Paisagem Cultural de Fertö / Neusiedlersee

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Hitlercriança.jpg IOD-LEI-HI-HIII...

Este artigo é da ÁUSTRIA! Ele fala alemão e pensa como alemão, mas NÃO É ALEMÃO! O autor dança valsa, bebe Red Bull, pratica esqui alpino e é fã do Gerhard Berger, além de visitar Viena todos os dias. Se você vandalizar, Arnold Schwarzenegger vai voltar...

Banderasangría.png
Este artigo veio da Hungria!!!

Este artigo é magiar. Ele mora numa Budapeste, visita a Héviz Spa, come Gulash, resistiu aos Hunos e tenta se aparecer para os demais europeus.

Não estrague este artigo, senão a torcida do Honvéd Budapest irá atrás de você.
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png É hora da descarga Cquote2.png
Deus sobre Paisagem Cultural de Fertö/Neusiedlersee

A Paisagem Cultural de Fertö/Neusiedlersee é uma paisagem de um lago qualquer que fica na Áustria e na Hungria. Antes, quando tudo estava às mil maravilhas, esses dois países estavam juntos; mas agora que se separaram, decidiram dividir o lago, e cada país ficou com uma parte. É um dos maiores lagos da Europa Central, perdendo apenas para os lagos que são maiores que ele e que também ficam na Europa Central, é claro.

A região dessa paisagem cultural, conhecida como a descarga do mundo.

As tentativas de medição do comprimento e da largura dele até agora falharam, porque não existem réguas gigantes. Mas ele não é tão profundo, tanto é que até mesmo as crianças podem nadar durante a época seca (porque na época chuvosa a profundidade triplica). Esse lago geralmente saca do nada, mesmo quando não se está no período de estiagem. Os especialistas acreditam que no fundo dele existe um ralo, que é temporariamente aberto para dar descarga e levar a poluição e banhistas azarados para as profundezas da Terra.

História[editar]

Esse lago foi inventado por Deus, que previu que os homens jogariam todos os dejetos produzidos pelos próprios em um lago qualquer. Ele não queria olhar para a Terra do Céu e ver um monte de pneus, carcaças de carro, ruínas, lixo orgânico e outros resíduos. Para facilitar a retirada do lixo na Terra, ele fez um buraco enorme e colocou um mecanismo de descarga nele, levando a água suja embora.

Como parte do acordo feito com Satã, a sujeira iria para o Inferno infernizar a vida (ou a morte) dos pecadores, infiéis e alguns padres pedófilos. Com base em um sorteio, a Áustria e a Hungria ficaram encarregadas de abrigar a descarga em seu território. Sempre que a sujeira não cabia mais no valão lago, Deus acionava a descarga e levava a sujeira para o Inferno, que além de ferrar com os pecadores, também era incinerada nas brasas do lar do Demo.

Características[editar]

O lago (tanto o de Ferto como o Neusiedlersee) são cercados de uma espécie de algas que se alimenta de lixo e resíduos. Elas servem também como desentupidores da descarga, quando o lixo se acumula e entope o cano, já que essas plantas conseguem degradar as porcarias que você faz. Muitos pássaros se abrigam na região para se alimentar dos restos de comida jogados no lixo. Uma adaptação natural faz com que eles não sintam o cheiro de lixão presente nesse lago.

Por sua importância em sumir com o lixo, a UNESCO transformou a área em volta desses lagos em um patrimônio mundial. A região foi ocupada primeiramente por lixeiros e desentupidores de descarga, que auxiliavam o lago a dar um destino ao lixo produzido pela Europa. Até hoje eles tentam ganhar dinheiro com o turismo na região, mas ninguém visita o lugar por motivos bastante óbvios.