PC vs. Console

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nerd dan.jpg >Este artigo é coisa de NERD, portanto, seja bem-vindo._

>Aqui se aborda coisas as quais você pode se interessar, como RPG e computador. Caso você seja um valentão, não leia este artigo!_

Atenção: Este artigo foi criado para os jogadores de PC zoarem os jogadores de console. Se você, de alguma forma, sentiu-se insultado por algo daqui, edite o artigo análogo a este e mostre para os PCzistas quem é que manda!

Das diversas formas de entretenimento (ô palavra difícil de escrever!) como sexo, drogas, balada e churrasco de fim de semana, há duas em especial que, digamos... causam muita treta entre as pessoas: PC e console. Todo mundo sabe, ora, que os jogadores de PC estão no topo da pirâmide, como nobres, príncipes e reis, e os de console, no começo dela, representando os plebeus, camponeses pobres, mendigos e qualquer outra coisa que remeta à inferioridade. Há os que estão em cima do muro, ou seja, gostam dos dois, porém ninguém se importa com esses.

Pirâmide mostrando os reis no topo, os nobres no meio e os plebeus na base.

À nós, usuários de PC, e até mesmo os mais pobres que usam aqueles notebooks da Positivo que só rodam Tibia, foi concedido o título de master race, ou do inglês, raça suprema. Aos vagabundos do console, o título de peasants, do inglês, camponês.

Aspecto Geral[editar]

Nós, usuários de PC, podemos estufar o peito e dizer que temos o privilégio de jogar em 60 fps os títulos que os camponeses jogam em 30. Caso você não saiba, seu burro, fps é a sigla para Frames per Second, ou Quadros por Segundo. A nossa sátira autorizada possui um artigo sobre isso, mas é por sua conta e risco cair nas artimanhas do inimigo. Voltando ao assunto. Claro que nós, como seres supremos e oniscientes, sabemos que já existe fluidez com 30fps, mas não é como se as pessoas em um filme ou em um jogo estivessem se movimentando como no mundo real. Em 60fps sim. Você sente que está na pele daquele personagem. E isso os pobres jogadores de console não possuem.

Louvado seja Gabe Newell!

Nós seguimos uma religião: a Steam. Pode parecer bobeira, mas somos completamente devotos ao nosso salvador, Gabe Newell. Os consolistas, com o nariz empinado que têm, dizem que não precisam de um deus ou uma religião, mas rezam, todas as manhãs antes de se levantarem da cama, para que a PSN não caia. Você confiaria numa pessoa dessas, caro leitor?

Vantagens do PC[editar]

  • Gameplays suaves: Como já dito acima, jogamos em 60fps. Ou seja, mesmo quando o jogo trava, podemos ter uma experiência agradável de jogabilidade, enquanto que nos consoles você fica irritado por não ter uma sensação de realidade;
  • Múltiplos monitores: Para gamers hardcore, os jogos de PC atuais permitem o uso de dois ou mais monitores. Por exemplo, num jogo de corrida, você pode ver tudo ao seu redor. No que isso ajuda, eu não sei, mas em jogos de Fps (dessa vez é first person shooter) isso pode ser bem útil, enquanto que nos consoles você só pode ter o da sua TV;
  • Modificações: Se você está descontente com os gráficos de certos jogos aí, você pode baixar pacotes de textura que deixam seu jogo mais bonito, enquanto que nos consoles você é obrigado a suportar um chão não renderizado;
  • Jogos piratas: Se você é espertinho e não possui muito dinheiro, você pode recorrer a meios alternativos para jogar, enquanto que nos consoles você é chutado por não estar enchendo a bunda da Microsoft ou da Sony de dinheiro não usar cópias originais;
  • Promoções na Steam: Podemos comprar um jogo de R$80,00 por R$20,00 ou menos por estar na promoção, coisa frequente na Steam, enquanto que nos consoles você chora de felicidade se ganhar um desconto de 5% naquele joguinho de R$210,00.
  • Customização: Você pode montar seu computadorzinho do jeito que você quiser. Placa de vídeo alta, mediana? Processador potente ou não tão potente, mas mais em conta para o seu bolso? Caixinhas de som ou headphones confortáveis? Tudo depende de você. Enquanto que nos consoles você fica preso àquelas configurações. Achou ruim? Foda-se. A única personalização que você pode ter lá é um espacinho a mais no HD;

Já falei dos 60fps?

Desvantagens do PC[editar]

  • Os componentes são caros (mas os consoles e seus jogos também!);
  • Nem todo mundo consegue jogar a 60fps;
  • A cada novo lançamento os requisitos são maiores, forçando você a investir em melhores componentes ou abrir mão de recursos do jogo para melhor fluidez;
Se você ainda não entendeu a questão dos gráficos, fica aí o veredito.

Comunidade[editar]

A comunidade dos usuários PC é extremamente amigável, sempre apta a responder suas dúvidas e ajudar na escolha dos melhores componentes para seu bolso. Centenas e centenas de fóruns por aí estão dedicados a espalhar a mensagem do deus Gabe Newell e de suas criações. A comunidade dos camponeses é um lixo completo; as pessoas tratam você mal por não se curvar à Sony ou à Microsoft e falam que você merece ficar no limbo do PC para sempre (não que isso seja ruim).

Misericórdia[editar]

Ok, console pode ter seus pontos bons. Por exemplo, tem um joguinho ou outro que não está disponível para PC, os chamados exclusivos. Mas não que não tenhamos alternativas, claro.

Ver também[editar]