Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Página Principal)
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

52 379 artigos · 178 110 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Rayearth.jpg

Guerreiras Mágicas de Rayearth (フルメタル・パニック!) é um dos vários hentai mangás criados pela entidade secreta CLAMP. Assim como todos os outros, fala sobre coisas mágicas e bichinhos fofinhos. Conta a aventura de três garotas levadas para um mundo mágico, para suprir a demanda de sexo de lá.

Zefir/Cephiro, um mundo fora do Sistema Solar, passa por uma crise: sua líder, princesa Esmeralda, quer dar a passarinha para Zagard, o eunuco (ou não) responsável por ela, e por isso não consegue se concentrar em seu dever (manter-se virgem e rezar dia e noite para que ninguém broxe em Zefir). Ela acaba percebendo que nunca mais vai conseguir se concentrar direito em nenhuma das duas coisas, por isso ela usa seu poder de pilar para chamar três gurias retardadas e pôr um ponto final nessa Grande Questão.

E para variar, Esmeralda catou as gurias em uma escola de Tóquio, já que pessoas dessa cidade estão acostumadas com ataques de monstros e Zefir também estava lotada dessas criaturas. Em Zefir, as pirralhas garotas foram recebidas pelo Guru Clef, que contou toda a história e que a crise de abstinência sexual de Esmeralda estava acabando com a ordem em Zefir; aumentaram drasticamente o número de yaoístas, yuristas e furries, e olha que não faltam criaturas fofinhas por lá.



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: