Péricles

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Greece-flag copy.jpg
Av-6054.gif

"ΑΝΕΓΚΥΚΛΟΠΑΙΔΕΙΑ Η ΘΑΝΑΤΟΣ!!!"

Re, Este artigo é Grego!! Ele come Churrasco Grego, pratica Beijo Grego, toma Frappé, joga tudo na janela do carro quando acaba e gosta de ganhar de Portugal na Eurocopa!!
Faça sua esposa feliz, dando um presente de grego para a kariola da sua sogra!!

Esse aí é o Péricles na versão de estátua com o chapéu na cabeça

Cquote1.png Cumpanhero... effe cara me inspirou para fazer o que fafo com o Brasil hoje Cquote2.png
Lula sobre suas inspirações com Péricles
Cquote1.png Como diria Péricles: Créu, Créu, Créu... Cquote2.png
algum MC aí sem importância sobre Pèricles
Cquote1.png Me ajudou e muito com meus 12 trabalhos Cquote2.png
Hércules sobre Péricles

Pedro Péricles, do grego Питер ou em latim Péricles (* Montecatini Terme, 495 - † Atenas, 429 aC) foi um famoso político, antibiótico e um jogador ateniense. Estava jogando pelo Panatinaikos quando estes venceram a Taça UEFA na temporada da taça Panini 454-453 aC, e também conseguiram serem por quatro vezes campeão do torneio mundial de Truco. Muitas vezes representado por escultores com a aparência de uma estátua em mármore, provavelmente por causa de sua aparência meio pálida, tem uma inconfundível barba escura e um chapéu moldado com formas gregas, completamente anacrónica ou na moda em comparação com o período em que ele viveu. Fundador da "Força Atenas", foi várias vezes à frente do governo da cidade, neutralizando qualquer oposição. Por isso é agora considerado como o inventor da democracia moderna.

Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Péricles.

Tabela de conteúdo

[editar] Um momento de crise: as Guerras Persas

No primeiro século XD Anticristo, a potência demoníaca hegemoniaca no Mar Mediterrâneo foi o reino da Pérsia: um imenso império que esticou a partir das regiões do Irã para o oeste da Turquia. Tão vasta que incluiu grande parte do Pólo Norte, a baixa Bergamácia, Istria, Dalmácia, e ainda tinha uma hipoteca sobre o Aberto de San Marino e uma fazendinha no Acre.

A partir de meados do século, ansioso para tocar as extremidades da Padânia, os Persas haviam deslocado a sua atenção para a Grécia, uma federação de pequenas cidades-estados, politicamente irrelevante.

Para o presidente persa, o Grande Rei Dario I Serse e seu filho, o príncipe da Pérsia (que deu origem a um joguinho de Atari), só precisava de um mandado de busca, isto é, uma desculpa para declarar guerra contra os gregos. Isto é apresentado com a Revolta Jônica de 500 aC, ou a secessão de isótopos radioativos de origem nuclear persa. Embora essa porra toda seja contra a origem oriental, permaneceu leal ao rei da Ásia. Somente o cabo permaneceu neutro. Para reprimir a insolência dos inimigos, Dario organizou uma expedição militar colossal, a operação Desert Storm (ou Chuva no Deserto), que visava a destruição do inimigo. Mas o seu sonho foi por água abaixo ao ser parado em uma maratona.

Grécia e a Ásia em guerra

Nenhum dos historiadores descreve tão bem quanto o Heródoto o final dessa guerra:
Cquote1.png Mas, aff mermão. Eu sei que no final tudo se perdeu. Cquote2.png
Heródoto, o Grande, Página 69

Serse tocou psicologicamente a criança e dez anos mais tarde essa agora quase pré adolescente, viria vingar a derrota do seu pai na guerra.

Recomposto do anterior Dell'armata (uma cidade Francesa), enviou uma nova remessa de guerreiros através de Tessália, composta de guerreiros Uruk-hai, monstros, magos e Goblins. Depois de ter invadido Macedónia e alimentado os seus soldados, Serse colidiu com o exército espartano. Tradição da época, ambas as equipes tinham 300 combatentes, porém do outro lado foram 298: Milos e Paros estiveram ausentes por indisposição intestinal. Apesar do pequeno número, os espartanos conseguiram uma vitória e tanto, contando com a participação especial de Rodrigo Centauro.

O exército persa, em seguida, chegou a Atenas, em Orange County, e completamente arrasada e arrastada pelo chão. Themistocles, entretanto, conseguiu infligir a mais pesada derrota do Oriente para uma batalha naval. Cquote1.png Desculpe por não ter colocado o cruzador na A5 Cquote2.png
O agora aposentado Serse

[editar] Biografia

[editar] Juventude: Primeira beleza

Péricles ingressando no exército

Péricles nasceu em uma família camponesa, em 495 aC, entre os meses de setembro e novembro. Na verdade, a mãe de Péricles, Feta Portakalos, percebeu um inchaço estranho no abdómen, supeitando de estar com câncer. Após consulta em um ginecologista da família, o médico Ipokrites, este receitou que ela voltasse a trabalhar que em breve faria uma cirurgia. Misteriosamente, a massa cacerosa foi expulsa do corpo. Essa massa foi moldada como um bebê. Orgulhoso da escultura do feito, o médico imediatamente coloca o corpúsculo em formol e o leva a todos os amigos para darem uma olhada. Após alguns dias, notou que a massa se movimentava também - grande surpresa. O médico receitou para a ele leite materno, mas como era grego, preferia sal e churrasco. O pai, Aspides, era um operário de Mulino Bianco, um magnata qualquer da época. Decidiu chamar a escultura a criança de Περικλής que em grego significa Péricles. O menino cresceu no país, mas não teve uma infância feliz: ele parecia manifestar sinais de uma estranha síndrome que alguns sábios hoje chamam epilepsia.Precisa de mais fontes. Com 16 anos, ao invés de ser um metaleiro comedor de moças foi enviado para estudar em Thebes, uma escola do sátiro Filotto onde estudou lá também o Hércules da Disney.

Longe de outros garotos (porque ele tinha um nome ridículo e cheiro de fritura), Péricles cresceu sem amigos, com exceção de uma borracha em forma de urso na cor rosa, inventado por ele. Formou-se com mais ou menos 20 anos em direito na Universidade de Atenas com uma tese sobre os amortecedores. Procurou fortuna, pouco depois, como freelancer, e abriu um pequeno rebanho de pulgas. Azar em vendas, fechou suas portas e começou a vagar pela cidade como um cão, em busca de sua oportunidade.

[editar] O ingresso à política=

Péricles

Nessa altura, em Atenas foi a chamada "transição para a democracia". Uma agradável grande expressão inventada pelos americanos para criar um estado de total anarquia. Enquanto o poder de Esparta crescia de fato, os atenienses invocavam a Enema da Reforma, um decreto que complementava a Lei das Finanças de 467 aC. A finalidade da lei, basicamente, era de reduzir o tráfico de Presidentes do Conselho, que tinha introduzido o anterior edital de Solon.Sim, o "direito democrático" de Han Solon tinha dado à figura do chefe de governo (eleito por sufrágio universal, imagine que disparate!)uma imagem que fazia os governos atenienses cair para um nível tão baixo.

Foi bastante fácil naqueles dias serem notados como um político. Não que isso não é típico dos dias de hoje, mas uma vez que o torne rico, será um pouco "honesto" com os camaradas e o dinheiro destinado para obras será extraviado, mas isso não vem ao caso.

Havia uma especulação sobre Péricles, deste ter gasto alguns títulos do governo para fundar a Argentina, mas como esse país de merda só foi existir uns mil e quinhentos anos depois, já colocaram uma soma na poupança considerável. Compraram uma sede em Creta com os partidários de Ugo, o Huno e en seguida fundou a "Força Atenas".

[editar] A idade de péricles

Ele tinha trinta e cinco anos. Oh não, não consideramos o período histórico em que Péricles estava, isto é relatado na página 241 do seu manual história. Aqueles que tenham esquecido em casa pode lê-lo juntamente com o anexo encontrado aqui.

[editar] A subida ao poder

Címon, um socialistana mão de ferro de Péricles

Em 463 aC, o cenário político foi dominado pela figura de Címon: Um extremamente popular ateniense, que foi reeleito para estrategista de governo e ter ganho um monte de como os melhores artigos da Desciclopédia. Com a sua reputação, fez aprovar no mesmo ano a lei da gravidade, uma alteração que proíbe a fraude em todas as coisas voando. Numerosas críticas contra ele foram feitas pela Associação de Aviadores e vários sindicatos da população flutuante, que organizaram greves e protestos enquanto alguns, como Ícaro, fez objeção à lei e teve resultados desagradáveis. Nas palavras do historiador Anneio Scannabue, Péricles aproveitara da situação para aumentar sua popularidade. Refere-se ao biógrafo, o estadista ateniense tornou-se muito ativo nos dois anos após a medida Címon, mas temos absolutamente nenhuma ideia do que Péricles fez entre 462 e 460 aC.

Segundo os historiadores modernos isto é devido a uma escassez de informações confiáveis em torno dele Precisa de fontes confiáveis, de acordo com as fontes mais confiáveis, porém, Péricles teria repentinamente esquecido como andar, recordando apenas dois anos mais tarde. E esta hipótese parece-nos mais acredível e aceitável. O ateniense Efiàlte morreu alguns meses mais tarde, aparentemente devido a uma espada laser que atravessou misteriosamente seu peito. Foi aí que Péricles subiu ao poder.Pró-espartano, mas inseguro, o governo do Címon não foi capaz de acabar com a grave crise econômica e à invasão de tremores, feito que acabou com a Acrópole e este foi forçado a demitir-se.

[editar] A estratégia política

Péricles no palanque, querendo a Democracia
A moeda inventada por Péricles

Com a derrota dos socialistas e a fuga de Crassus em Hammamet, Péricles saiu vitorioso fácil. Ele foi nomeado chefe de governo após as eleições de 461 aC, quando teve 35 votos, o suficiente para ter a maioria absoluta. Conforme relatado pelo historiador encarregado, houve sufrágio universal em Atenas, mas havia poucas pessoas para gozar os direitos de voto. As proibições de voto foram:

  • Os homens com menos de 30 anos
  • Pessoas com renda menor do que a de um médico anestesista
  • Os usuários com menos de 150 contribuições
  • Mulher feia
  • Os escravos
  • Estrangeiros
  • Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros
  • Todos os negros
  • Obesos mórbidos
  • Os Democratas Cristãos
  • E os Muppets

Foram quase sessenta eleitores com potencial elevado, mas uma vez que foi em torno de dezembro, com uma má influência desses, não ultrapassaram 40 almas.

  • A primeira medida tomada por Péricles foi a de reduzir a taxa de pobreza da cidadania. Começou a emitir moedas de metal, porque as de chocolate derretiam na mão e os pobres locais ao invés de comprar algo, comia.
  • Em matéria de política externa, Péricles foi o principal expoente do imperialismo ateniense. Vitoriosamente concluiu a guerra do rolo, contra um bando de vândalos macedônios estrategistas. Gastou quase todas suas energias para ganhar o controle sobre o mar Mediterrâneo. Derrotaram a frota persa que estavam no abrigo ateniense, lá perto das cidades gregas na Asia, com o qual renovou, em 440, a liga-Attica Lego, uma aliança militar. Um ano depois declarou guerra aos mesopotâmios.

[editar] Grandes obras

O Partenon em construção

Em um esforço para combater a crise econômica galopante, Péricles inaugurou o primeiro andar da casa histórica. Além de uma proposta de prorrogação do casebre, o governo centrou-se nas grandes obras atenienses obras para reduzir o desemprego. A primeira empresa colossal foi a construção do Partenon, um templo de Atenas, que ninguém sentiu a necessidade de criar. Foi construído por uma empreiteira russa no topo da colina da Acrópole, uma outra lojinha de 1,99 e foram utilizadas 20 anos para alcançar marcianos. Menos de um ano depois alcançou os Saturnianos O edifício é de mármore, concreto e pão molhado, uma vez que, obviamente, não era a sopa. Próximo a ele tinha uma graciosa loja: "Atena's Nike", para vestuarios esportivos e na época era moda para os corredores de 450 aC.

Nem sempre, infelizmente, as opções de construção que Pericles contratava eram prudentes. Em 441 ele deu a luz verde para construir uma ponte ligando Atenas à cidade vizinha, Porto de Pireu. Totalmente insensível ao ambiente de protestos, ignorou os danos à paisagem da Ática com uma abominação de pedra e cimento, arruinando para sempre os arredores da estância balnear. O valor estratégico de longo prazo, é também comparável ao da Linha 4 do Metrô de Sâo Paulo em 1940, como potenciais ataques (ou desmoronamentos) para invasão de cidades.

[editar] A idade cultural Pericleana

O terrível exército Ateniense O governo de Péricles é lembrado pelo fervor com que permearam a cidade cultural. Péricles acreditava que a hegemonia de Atenas na Grécia não é apenas econômico, militar e comercial, mas também cultural.

