Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

55 350 artigos · 192 678 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
A bela vista de uma metrópole de um país em subdesenvolvimento.

Os países em subdesenvolvimento, também listados como países do taxa de desenvolvimento negativo e conhecidos carinhosamente como shitholes é uma categoria de países que, embora já sejam incrivelmente ruins, favelados, decrépitos, ainda conseguem piorar ainda mais a cada ano que passa. São países que servem para comprovar a tese de Einstein de que a ignorância humana não tem limites.

O índice foi criado pelo Programa das Nações Unidas para o Subdesenvolvimento com o objetivo de humilhar segregar do resto do mundo os países que são montanhas de merda. São países do globo que já foram subdesenvolvidos um dia, mas regrediram tanto que perderam tudo o que conquistaram e terão que melhorar (e muito) para chegar ao mesmo patamar de outrora. Esta é uma categoria de países criada por vários líderes mundiais em 9 de Julho de 2015, durante uma convenção do BRICS, realizada uma semana após a reunião do Mercosul, que havia decidido pela adoção internacional do modelo, afim de destoar da lista adotada pelos americanos e pela Organização das Nações Unidas, acusados de imperialismo pelos líderes destes países.

Estes países são conhecidos pelos ambientes inóspitos propiciados a seus habitantes, tipo morar num cenário de filme de ação, guerra e tragédia, mas da vida real. São lugares onde a corrupção está prevista na Constituição (ou em casos mais disfarçados, há códigos penais de 3000 páginas garantindo direitos a corruptos), crises financeiras são cíclicas (geralmente uma começa quando a outra termina) e principalmente, o governo costuma meter a mão em tudo, resultando cargos como para cuidar da pesca, por exemplo. Nestes países, seus povos se consideram diferentes do restante do globo, mais evoluídos, enquanto na realidade são o contrário. Neles incluem-se também "restos de guerra" como a Síria, Líbia, Sudão do Sul e outras nações construídas sobre resto de construções bombardeadas.

Clique aqui e saiba mais sobre esse tipo de países



Eventos recentes


Neste dia...



Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: