Pé de Pano

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pé de Pano, com sua cara de intelectual

Cquote1.png Você quis dizer: Pé de Limão Cquote2.png
Google sobre Pé de Pano
Cquote1.png Experimente também: Pé de moleque Cquote2.png
Sugestão do Google para Pé de Pano
Cquote1.png Experimente também: Meia Cquote2.png
Sugestão do Google para Pé de Pano
Cquote1.png Estou precisando de um cavalo desses Cquote2.png
Tex Willer sobre Pé de Pano
Cquote1.png Búúúúúú!!! Cquote2.png
Fantasma do Bar sobre Pé de Pano

Pé de Pano, Sugarfoot ou ainda Cloth Foot, é um cavalo muito medroso que pertencia originalmente a João Seboso, mas pouca gente sabe disso já que ele sempre aparece para ficar ao lado de Pica pau. O motivo de ele ser um vira casaca é que ele era sempre maltratado por seu antigo dono, que o considerava ser muito idiota e sempre fazer tudo errado (o cavalo é o espelho do dono). Cansado de tanto apanhar, Pé de Pano foi para o lado oposto da coisa.

Apesar de ser muito ingênuo, Pé de Pano tem bom coração e está sempre disposto a ajudar seu companheiro, o problema é que sempre que ele vai ajudar, acaba atrapalhando mais ainda. Quando alguém bate nele é sequestrado pelo antigo dono, perde uma corrida para um cavalo rival, ou se mete em alguma enrascada, chora como um bebezão. Pé de Pano pode até ser considerado como uma boa companhia, mas Pica Pau é a única criatura que aguenta entende suas trapalhadas e exatamente por isso se tornaram grandes amigos. Pé de Pano, apesar de não parecer, as vezes demostra momentos de menos covardia valentia, a ponto de enfrentar os índios com seu famoso "carimbo".

Aparições[editar]

Pé de Pano exibindo seu lado maldoso

Algumas aparições de Pé de Pano.

  • O Fantasma da Ópera: É um dos mais de oito mil episódios em que o Pica Pau e o Pé de Pano entram em uma casa supostamente assombrada. Mesmo tudo sendo uma grande farsa apenas para assustar os visitantes, Pé de Pano se recusa entrar na casa e só entra porque é forçado pelo Pica Pau. Durante o passeio, um suposto fantasma aparece para Pé de Pano, que a todo momento, tenta provar para o Pica Pau que o fantasma existe mesmo mas como ele é muito burro, não consegue.
  • Garimpeiro Garimpado: É um episódio que se passa em um garimpo, onde todos estão cobiçando a mina principal para pegar o ouro. Como os garimpeiros são muito idiotas, Pé de Pano e Pica Pau conseguem facilmente enganá-los.
  • O Calejado da Sela: É um dos episódios de Pica Pau que mais retratam a realidade, ele mostra exatamente como fica a bunda de quem fica trotando por muito tempo encima de um cavalo...
  • Procura-se um Pica-Pau: É mais um dos episódios em que os bandidos mais procurados resolvem procurar o Pica Pau pela suposta recompensa. Nessa cena, Pé de Pano ainda pertence a João Seboso, mas logo é substituído por um cavalo mais competente malvado.
  • Xerife Meio Frouxo: O episódio mostra o quanto os xerifes do velho oeste era corajosos, Pica Pau acaba por acaso sendo o novo xerife, já jurado de morte. Ironicamente, Pica Pau faz de Pé de Pano seu corajoso cavalo (nem é mais ironia, é paradoxo mesmo) e junto a ele apronta muito com bandido metido a esperto.
  • Sorte Grande: É o episódio que mostra os quanto o pessoal do velho oeste era atrasado supersticioso, pois todo mundo acreditava nessa balela de trevo de quatro folhas (acreditem, é muito fácil encontrar um e não, não traz sorte alguma). Pé de Pano e Pica Pau encontram então um trevo, mas depois disso só se metem em confusão (eu disse que não dá sorte). Isso porque ainda tem um bandido querendo roubar o trevo.
  • Cidade de um Cavalo Só: É o episódio em que Pé de Pano mais entra em ação, pois ele precisa disputar uma corrida contra o cavalo de seu antogo dono para ver qual deles poderá continuar na cidade, que possui apenas uma rua e não pode abrigar dois cavalos. Usando de métodos ilícitos, assim como o adversário, Pica Pau passa a perna nele e vence a corrida.
  • Nem Tudo que Reluz é Ouro: Sem dúvida é um dos episódios mais engraçados em que todas as personagens ficam igual idiotas atrás de uma mina de ouro, Pé de Pano ajuda Pica Pau a pegar o ouro primeiro que o bandido, mas quando chegam ao banco são enxotados, pois o ouro daquela mina não é verdadeiro, então, para tirar sarro da cara do bandido, eles lhe entregam todo o ouro e ficam apenas observando o banqueiro enchê-lo de pancada por ser a milésima pessoa a levar ouro falso tentando se beneficiar.
  • Problema Cavalar: Pé de Pano e Pica Pau usam disfarces para não serem descobertos pelo índio Pança Faminta, mas em um deles, o pobre cavalo tenta se esconder num vaso fino depois de ser descoberto. Após o índio quebrar o vaso e ser beijado, ele o amarra numa estaca para queimá-lo, mas ora apagava o fogo e por fim é salvo pelo Pica Pau. E então, Pé de Pano usa o correr pra caralho para espantar Pança Faminta.

Curiosidades[editar]

Broom icon.svg
Tua mãe desencoraja seções de curiosidades, mas nós não ligamos a mínima! Sob as políticas da Desciclopédia
Mas bem que esta seção pode ser aproveitada integrando-se piadas decentes às seções mais adequadas.
Cada curiosidade pode render uns bons parágrafos, então faça direito!

Pé de Pano sempre aparece nos desenhos do Pica Pau que se passam no velho oeste americano ou na "Velha Inglaterra" (expressão inglesa para tentar imitar os americanos).

E a mais interessante de todas, a princípio, Pé de Pano não pertencia ao desenho do Pica pau e nem se chamava Pé de Pano. Ele era de um outro desenho, também no mesmo estilo velho oeste, mas que se passava numa fazenda, seu nome lá era Ferradura. Pé de Pano era simplesmente o cavalo da fazenda, ele era igualmente covarde, medroso e chorão qualificado como muito sensível, mas como não tinha de se aventurar e enfrentar perigos, seus donos não se importavam muito com essas características "diferentes".

Se formos tentar seguir uma lógica dos fatos (coisa meio impossível nos desenhos), pode se dizer que o cavalo fora sequestrado por João Seboso e obrigado a servi-lo em suas loucas aventuras de bandido, como João Seboso detestava a covardia do cavalo, resolveu chamá-lo então de Pé de Pano. E assim eles seguiram pela perigosa estrada cheia de índios prontos a te devorar, até que Pé de Pano encontra Pica Pau, passa para o lado dele e tudo mais que já fora dito durante este artigo!