

Títulos[editar]

O OFEC nunca conquistou um titulo mais importante do que truco no bar, sua maior conquista foi ter subido para a primeira divisão do Campeonato Paranaense em 2009 (depois de ficar quase 1 século fora) , pipocando no ultimo minuto contra o Roma de apucarana e entregando o titulo ao Serrano CEC que foi rebaixado um ano depois. Também ganhou a medalha de prata no concurso Miss Drag Queen Paraná perdendo o título para a representante do quase tão medíocre time do Atlético Paranaense. Mas para fim de registro podemos listar:

  • 14 vice-campeonato paranaense (PORRA!)
  • 1 campeonatinho paranaense, em 2015, o que para eles é grande coisa.

A sua torcida[editar]

A torcida do Operário Ferroviário Esporte Clube sempre se faz presente nas brigas e boates gay partidas do seu time, geralmente depredando e destruindo seu próprio barranco de candomblé estádio. Muitas vezes essa apaixonada e bebada torcida tenta também depredar estádios de outros times em outras localidades, como no curioso caso em Arapongas onde começaram um tumulto na arquibancada e levaram uma sacolada de cocô camaçada de pau e como se não bastasse ainda tiveram alguns membros presos e outros drogados internados.

  • A Torcida Trem Fantasma: É uma torcida feita por crianças de rua pelos rebeldes da antiga furia jovem jovens que adoram um bom futebol e apertar unzinho tirar meleca do nariz, é uma torcida inofensiva absurdamente violenta, que em momentos de ódio ameaça a todos dizendo que vão fazer um protesto no orkut uma chuva de tangerinas ácidas.
  • A Torcida Fúria Jovem: Conhecido pelas alcunhas de Fofúria, aqui o time vencendo ou perdendo, eles saem na porrada de qualquer maneira, ao contrario da TTF (Torcida Trem Fantasma) e de seu próprio nome, essa torcida é composta pela grande maioria de homens [carece de fontes] velhos e bebados e flamenguistas, além dos bandidos de Olarias é lógico. Foi esta torcida a que mais apanhou e a que mais teve membros presos em sua história, assim recebendo muito dinheiro para o desfile de carnaval respeito dos outros torcedores.
  • Torcida Fúria Feminina: É nesta torcida que pode-se encontrar algumas gordas prostitutas e algumas macumbeiras, mas o fato é que essa torcida foi fundada pelos torcedores gays e pela filha do ex-prefeito Bill Canto. Ela corresponde muito bem ao que é o time do Operário: irrelevante e todo maquiado.
  • Torcida Revolução Operariana: É a antiga torcida do Thiago Moro formada só por ele. Em 2009 foi extinguida com a fusão de outras torcidas e virou a Trem Fantasma.
  • Torcida Garra Operariana: Era uma torcida sem graça.
  • Torcida Muro da ALL: formada basicamente por pobres piazada da vila Cipa, a torcida que estava em todos os jogos em cima do muro alguns membros gays da furia.