Osu!

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Farnese1.jpg Made in Nihon @[email protected]

Este é um artigo kawaii ¬¬ com tecnorogia japonesa, né? (ou não e_é)
Otakus, antes de dormir, ficam pensando nisso!. :[~
Mas se vandarizar, o Saga vai mandar você MORRER, SEU VIADINHO! e_é

Virtualgame.jpg Osu! é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, o Mario joga um casco verde em seu kart.

Cquote1.png Você quis dizer: Guitar Hero? Cquote2.png
Google sobre Osu!
Cquote1.png Você quis dizer: Bozo? Cquote2.png
Google sobre Osu!
Cquote1.png Você quis dizer: Gozo? Cquote2.png
Google sobre Osu!
Cquote1.png Experimente também: Epilepsia Cquote2.png
Sugestão do Google para Osu!

Cquote1.png Jogo de Otaco fedido! Cquote2.png
Todo mundo sobre Osu!

Osu! é um joguinho de tocar música que roda em qualquer PC. Serve para treinar seus reflexos e coordenação enquanto você ouve uma música de anime ou K-pop e vê vários ícones pulando e brilhando loucamente na tela. É muito viciante e jogado por japoneses e brasileiros sem vida social.

Jogabilidade[editar]

Nas publicidades de Osu! sempre veremos garotas Kawaii com roupas curtas.

As músicas que você baixa para jogar são chamadas de beatmaps. Em cada beatmap, a canção começa e diferentes elementos rítmicos (hit circles, sliders e spinners) aparecerão freneticamente (dependendo do nível). Os jogadores usam o mouse para mover o cursor, e clicam ou com o botão do mouse mesmo (difícil pra carai) ou usam as letras z e x para clicar na nota. O que diferencia esse jogo de Guitar-Hero/Guitar-Flash/Guitar-Foda-se é que você fica mais tonto pois os círculos aparecem em lugares aleatórios na tela e não obedece um padrão, na verdade as beatmaps são feitas para te confundir e deixar puto caso você perca. Se você atingir a barrinha da derrota a música ficará em câmera lenta e as rodinhas irão "cair".

Hit circles[editar]

Popularmente chamadas de notas, hit circles são como as notas do Guitar Hero, e objetos comuns a todos os beatmaps. Quando uma nota aparece, um anel, chamado de "Approach Circle", aparecerá em torno da rodinha e começará a encolher. Para que o jogador consiga pontos de um hit-circle, ele deve pôr seu cursor sobre o círculo e clicar no mesmo assim que seu approach circle atinja seu oco. Os mapeadores mais sádicos fazem uma stream com os hit circles que é uma sequência de hit circles infernal que tem como objetivo lhe proporcionar uma bela tendinite e um teclado destruído.

Gameplay em um nível razoavelmente fácil.

Sliders[editar]

Sliders aparecem como dois aneizinhos com um caminho para ser seguido (chamado de slider track) entre eles. Assim como os hit circles, um approach circle (anelzinho que diminui) aparece no começo de um slider track, que deve ser clicado assim que o approach circle atinja seu oco, mas diferente de hit circles depois que o começo de um slider for clicado uma bola, chamada de "slider ball" começa a percorrer o slider track, jogadores precisam segurar o click e continuar com seu cursor até o hit circle final. Algumas vezes, no final do slider haverá uma flecha, chamada de "reverse arrow" indicando que o jogador precisa seguir a slider ball de volta ao seu começo. Isso cansa as mãos, mas se você tiver uma mão treinada será fácil.

Hand Spinners[editar]

Um spinner é um grande círculo que toma a maior parte da tela quando aparece e faz você ter câimbras malditas. Enquanto estiverem girando, o brilho sobre o spinner mostrará o quão próximo de termina-lo o jogador está, e uma pequena barra logo abaixo mostra quantas rotações por minuto são feitas, sendo seu limite 477 RPM. Continuar girando o spinner após seu final dará ao jogador pontos bônus.

Modos[editar]

  • Standard - É o modo padrão de jogo, jogar nesse modo causa os mesmos efeitos que punheta, pois você ficará com um braço maior que o outro, porém você se torna um profissional em Fist fuck, o que não adianta nada pois só otaku joga esse jogo.
  • Taiko - Modo de jogo que você corre menos risco ao jogar. Consiste em ficar apertando botões alternados pra ir batendo punheta o tambor. Só é possível jogar nos níveis difíceis se você ter um estoque de teclados e não se importar em quebrar seus dedos.
  • Mania - O desenvolvedor queria fazer vários modos para o jogo, porém a criatividade acabou e ele fez um modo de pianinho.
  • Catch the Bitch Beat - O modo mais aviadado do jogo. Consiste em você controlar uma garota com um prato gigante que tem que pegar as frutas que caem sobre ela. Jogado por pessoas que sofreram uma grande perda de neurônios após jogar 48 horas seguidas.

Beatmaps[editar]

Os mapas de música do Osu! podem ser feitos e publicados por qualquer um, inclusive existem Beatmaps de funk, pagode, axé, hino do corinthians... etc. No site do jogo você encontra milhares de músicas, cada uma com um modo de jogo diferente. Existem vários modos, o clássico Osu! (que você leu acima), Taiko, Catch the Beat e osu! mania. Todos estes são mais difíceis que o modo clássico, apesar de não parecer.

Efeitos colaterais[editar]

Jogar Osu! em excesso pode causar graves problemas como: leseira devido ao excesso te atenção necessária para não errar nenhuma nota, perfeccionismo pois quanto menos você errar, mais bonitinho e colorido fica o cenário e a música, excesso de competitividade, pois tem um ranking mundial e um chat embutido onde você vê vários pirralhos te provocando e dizendo que são melhores que você... bom... se forem japoneses, eles devem ser mesmo.

Este jogo pode também te transformar em uma dessas duas desgraças: ou você vira gay por conta da interface levemente intuitiva à isso. Ou um baita de um otaku punheteiro por conta de desenhos levemente intuitivos à isso.

Além, é claro, do grave problema de você passar a querer colocar o seu dedo em qualquer anel que aparecer na sua frente achando que ganhará pontos. Ou també de ouvir músicas tocando por aí mesmo que não tenha música nenhuma tocando.

Você pode "desviciar" neste jogo jogando músicas chatas que você detesta, ou jogando em um nível extremamente difícil até você se irritar e quebrar o seu computador.

Ver também[editar]

  • Otaku, únicos que têm coragem de jogar isto;
  • Japão, único país que perderia tempo desenvolvendo isto, pois no Brasil fazemos jogos melhores (Mineirinho Ultra Adventures)
  • K-pop, sei lá, é um lixo que talvez você se interesse... por ter se interessado até aqui.