Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

51 690 artigos · 176 009 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Oswaldo Cruz transforma febre amarela em tinta de parede

A febre amarela é uma doença japonesa da Mongólia Chinesa este vírus provoca um amarelidão na pele nativa (o vírus da febre amarela quando não mata; o sujeito morre assim mesmo.). Existe no sistema de saúde hoje uma vacina muito forte para matar japoneses transmissores desta doença terrível.

Apesar de ser japonesa, a febre amarela surgiu na Mongólia, onde a população era imune aos sintomas (sim, porque eles já eram amarelos mesmo). A febre amarela surgiu da união da febre comum asiática com a mistura da febre espanhola com a febre Camargo. Surgia então a mais poderosa arma biológica febril. O exército de Genghis Khan levou a doença para a Zoropa, onde os então branquelos se transformaram em amarelões. Muitos morriam de infarto, devido ao susto em ver a pele toda amarela, mas outros levaram na esportiva e se mudaram para o Japão. Graças a esta migração, a febre amarela se naturalizou japonesa e se espalhou pelo mundo todo.

A febre amarela chegou ao Brasil em navios japoneiseiros cheios de chineses, mongolianos e vietinamitenses. O povo viajou dentro de porões enormes atracando em Salvador, na Bahia, no ano de 1939. Isto aconteceu no período da Segunda Guerra Mundial trazendo para o Brasil esta doença.



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: