Organização das Nações Unidas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
O todo glorioso brasão da ONU.

Cquote1.pngVocê quis dizer: Organização Descreditada das NaçõesCquote2.png
Google sobre ONU
Cquote1.pngVocê quis dizer: Organização das Nações DesunidasCquote2.png
Google sobre ONU
Cquote1.png Companheiros e companheiras, eu não sei o que tanto ouvem nesse Ipod, porém quero deixar registrado que nunca antes na história da ONU, o mundo foi tão brasileiro Cquote2.png
Luís Inácio Lula da Silva sobre ONU
Cquote1.png ONU é o chá das 5 dos Estados Unidos Cquote2.png
Rainha Elisabeth sobre ONU
Cquote1.png ONU? Israel nunca faz parte da ONU Cquote2.png
Primeiro-Ministro de Israel sobre ONU
Cquote1.png Faz sim! Vocês sentam lá e ficam assistindo votos sicronizados da Liga Árabe, e ouvem sermões e moções de censura sobre todos seus atos Cquote2.png
Prêmier da Palestina sobre ONU
Cquote1.png É o 51º Estado Norte Americano Cquote2.png
Presidentes Americanos sobre ONU
Cquote1.png Vocês vão querer ser como a ONU, só querem discutir e perder tempo? Cquote2.png
Diretor Skinner sobre ONU
Cquote1.png Invadimos o Iraque, o que vocês acham? Cquote2.png
George Bush sobre o que é respeitar a reprovação do Conselho de Segurança da ONU
Cquote1.png Invadimos a Geórgia, o que não queremos saber? Cquote2.png
Rússia sobre sua postura de respeito ao Conselho de Segurança da ONU
Cquote1.png Se eu fosse Delegado lá, nada disso teria acontecido Cquote2.png
Chuck Norris sobre ONU
Cquote1.png El Diablo esteve aqui ontem. Ainda cheira el enxofre hoje. Cquote2.png
Hugo Chávez sobre Bush em discurso na ONU
Cquote1.png Quanto custa para vocês pararem de encher o saco de nosso Estado Judeus? Cquote2.png
Bill Gates sobre ONU
Cquote1.png Exatamente o valor que você entende por Crise do Petróleo. Cquote2.png
Delegados Árabes sobre proposta de Bill Gates para a ONU
Cquote1.png A ONU é onde estão os parlamentares que tiveram sucesso em estagnar os debates de problemas nacionais, que foram convidados à carreira diplomática para atrapalhar as negociações internacionais Cquote2.png
Yonatan Yakov, político israelense sobre ONU

A ONU é a sigla usada para referir-se a Organização das Nações Unidas, nome bem utópico que há muitos anos vem sido discutido para ser substituído para algo mais apropiado à realidade, houve propostas como Organização das Nações Discordantes, Burocracia Ridícula das Nações Que Devem Ter Coisas Muito Importantes Para Fazer e o mais utópico ainda Liga da Justiça proposto pelo Delegado Regional de Krypto, Super-Homem que teve muitos votos. Trata-se de uma organização internacional cujo objetivo declarado é facilitar a cooperação em matéria de direito internacional, segurança internacional, desenvolvimento econômico, progresso social, direitos humanos e a realização da paz mundial, embora a ONU foi fundada em 1945 após a Segunda Guerra Mundial num contexto exatamente anacrônico, já que foi para destruir e subjugar a Alemanha. Existem atualmente 192 estados-membros, incluindo quase todos os estados soberanos do mundo e a Palestina. Falando nisso, a ONU veio para substituir a Liga das Nações que fez a enorme cagada histórica de tentar fazer a tão atrasda Partilha de Abraão criando a Palestina e Israel, dois probleminhas que atrapalham tudo até hoje. Com seus escritórios em todo o mundo, a ONU e suas agências especializadas discutem sobre questões cruciais e decidem somente sobre questões irrelevantes em centenas de reuniões regulares ao longo do ano - isso porque nunca há concordância para resolver nenhuma coisa realmente importante. A organização está dividida em instâncias administrativas, que diremos a seguir:

  • A Assembleia Geral que serve para países como Brasil, Portugal e Argentina se sentirem incluídos na política internacional e debaterem sobre futilidades e deseavenças, sem nunca concordarem em nada, e em nada decidirem.
  • O Conselho de Segurança, este é para decidir determinadas resoluções de paz e segurança, conseguindo reunir no mesmo, os mais suspeitos países para debaterem estes assuntos específicos. Não irei listar os países porque um breve estimúlo de pensamento você pode prevê-los sozinho: imagine os países que não tem moral para proibir ninguém de provocar uma guerra. Imaginou, são eles.
  • O Conselho Econômico e Social que existe para auxiliar na promoção da cooperação econômica e social internacional e desenvolvimento, porém ao contrário do delcarado ele ignora o social e promove o fortalecimento das desigualdades, referendando as políticas protecionistas das super-potências e condenando o mesmo protecionismo dos nanicos econômicos, fodendo a América do Sul, a Ásia e principalmente a África.
  • Os Secretariados formando a imensa massa burocrática e inútil internacional como bem caracteriza um funcionalismo público. O que é? O fato de ser internacional não elimina esse problema.
  • E o mais engraçado de todos, conhecido como elefante branco: o Tribunal Internacional de Justiça, um orgão que nunca condenou ninguém que não se apresentou voluntariamente para ser condenado em Haia.

A figura mais publicamente visível (risível?) da ONU é o Secretário-Geral, cargo ocupado desde 2007 por Ban Ki-moon, da Coreia do Sul, que funciona como mestre cerimônia deste respeitavél circo mundial que custa muito caro para os cofres públicos, na prática é um Grande Cirque de Solei. A organização é financiada por contribuições voluntárias dos seus Estados-Membros, e tem seis idiomas oficiais: Árabe, Chinês, Inglês, Francês, Russo, Cifrão e Espanhol, estou dando uma ênfase especial em Russo, que é uma língua falada por bilhões de pessoas e países, e no Cifrão que inclui também o seu dialeto Petróleo que conseguiu elencar o Árabe, resultado do poderoso e famoso Lobby Israelense por sinal.

Tabela de conteúdo

[editar] Objetivos

O que muitos acham da ONU.

Apresentaremos agora os objetivos da ONU e como ela realiza suas missões por tópicos.

[editar] Manutenção da paz no mundo

Para manter a paz no mundo, a ONU age através de três modos:

  • Primeiramente: eles enviaram várias forças armadas, num esforço multinacional para seu país para desfilar com capacetes azuis, se isso não estiver dando certo eles poderão adotar os outros dois modos.
  • Segundo Método: os Estados Unidos invadirá seu país, esta segunda hipótese pode acontecer sem obedecer a ordem, e até mesmo sem autorização da ONU, caso isso não dê certo poderá se recorrer ao último método.
  • Terceiro Método: escrever uma moção de censura sobre o conflito para o lado que estiver mais longe do conceito de democracia e de respeito aos direitos humanos e fingir que isso é uma mágica que resolve todos os problemas.

[editar] Militando por direitos humanos

Para militar pelos direitos humanos em todo mundo a ONU age por um único método, que você já leu, mass não custa lembrar: escrever uma moção de censura sobre o fato de ferir direitos humanos para o país criminoso e fingir que isso é uma mágica que resolve todos os problemas. Caso os Estados Unidos tenha algum interesse econômico em seu país, isso se tornará uma motivação para declarar guerra contra você.

[editar] Gafe do Século XX

Brejnev, Gromyko e Chernenko, momentos antes de cometerem a gafe que marcou as Nações Unidas.
Thatcher sai nervosa da ONU depois do escândalo com os Soviéicos.

Em 1979, Margareth Thatcher, primeira-ministra da Grã-Bretanha criticava Leonid Brejnev, premiê da União Soviética sobre a sua política de distensão, aos berros 'é uma violação aos direitos humanos', sempre com aquela conversinha de direitos humanos, eis que Brejnev (imbecil, como sempre) gritou num microfone ligado "Até mesmo as moscas saem de perto quando essa mulher fala", e soltou uma risada com Gromyko, e Chernenko (surdo, doente e MAIS imbecil, como sempre) respondeu "Ela deve ter tomado chá de merda!". Mas nem deram risada, pois perceberam a cagada na hora.

