Padre Pinto

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Padre Pinto.
Nova Bandeira da Bahia-Desciclopédia.PNG Colé moral, essi negoçaqui é da terra do dendê. O tio qui feiz issáqui é cuncerteza baiano, intõ, sinhá disgraça de lá do sul da minha caceta, num méxi nas porra daqui nã, vu? Ô vô rumaladsgraça e inda chamo a barrêra pá ti pancá, seu comédia.
Padre Pinto travestido de Bruxa do 71.

Cquote1.png Uma lástima... Cquote2.png
Papa Bento XVI sobre Padre Pinto
Cquote1.png Papa dont preach! Cquote2.png
Padre Pinto sobre Papa Bento XVI
Cquote1.png O Padre Pinto dá o cu, mas não é viado! Cquote2.png
Lulista sobre Padre Pinto
Cquote1.png Onde foi que eu errei??? Cquote2.png
O pobre pai de Padre Pinto sobre Padre Pinto
Cquote1.png Isso non ecziste, é una paranormalidad baiana. Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Padre Pinto
Cquote1.png Grrrrrrrrr!!! Cquote2.png
Barão Homofóbico sobre Padre Pinto
Cquote1.png Já comi. Fiquei com indigestão Cquote2.png
Clodovil sobre Padre Pinto
Cquote1.png Já me comeu. Ficou com indigestão Cquote2.png
Leão Lobo sobre Padre Pinto

José de Souza Tepega Pinto é um padre, pai de santo, dançarino performático, eleitor do Jean Willys, baiano, de libra com ascendente em escorpião, cabelereiro... (vocês já entenderam né? ). O Padre Pinto, ou Katielle como é conhecida no reduto, ficou conhecido por sua postura crítica aos paradigmas da igreja, que não permite aos padres dar o cu, mesmo não sendo viado, como é o caso do Padre Pinto. Membro da Congregação das Divas que Rodam a Piruca, que reúne padres com talentos artísticos, o Padre José Pinto confecciona suas vestes usando plumas consagradas, paetês bentas, e lantejolas ungidas. Sofreu uma injusta perseguição da igreja católica só porque realizou o casamento do Jean Willys com o Kim Kataguiri vestido de Bomba-Gira, ao som de The Number Of The Best, do Iron Maiden. Devido a sua performance inovadora e revolucionária foi afastado de suas funções da igreja.


Padre Pinto tem o peito do pé preto, o peito do Padre Pinto é preto, quem disser que o peito do Padre Pinto não é preto, tem o peito mais preto que o peito de Padre Pinto
Pequena pregação de Padre Pinto para o AA

A historia de Padre Pinto[editar]

Padre Pinto pratica profissão perfeita: Padre Pirua! Porém pediu permissão Papa para praticar pintura! Padre Pinto pintou perfeitamente prima Petúnia. Porque pintas porcarias? - Proferiu Pároco Padre Pinto - pinto porque Papa permitiste, porém preferindo, poderei procurar profissão própria para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer Padre. Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir. Posteriormente, partiu para Pirapora. Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, pois Padre Pafúncio pediu para pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos para poder pagar promessas. Pálido, porém personalizado, preferiu partir para Portugal para pedir permissão para permanecer praticando pinturas, preferindo, portanto, Paris.

Partindo para Paris, passou pelos Pirineus, pois pretendia pintá-los.

Pareciam plácidos, porém, pesaroso, percebeu penhascos pedregosos, preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras pareciam precipitar-se principalmente pelo Pico, pois pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada, provocando provavelmente pequenas perfurações, pois, pelo passo percorriam, permanentemente, possantes potrancas.

Pisando Paris, pediu permissão para pintar palácios pomposos, procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza, precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos, perniciosos, preferindo Padre Pinto precatar-se.

Profundas privações passou Padre Pinto. Pensava poder prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam pelo pensamento, provocando profundos pesares, principalmente por pretender partir prontamente para Portugal. Povo previdente! Pensava Padre Pinto... Preciso partir para Portugal porque pedem para prestigiar patrícios, pintando principais portos portugueses.

Passando pela principal praça parisiense, partindo para Portugal, pediu para pintar pequenos pássaros pretos. Pintou, prostrou perante políticos, populares, pobres, pedintes.

- Paris! Paris! - proferiu Padre Pinto - parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir.

Pisando Portugal, Padre Pinto procurou pelos pais, porém, Padre Procópio partira para Província. Pedindo provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir permissão para Padre Procópio para prosseguir praticando pinturas. Profundamente pálido, perfez percurso percorrido pelo pai. Pedindo permissão, penetrou pelo portão principal. Partindo pela picada próxima, pois pretendiam pernoitar pertinho, para procurar Padre Péricles primeiro. Pisando por pedras pontudas, padre Procópio procurou Padre Péricles, primo próximo, pedreiro profissional perfeito. Poucas palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena parcela para Padre Péricles profissionalizar Padre Pinto.

Primeiramente Padre Pinto pegava pedras, porém, Padre Péricles pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar pintores práticos.

Particularmente Padre Pinto preferia pintar prédios. Pereceu pintando prédios para Padre Péricles, pois precipitou-se pelas paredes pintadas.

Permitam-me, pois, pedir perdão pela paciência, pois pretendo parar para pensar...

"Pobre Padre Pinto, pereceu pintando..."

Alborghetti diz que admira mais a merda do que este esboço.
Aproveite que ele está procurando o pau dele e edite-o, senão você vai sentar no colo do capeta!