Papanduva

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Legítimo morador de papanduva.


Papanduva pulaco
Bandeira papanduva.gif
Bandeira
Papanduva a cidade que reluz, quando não falta água falta luz.
Hino "piririm piririm piririm, alguém ligo pra mim..."
Local norte de SC, longe de quase tudo, apesar de ser SC, é muito mais perto curitiba que floripa .
Idioma Papanduveis + 99 outros idiomas.
Geografia
Clima tem dia que faz um calor co cacete, e tem dia que faz um frio do caralho, isso quando não chove uma semana inteira e depois da um mes de seca.
Locais de referência Postos de gasolina, onde um monte de bobo fica com som auto com musicas sertanejas no fim de semana, pista onde tem o MotoRock.
Economia Dinheiro, porcos e fumoooooo, QI.
Produtos exportados Fumo, Canos, Madeiras, Alta Tecnologia (Software e Robótica) e posto de gasolina.
Política
Governo
Nuvola apps core.png
Daqueles que muda a cada eleição, Ou Seja de 4 em 4 anus
Atual prefeito
Nuvola apps core.png
SaLiba
Vice-prefeito
Nuvola apps core.png
Sandra
Mídia
Cidadãos ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Tartaruga, prof vidal, seu partala, Mauri pinhero,
Esporte símbolo Pega Fogo 10 x 0 Deixa que eu Chuto, Correria da policia, andar na Av. principal, onde só um lado da av é calçado...
Santo local Jesus Negão Sexo Selvagem No Tijolinho


Cquote1.png Você quis dizer buraco? Cquote2.png
Google sobre Papanduva
Cquote1.png Pede pra sair, pede pra sair! Cquote2.png
Capitão Nascimento quando encontrou Marvadeza em seu esconderijo secreto
Cquote1.png Não vai levantar mesmo Cquote2.png
Medico sobre frase acima
Cquote1.png Mazááá, piá bão!!! Cquote2.png
Malacada na lan house sobre a vitória do adversário
Cquote1.png É perto, mas nunca fui! Cquote2.png
Qualquer um do planalto norte sobre papanduvense



Papanduva é uma cidade localizada ao norte de Santa Catarina. Foi criada por volta do século 20 a.C., após a população se rebelar contra os altos impostos cobrados pela corte de Itaiópolis (lê-se Polacóvski) e resolverem entrar em guerra contra os polacos de lá. No fim, Papanduva saiu vitoriosa e conseguiu a sua independência. A polacada seguiu em peso para lá e hoje ela é o que vemos: nada. Seus habitantes falam uma língua estranha, como a citada no artigo da cidade de São Bento do Sul, o famoso "Opa!" (sinônimo de oi) o "Puisé" (sinônimo de pois é) e o "rabugento" (utilizado geralmente com o intuito de xingar alguma coisa).

População

A população de Papanduva é composta por seis (6) espécies:de gente boa

  • Pega Fogo: sempre ganham os clássicos. Mas são uns cuzões
  • Dexa que eu chuto(ou mancos): São um bando de paga pau do pega fogo.
  • polacos: Também conhecidos como agroboy
  • preiboi: racinha do caralho. "Se eu pudesse eu matarra mil!"
  • pobres: metidos a preiboi.
  • malaco: sempre presentes em todas as festas (que acontecem a cada século). As pessoas não são conhecidas pelo nome e, sim, pelos pais. Por exemplo, o filho do pedro, a filha do josé, o filho da maria, etc.

Baladas

Bom, isso não existe em Papanduva. Então as pessoas vão ao posto. "Qual posto?" Qualquer um: Posto do Paulinho, Posto da Vera, Posto Paulinho² (sim existem dois Paulinhos donos de posto). Há o clube Papanduvense, mas este abre uma vez a cada 1000 anos. E quando abre, dá para contar o número de clientes com dedos do Lula, tem lá de vez em quando o MotoRock (que repete "U2 cover" sempre) Que bosta hein. Eu quero é rock! Recentemente Foi aberto um novo "point" na cidade. Um Super, Hiper, Mega, 4m² de pista com molas.... (PM investiga roubo de suspensão de trem). Para quem não conhece a pista de dança consiste em um assoalho feito em cima de molas. ¬¬) Que na verdade não adianta para nada. Única coisa que o local serve é para disseminar H1N1 pela cidade, que aliás anda em pânico, com isso surgindo mais um esporte e forma de lazer na cidade, Corrida do pega porco (duplo sentido essa). E a agora tem uma tal de Field Club ® , que fazem umas festinhas que a Polícia adora ir investigar !

- Tijolinho. - La piova (é assim q se escreve?). - Viva a Noite. Famosas casas noturnas(puteiros) andam de portas fechadas. (coitado dos porco e das cabra);

Aé o salão de molas ¬¬) foi idéia de um povoado chamado Major Vieira (silva, souza, ou qualquer sobrenome comum ao povão), com seus 400 habitantes. Fomos lá e créu Copiamos a idéia ^^.

-E ainda nos ultimos tempos,nem isso tem, a cidade esta natalina (em 12 de janeiro), a cidade pisca. Isso mesmo, a Celasque, digo Celesc, disse ter resolvido o problema, (espero que sim, pois nao pago a fatura de luz de 5 em 5 centavos), Resumindo: Encontraran a LUZ no caso de papanduva. (ate que enfim)

Economia

A economia de Papanduva, até 2000, era resumida em duas palavras: pinga e maconha. Além disso, chegou os dois principais produtos na economia de Papanduva hoje: A robótica (exploração do solo lunar com andróides, etc.) e o Software (Clique aqui e veja as fotos do aniversário, MSN e Orkut)e agora o Facebook e hoje a juventude tem o que fazer. Tudo isso fazendo novas amizades nos postos de gasolina. Ja em 2009 a previsão é do cultivo de fumo automatizado, e do desenvolvimento de tecnologias antivírus como Avast.Mas a maconha e a pinga continuam sendo a principal forma de diversão dos infanto-juvenis de diversão na cidade. E jogar cinuca no tijolinho ....Isso se nao faltar luz.

Política

O povo papanduvense é muito democrático! a democracia acontece através do 38, que sempre o mais votado na região usa como lema da sua campanha "deus zolivri, tar do valentão". o lema foi escolhido pelo povo, era a frase falada quando o cadidato veio pedir o voto na residencia de um homem lá, mais é dessa forma que o município vive em armonia e paz, todos escondidos feitos tatus de medo do ataque da elite calça jeans e chinelo de dedo e camisa de flanela, elite que vem aterrorizando o município, por comando de Chico Pinho e Mauri Pinheiro e uns foragidos do presidio agrotecnico de RDS. (para evitar pânico o presidio se responsabilizou pela captura dos detentos) Sem falar dos 10%, 15% ou 30% que o prefeito cobra das empresas licitadas para fazer o caixa para a reeleição.