Aí a velha nem entendeu porra nenhuma em russo, mas os tradutores explicaram, e aí deu a louca nos velhos - "Não é isso que você faz com a rainha e o rei? Orgias com chá?" e o Chernenko só balançava a cabeça "concordando"

Como é que isso terminou? Deu merda na assembléia, a véia saiu do salão e entrou na limusine e sumiu com as frangas presas, e toda a delegação soviética fez o mesmo, e em menos de uma hora, foram embora em um avião da AEROFLOT, nem se despediram do Jimmy Carter, e TIVERAM de ser escoltados por uns 10 agentes do KGB, com medo de represália.

Depois, na Olimpíada de 1980, o ocidente inteiro (menos o Brasil, que gosta de ver gente se fodendo e o circo pegando fogo) não foram nos jogos olímpicos, na cidade de Moscou...

Mas tudo se resolveu, todo mundo esqueceu disso, porque ninguém é elefante, e os dois velhos envolvidos morreram quatro anos depois, então não durou muito o "gelo", mas as assembléias da ONU nunca mais foram as mesmas...

[editar] Buscando o equilíbrio e o desenvolvimento econômico

Dependende muito da qualidade de quem reclama, eis aqui abaixo algumas hipóteses:

  • País desenvolvido Vs. País subdesenvolvido: A ONU é implacável, embargos econômicos, punições, restrições, multas, e até mesmo cogitará intervenção internacional do FMI.
  • País subdesenvolvido Vs. País desenvolvido: O problema não existe, é natural, conforme-se e vai dormir.
  • País subdesenvolvido Vs. País subdesenvolvido: Vocês nem tem economia para poder reclamar alguma coisa, se tornem adultos e parem de fazer birra.
  • País desenvolvido Vs. País desenvolvido: O que vocês estão fazendo aí? Brigando por isso? Cada um arranje um país subdesenvolvido para explorar e deixa dessa estória.

[editar] Grandes Omissões da ONU

Hugo Chávez, Kim Jong il e Robert Mugabe recebendo na ONU o Prêmio Muamar Kadafi pelas realizações em prol dos Direitos Humanos.

Além das ações acima citadas, a ONU também tem como função não declarada se omitir em conflitos ao redor do mundo, quando a política econômica internacional não tem interesse. Isso ocorre quando é interessante para muita gente eliminar alguma provavél concorrência, e também quando é um problema muito caro de se resolver e não há nenhuma coisa interessante econômicamente falando para se resolver, podemos ilustrar muito bem esses episódios.

[editar] Omissão na Guerra do Iraque

A ONU foi totalmente contra a União Soviética da América (USA) atacar o Iraque. Como podemos ver, a atuação e força da ONU foram extraordinárias, exercendo grande influência no governo norte-americano na hora de tomar a decisão de atacar ou não o país vizinho, Iraque.

[editar] Omissão no Genocídio de Ruanda

Neste a ONU foi totalmente participativa. Na hora que o pau estava quebrando em Ruanda, eles viram que era a hora de eles cascarem fora. Foi exatemente o que eles fizeram, como nessa época o Aspira Fábio estava nas tropas da ONU, ele disse a seguinte frase para seu amigo, "Essa pica não é mais minha, essa pica agora é do aspira." que no caso seria Paul Rusesabagina, o héroi de Ruanda.

[editar] Outras Omissões

Podemos ainda deixar registrada outras inúmeras Omissões, mas isso naturalmente é um exércicio desgastante, pois falar aqui de Tchechênia, Tibet, Curdistão e outros, vai me deixar muito triste. Também devemos lembrar que sempre haverá um amanhã, para quem sabe a ONU resolver tomar uma atitude. Como, por exemplo, escrever uma moção de censura sobre o atos covardes destas nações contra essas populações e fingir que isso é uma mágica que resolve todos os problemas.


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas