Panic! at the Disco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Panic! At The Disco)
Ir para: navegação, pesquisa
Panic At The Disco.gif

Arband.jpg

Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.
Certamente, fãs idiotas alienados odiarão este artigo!!


Cquote1.png Plagiador! Cquote2.png
Beatles sobre o novo cd cópia de Sgt. Peppers
Cquote1.png Que porra é essa, os caras se pintam!? Caralho! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Panic! at the Disco
Cquote1.png Plagiador! Cquote2.png
Willy Wonka sobre as roupas da biba que canta, Brendon Urie
Cquote1.png Esses rapazes tem um visual muito macho. Cquote2.png
Stevie Wonder sobre Panic! at the Disco
Cquote1.png Você quis dizer: Pânico na Tv?, ou, Panicat? Cquote2.png
Google sobre Panic! At The Disco
Cquote1.png Você quis dizer: PÊNIS NA DISCOTECA? Cquote2.png
Google sobre Panic! At The Disco
Cquote1.png Vontade de bater nesses emos até a morte!! Cquote2.png
Brandon Flowers sobre Panic! at the Disco
Cquote1.png Como uma banda influenciada pelo Blink-182 pode fazer alguma coisa boa? Cquote2.png
Dave Keuning sobre Panic! at the Disco

Algumas bandas passam toda a sua carreira para fazer um álbum complexo, chato e idiota. Não o Panic! at the Disco: eles fizeram uma merda bem complexa e idiota logo na primeira tentativa.

História

Tudo começou nos subúrbios do Bronx, quando com 24 anos, Ryan Rosscaqueimada pediu uma guitarra aos seu pais como presente de Natal, já que não aguantava mais brincar de Barbie com seus amigos emos. Enquanto isso, Spencer Smiticus pedia ao seus pais uma bateria eletrônica, assim os dois poderiam fazer barulho juntos.

A banda...

Como os dois eram namorados, a interatividade era direta.

Como eram vagabundos de carteirinha, ficaram muito tempo experimentando sons com letras falando de suas vidas sem mulher. Por isso a banda despertou o interesse de Pete Bitoca baixista emo do Fall Out Boy e metido a gostosão, que apresentou a banda ao seu selo com espaço para novos emos.

Após assinar o contrato, as coisas ficaram sérias e começaram a andar muito rapidamente. Spencer e Ryan terminaram a escola pelo Instituto Universal Brasileiro, por correspondência. Com isso, tinham mais tempo para tocar seu som emo.

Juntaram-se com mais duas bonecas, que então fizeram as malas, saíram de casa e foram para Los Angeles, para gravar o álbum de estreia com o famoso produtor Chimbinha.

Esses novos integrantes era ninguem menos que os representantes da fé,os mórmons Elder Brendon Uíe!! e Elder Brent Sr: Wilson,que fujindo dos pais e das regras impostas pela igreja de que homem era homem, e que antigamente de tão homem tinham até mais de uma esposa,os dois resolveram se casar em Las Vegas e entrar para a banda.

Mas o fim do casamento dos elders viria com as gravações do cd,Elder Brendon alegou que Elder Brent não gravou nenhuma das faixas do disco e não tinha responsábilidade nenhuma com a banda,não voltando para casa depois dos shows, o que deixava Brendon muito triste. Rapidamente eles apresentaram o novo integrante da banda o bebum Johnnie Walker que se apaixonou por Spencer, deixando Ryan sozinho. Mas não durou muito, pois Brendon pediu-o em namoro e hoje fazem apresentações de seu amor nos shows.

Discografia

Nova formação
Afever.jpg


A fever you can't sweat out, primeiro trabalho da banda, é um disco de emocore com influencias distintas como violinos e outros instrumentos de música clássica, melodias indecoráveis e umas batidas de boate gay.


Recentemente a banda lançou o seu segundo disco, o Pretty Odd. que ninguém conhece e nem vai conhecer, já que agora a banda tenta deixar de ser emo, e com isso perdeu todos os fãs.

Prettyodd.jpg

O Pretty odd. é um álbum que copia Sgt Peppers um pouco mais gay e estranho (percebe-se isso pelo nome do disco).

Curiosidades

  • Eles misturam a música manjada emo com batidas de bateria eletrônica, tentando assim compensar a mediocridade do seu baterista.
  • Sua principal influência é o filme A Fantástica Fábrica de Chocolates, por isso o vocalista se veste igual ao Willy Wonka.
  • os integrantes da banda já tentaram fundar uma discoteca gls mas nao puderam por que nao tinham a idade necessária admitida pelas leis dos EUA.
  • O pauzinho com uma bolinha em baixo, mas conhecido como ponto de exclamação, de tanto ser usado, misteriosamente desapareceu na segunda tentativa de um álbum musical/teatral da quase-banda misteriosamente. Professoras de caligrafia da pré-escola-para-alunos-especialmente-posersindies afirmam que eles o comeram, e preveem que futuramente, possíveis letras poderam ser comidas também. Porém, há boatos de que eles esqueceram do indefeso ponto, assim como esqueceram que nasceram homens.
  • Guitarrista da banda tem um caso com o vocalista, eles tentam manter tudo em segredo para os fãs mas a namorada chifruda do guitarrista já está perdendo os cabelos literalmente por causa dessa relação.

Sucesso

Vocalista se preparando para uma seção de sexo oral.

A banda se tornou popular no YouTube e entre os emos do Orkut, e eles conseguiram vender 120 cópias do CD de estreia da banda, a merda complexa e idiota preferida de 9 entre 8 emos e 12 entre 10 indies.


Este artigo é um esboço de Stálin.
Stálin pede que esse artigo seja ampliado. Ou será mandado para um Gulag