Foi então que ele decidiu levar SC Atenas E ao estádio do Olimpo de futebol europeu e para organizar os Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004. Péricles está rodeado por grandes figuras do mundo da cultura:

Péricles com sua esposa que fundaram o círculo cultural em Atenas.

[editar] A Guerra do Peloponeso

A Guerra do Peloponeso foi um feroz jogo na Bósnia-Herzegóvina, entre Atenas e Esparta, para alcançar a posição dominante no sul do mar Egeu. Tanto que já ninguém sabe até hoje, porque a guerra era chamada de "Peloponeso". O objetivo do programa feito por Péricles foi o de ampliar a influência de liga-Lego Ática em toda a Grécia. Foi por esta razão que o governo ateniense decidiu interferir na política das cidades próximas: impondo impostos, sistema métrico, moedas e até mesmo a cor das cortinas, condenada a passar o tesouro de Delos para Atenas.

Esparta era evidentemente contrária a isso e estava procurando um pretexto para atacar Atenas. Essa desculpa veio quando obrigaram a assistir o mesmo tipo de programa: Zorra Total na Globo.

Representação alegórica da terrível peste de 230 a.C., vista na guerra.

Os espartanos, que não tinham intenção de fazer filas na autoestrada do Norte mudaram-se para Atenas. A primeira parte do conflito terminou 0 - 0, Esparta utilizando um exército terrestre e mais uma frota em Atenas. Não podiam ficar juntos e nunca houve uma batalha. No entanto, as prostitutas atenienses estão entre as muralhas da cidade, vivendo em promiscuidade com o outro país.

Foi neste contexto que eclodiu a terrível praga de 230 a.C., o qual fazia muitas vítimas, incluindo o próprio Péricles e seu salsichas.

O drama da peste de Atenas é mencionado em muitas obras literárias: como "O Noivo" "No Decameron" e com vários desenhos de Mickey Mouse.

Cquote1.png Oh não... morri... Cquote2.png
Péricles sobre suas últimas palavras

Desta forma, com o fim do período de vida do grande estadista ateniense, após Milzíade Sólon, Alcibíades e Zagorakis, Atenas foi deixada em desespero, como é feito com os cães quando eles se tornam antigos e são atirados em fábricas de fazer sabão, dizendo aos seus filhos que eles foram para o céu. No entanto, Esparta ganhou a guerra, lançando assim as bases da sua hegemonia sobre a Grécia e se tornou a primeira cidade europeia a ganhar o jogo sem ter que subornar um árbitro.

[editar] Vida privada

Cquote1.png Temos cortesãs por prazer, mulheres para os cuidados diários, para nos dar as suas esposas e os filhos legítimos, além de Playstation para entreter-nos ainda na parte da tarde Cquote2.png
Demosthenes, talvez

Agora vamos falar dos sentimento de a vida privada de Péricles. Já casado com Adelina, sua irmã de Primeira Instância, e um grande admirador da Minnie, a mulher do Mickey Mouse, Péricles é desesperadamente apaixonado por Aspasia, uma jovem mulher que usavam minissaias com um palmo de altura, contada do umbigo até as coxas. Completamente enfeitiçado pelo charme da solteira, quase pediu o divórcio político com sua primeira esposa para casar com a bonita soubrette. Com este relatório, o rosto de Péricles enriqueceu as páginas de revistas de fofoca como a Veja despertando indignação e curiosidade ao mesmo tempo, na multidão ateniense.

Certamente, houve uma expectativa de que Péricles, que foi o primeiro teórico e, em seguida, um exemplo de virtudes privadas, poderia repudiar um ateniese para substituí-lo por um estranho. Em suma, ninguém teria considerado incorreto que o Péricles [[Botanofilia|tinha amado plantas, ou que incendiou a primeira esposa, ou nem sequer tinha uma relação homossexual com um homem morto, mas consideram incorreto uma amante estrangeira.
Péricles foi mais longe: Ao invés de tratá-la como uma vaca e renegá-la, começou a viver, mostrando a todos os seus amigos, quando os convidava para jantar. Em resumo, a forma de reagir, se você fosse convidado para a casa de seu melhor amigo, e ele vai achar que você quer se casar com uma argentina?? Inaceitável.

Mas apesar da sua escandalosa vida privada, no entanto, Péricles foi capaz de entrar no coração dos atenienses para junto de si e este sentimento de fraternidade, o que levou a cidade com tudo com seu esplendor.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas