Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

51 776 artigos · 176 247 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Segura essa, segura

Bomberman é um jogo produzido pelas organizações Al Qaeda, em união com a empresa PCC, onde o personagem principal (homônimo ao jogo) elimina seus inimigos com bombas enormes. O herói do jogo tem a aparência de um ninja robótico e, vez ou outra, costuma ser derrotado pela própria bomba. Muitos outros jogos bombásticos surgiram depois, dando seqüência à série Bomberman.

O jogo teve início em mil novecentos e lá vai bomba, quando um projetista da Al Qaeda Games mostrou um escopo do game que hoje seria conhecido como Bomberman. O pequeno projeto tratava-se de um tabuleiro de xadrez, mas com bombas e robôs no lugar das peças costumeiras. O chefe de projeto achou a idéia bacana e colocou em prática a produção do jogo. 75 anos depois, o jogo estava pronto e foi lançado no mercado. As vendas do jogo foram um verdadeiro estouro (entenderam o trocadilho?) e, semanas após o lançamento, todos os exemplares disponíveis foram vendidos, ou seja, todos os 6 exemplares.

Em 1983, o game foi lançado para computador, mas só tinha 1 fase. Anos após o lançamento para computador, o jogo ganhou mais 10 fases, porém com o mesmo gráfico, as mesmas cores e os mesmos objetivos, além das bombas estarem no mesmo lugar. O game conseguiu atrair a atenção do público, e, em menos de 20 anos, já havia conquistado o coração de mais de 50 pessoas. Com todo esse sucesso, o game teve versões para todos os consoles e projetores do jogos possíveis, desde Atari, até Wii, tendo versão até para tamagotchi e Brick game (alguém ainda se lembra disso?). O prestígio do game foi tanto que os produtores receberam o prêmio Dinamite de Ouro.



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: