Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

54 411 artigos · 187 675 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Parece que nos países do leste asiático a proporção de adultos que agem como criança é maior que no resto do mundo

Adultos que agem como crianças constituem uma verdadeira praga da pós-modernidade, tanto pelas atitudes quanto por outras coisitas más. Dentre elas, podem ser citadas o tom de voz ridículo, o modo de se vestir e outras retardadices do gênero, como por exemplo: adorar o Goku, achar que saíram de algum desenho animado, falar com animais achando que estes realmente entendem o que se diz, ou simplesmente utilizar-se de brinquedos e coisas que foram feitas SOMENTE para crianças.

Esses adultos que agem como criança até parecem humanos mesmo... fisicamente, mas mentalmente é que a magia ocorre; na verdade, uma magia de encolhimento cerebral. Talvez a única forma de diferenciar um adulto normal de um adulto que age como criança é reparando nas vestes; se tiver com camisa de banda de rock ou metal, meme ou de super-herói, pode ter certeza que é uma espécime nada rara de um adulto que age como criança. Também dá pra notar pela roupa suja de punheta, mas quem é que vai ficar reparando essas coisas? Eu mesmo não...

Até os doze anos todos os seres humanos são crianças (aquele mesmo aquele parente pirralho filho da putinha que se acha o intelectual), mas nos adultos que agem como criança, mesmo após passar a puberdade, a infância nunca quis sair de seu corpo. Os então adolescentes, dos treze anos em diante, já pensavam em paquera, xaveco (logo se vê que quem fez o artigo é um desses velhos adultos que agem como criança pra usar esses termos arcaicos) e esfregação genital; já o adulto que age como criança, em sua adolescência, ainda era criança, e não queria deixar de sê-lo. A vontade de desenhar piroca de corretivo nas cadeiras era maior que a vontade de namorar.



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: