Palmópolis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Palmópolis ou Bananeira é uma das Favelas do vale de Jequitinhonha. Segundo os próprios habitantes, Palmópolis é a cidade onde Judas perdeu as botas, e quando eu digo que é a cidade onde judas perdeu as botas é bem lá que ele as perdeu.

História[editar]

bairro nobre de Palmópolis.

A história da cidade gira em torno de uma paranoia com "Palma". É que o município, em seu início, mudava de nome a cada uma semana sempre com uma variação diferente de "Palmas", depois de todo mundo ficar de saco cheio com o município ficar mudando de nome o emanciparam e decidiram um nome fixo para ele antes que mudassem o nome novamente.

Toda essa paranoia de Palma era por causa que o prefeito era viciado em Punheta, algo que é bastante comum em uma cidade sem mulheres como Palmópolis. Na época era chamada de "Palmas" e ou as mulheres bonitas estavam casadas com caras das cidades vizinhas ou elas estavam procurando um noivo com um pai com uma escopeta nas mãos.

Por isso, muitos recorriam às atividades manuais. O prefeito foi um que ficou muito dependente desse meio.

Então ele achou que se ele fizesse referências a "Mão" e colocar a cidade como "Capital da Banana" ele achava que teria uma ligação e então alguém apareceria para salvá-lo daquela situação constrangedora. No fim o prefeito morreu nessa situação e ainda viciado.

Como o prefeito estava sempre ocupado com outras coisas, Palmópolis continua a mesma merda de sempre.

Cidade[editar]

Palmópolis é como qualquer outra cidade do sertão baiano-mineiro: não precisa fazer decoração na festa junina, tem muita poeira, tem muita caatinga, tem muita cachaça e tem muito mito sobre Mula sem cabeça e Lobisomem. Talvez tudo isso se deve ao fato de que as cidades do Vale do Jequitinhonha não tenham outra cultura além da caipira, então fingem ser baianos.

Os habitantes locais se dividem entre os que vão a igreja e os caipiras que ficam gastando o tempo atualizando o Orkut e fingindo saber algo sobre política na praça principal da cidade, que é o mais próximo de centro da cidade que se tem em Palmópolis.

Como em toda boa cidade pequena, já faliu há alguns anos e nem a prefeitura está pronta, por isso a colocaram na casa do prefeito, que é o mesmo prefeito há 20 anos pois ninguém quer se candidatar além daquele otário, não ele não é bem pago pois Palmópolis é tão longe que nem dá tempo do dinheiro chegar, o primeiro salário como prefeito dele vai chegar quando completarem a copa de 2050.

Ver também[editar]