Ouroboros

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fullmetal-Alchemist-Anime-Wallpaper-HD.jpg
Fullmetal-Alchemist-Brotherhood-Wallpaper-Themes-HD.jpg

Este artigo é passado de geração em geração pela família Armstrong

Melhore-o e ele lhe ensinará o segredo da vida eterna

Vandalize e ele lhe transformará numa pedra filosofal


PhotoJacksonMichaelThriller1.JPG Este artigo só pode ser coisa de MONSTROS!

Estrague este artigo que eles vão avançar e te comer! Nos dois sentidos!
Para não despertar a fúria deles, melhore este artigo, tá?

AGORA CORRE!!!

Maezena.jpg Zé Pilintra aprova Ouroboros. Saravá meu pai ê-ê!

Este artigo é piada de macumbeiro.

Nota: Não curamos políticos, apenas realizamos milagres.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...todos os animais comem com o rabo, mas Ouroboros é o único animal que come o próprio rabo?

Ouroboros (pronuncia-se Uroboros[carece de fontes]) é uma cobra(ou dragão, ou cachorro, ou coelho) idiota que vive mordendo o próprio rabo.

O símbolo Ouroboros tem algum significado desconhecido que o faz estar presente em várias mitologias, em grutas do interior do Piauí e em demais armas de alienação em massa.

História[editar]

Ouroboros, mordendo as próprias nádegas. Imagina na hora do número 2...

Ouroboros é um dos mais antigos elementos da cultura humana. A roda foi criada quando um Neandertal viu uma representação de Ouroboros.

Especula-se que Darth Vader trenha originado a palavra cu para designar ânus ao ver um símbolo Ouroboros. Como ele achou ridículo ver um animal enrolado no próprio rabo, começou a rir[1]

Antiguidade[editar]

Antigamente, Ouroboros era chamado de dragão coalhado, uma referência ao leite, que dá em vacas, que são o principal alimento dos dragões.

O sentido de um dragão comendo o próprio rabo[2] começou na cultura egípcia, onde interações com animais-deuses era muito frequente.

Como eles eram bem relacionados com grande parte do mundo antigo, passaram esse elemento para muitas outras desculturas, sendo que recebeu o nome ouroboros na Grécia, que significa devorador de ânus.

Mitologia nórdica[editar]

Na mitologia nórdica, Ouroboros é representado por Jörmundgandr, uma serpente menos idiota, já que não fica mordendo o próprio rabo.

Jörmundgandr seria tão grande que poderia dar uma volta completa no Sistema Solar e, por isso, é representado mordendo a cauda, por ela ter se aproximado demais do Sol[3].

Contudo, Jörmundgandr acabou sendo morto/a por Thor no Ragnarok, e acabou com a simbologia na cultura escandinava.

Goticismo[editar]

Morder a própria bunda causa efeitos colaterais desagradáveis. Um deles é peidar pelo nariz. O outro é tossir e espirrar merda quando se tem diarréia.

Ouroboros, no Goticismo, não representa nada.

Cristianismo[editar]

No Cristianismo, Ouroboros representa o Natal, pois seu formato lembra, entre outras coisas, anéis, rodas de carro, CDs de PlayStation e outras coisas relacionadas ao capitalismo.

Como nos primórdios cristãos o capitalismo não era condenado[4], Ouroboros era aceito como um símbolo cristão normal, como a cruz e o pentagrama.

Hinduísmo[editar]

No Hinduísmo, Ouroboros representa um cobra coletivo, que transporta oito elefantes em suas costa, rumo ao infinito, e além!

Ele também é a cobra que circunda o mundo, abraçando-o, numa demonstração de carinho e emice. Isso pode dizer que Ouroboros é alguma divindade hinduísta, que nem aqueles elefantes.

Haruhismo[editar]

No Haruhismo, Ouroboros não representa nada. Quem representa tudo é Haruhi Suzumiya.

Regiões africanas[editar]

Ouroboros, em Rái definixon.

Na África, por algum motivo, objetos fálicos tem um alto signifivado devino. por causa disso, cobras e outros animais de corpo alongado são muito venerados.

Ouroboros é visto como o ser que criou o mundo, por seu formato redondo, que lembra o planeta Terra.

Cultura asteca[editar]

Os astecas eram outros que veneravam deuses animais. Por causa disso, Ouroboros também estava presente. Só que, diferente das outras relações, aqui ele era encarado como um deus maligno, já que ele comia a próprio rabo, e os astecas eram contra o homossexualismo.

Por isso, Ouroboros era um monstro maligno que precisava ser combatido [xnxx.

Ouroboros e a Alquimia[editar]

Um homúnculo com uma marca do Ouroboros.

Ouroboros também tem significado alquímico. Normalmente é usado para identificar os homúnculos, seres malignos, malvados e que não fazem boas coisas.

A marca Ouroboros aparece em partes aleatórias do corpo dos homúnculos, podendo ser tanto o interior da boca como no interior da cabeça, significando que você pode ser um homúnculos sem saber.

Ele também pode servir para exorcizar pessoas que sofreram algum tipo de infecção alquímica. Contudo, essa prática só pode ser usada por alquimistas federais certificados.

Poderes de Ouroboros[editar]

Curiosidades e fatos[editar]

Ouroboros de Dragão.jpg
Broom icon.svg
Tua mãe desencoraja seções de curiosidades, mas nós não ligamos a mínima! Sob as políticas da Desciclopédia
Mas bem que esta seção pode ser aproveitada integrando-se piadas decentes às seções mais adequadas.
Cada curiosidade pode render uns bons parágrafos, então faça direito!
  • Ouroboros uma vez mordeu Chuck Norris. Por isso, até hoje, ele morde o próprio rabo.
  • Ouroboros apostou com Godzilla uma competição de inteligência. Quem vencesse teria que morar no mar e atacar alguma cidade litorânea.
  • Ouroboros é parente do Shen Long.
  • Ouroboros não contém glúten.
  • Ouroboros uma vez criou conta na Wikipédia. Foi banido por adicionar informação inverídica.
  • Ouroboros foi inspiração para as rosquinhas.
  • Ouroboros inspirou o design do Grande Colisor de Hádrons.

Ver também[editar]

Ligações externas[editar]

  1. Caso você não se lembra, a risada dele é cu, cu, cu, cu.
  2. Se é que há sentido nisso.
  3. Sabe quando você queima o dedo e fica chupando com a boca?
  4. Até porquê ele não existia.