Paraês

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Paraês é o dioma utilizado para se comunicar com o típico caboclo paraense, você vai precisar de uma pequena ajudinha. Afinal, tem 'pérolas' que você só vai ouvir no Pará.

Então senta e treina um pouco do idioma papa-chibé:

A[editar]

  • ACOCADO: abaixado.
  • ADUBA, ADUBAR, ADUBADO: colocar muito (encher o prato de comida)
  • AGORA LASCOU-SE: agora deu em merda.
  • APLICA : quando alguém conta uma história que provavelmente é mentirosa aí o caboco fala: Tá bom aplica!!!
  • APORRINHAR : aborrecer
  • APRESENTADO: atrevido
  • ARDILOSA:Ardida. Ex. Esta pimenta está muito ardilosa.
  • ARREDA : afasta.Ex: Arreda um pouco pra lá/Não arreda o pé daí.
  • ARREGANHAR: abrir demais. Ex: Não te arreganha demais, senão vai aparecer tudo!
  • ARREMEDAR: o mesmo que imitar.
  • ASSANHADO: diferente de "enxerido", por aqui isso costuma ser falado sobre cabelo. Ex: seu cabelo está todo assanhado.
  • AXIIII CREDO!: expressão de nojo ou desdém quando não se gosta de alguma coisa.
  • AVACALHAR: o mesmo que "zoar"

''''Texto em negrito'Texto em negrito'==B==

  • BAFO DE ONÇA: mal hálito
  • BAJARA: Canoa com motor de popa do tipo rabeta.
  • BAITA: grande. Ex: Um baita de um navio.
  • BAIXAR:Descer o rio.
  • BÃNANA: Banana
  • BARÃO: Pessoa rica ou com carrão.
  • BARCO GAIOLA: embarcação típica dos rios amazônicos .
  • BEM:Bastante, muito, suficiente. Ex. Lá em casa têm bem laranja.
  • BEM BÃO!: interjeição que indica aprovação: Bom demais!
  • BENJAMIM: T (aquele troço que põe na tomada pra ligar vários aparelhos elétricos).
  • BÓIA: comida (rango)
  • BOCÓ: bobo,abobado.Ex:êle é Bocó.
  • BOMBOM: Bala
  • BONEL:Boné
  • BORA LOGO!: Não demora !!!!
  • BORIMBORA!: vamos embora
  • BORÓ: dinheiro trocado ou moedas.
  • BREADO: o mesmo que suado. Ex.: égua, eu tô muito breado!
  • BROCA: Com fome.
  • BUIADO: endinheirado
  • BUSTELA: meleca

C[editar]

  • CABA: espécie de inseto - (maribondo, vespa)
  • CADRASTRO:Cadastro
  • CABOCO : Pessoa matuta ou o paraense com jeito de índio ou vindo do interior.
  • CABOQUICE: fazer algo que seja considerado "brega", breguice. burro é vc
  • CÃMINHÃO:Caminhão
  • CAGIBROTA: Pinga, cachaça.
  • CAPA O GATO: vai embora, corre, foge.
  • CARAPANÃ: pernilongo, mosquito, borrachudo, muriçoca.
  • CALANGO ou OSGA: lagartixa (de chão).
  • CANTO: Esquina (Te espero lá no canto/Te espero lá na esquina).
  • CATIROBA: garota fácil, que fica com qualquer um.
  • CERULAR:Celular
  • CHOPE: diferente de ‘chopp’... chope é o mesmo que ‘sacolé’ 'gelinho' 'chup-chup'.
  • CARIBÉ: mingau de farinha fina.
  • CHIBÉ: água com farinha de mandioca.
  • COCRETE:Croquete
  • COLONHA: Colônia
  • COQUE: coronhada com os dedos. (aquilo de o Seu Madruga faz no chaves)
  • CUIRA: gastura, impaciência.
  • CUNZINHA:Cozinha.
  • CURUBA : ferida
  • CHARQUE: Orgão Genital feminino

D[editar]

  • DIACHO: que diabos!
  • DISPRÉ: "Sem presença", algo ruim, vergonhoso.
  • DEU PREGO: quebrou, enguiçou.
  • DEU BUSULETA: deu problema.
  • ENTROU ÁGUA:deu errado.
  • Di Rocha:É Mesmo, é verdade.

E[editar]

  • ÉGUA:é a vírgula do paraense.
  • EMPELEITA:Empreita
  • EMPERIQUITADO: o mesmo que ‘muito arrumado’ (no modo de vestir). Ex: A madame desceu a escada toda empiriquitada para sair.
  • ENCARNADO: avermelhado, rubro. Termo muito utilizado pelos idosos.
  • ERAS: semelhante ao ‘égua’.
  • ESMIGALHAR: amassar, desmanchar
  • ESBANDALHAR: quebrar
  • ESPOCAR: estourar, explodir, etc...
  • ESPOCA FORA: te manda ,rasga, vaza, vai embora.
  • ESCULHAMBAR - ESCROTIAR: dar uma bronca
  • ESCANGALHEI COM A MINA: fez barba, cabelo e bigode com a gata.
  • EU CHOORO!: Não estou nem aí.

F[editar]

  • FACADA: Coisa de valor alto. Ex: Comprei aquele sapato lindo, mas foi uma "facada".
  • FARINHA BAGUDA: farinha de mandioca grossa.
  • FILHO DUMA ÉGUA: filho da mãe.
  • FICAR DE MUTUCA: ficar na espreita.
  • FREESCANDO/FRESCAR: fazendo graça / fazer graça.

G[editar]

  • GABAR ou SE GABANDO:Mesmo que não ser modesto, se vangloriar.
  • GALHINHA:Galinha.
  • GRAFITE: carga de lapiseira.
  • GITA ou GITITA: o mesmo que pequenina.

H[editar]

  • HAM, HAM OU HEM, HEM:sim

I[editar]

  • IGARAPÉ: córrego.
  • ILHARGA: lado, quadris.
  • INHACA: mau cheiro, fedor , cecê.
  • ISPIA: Olha
  • "IORGURTE':"" Iogurte

J[editar]

  • JÁ ME VÚ: Expressão de despedida , tchau.
  • JOGO DE CEMITÉRIO (BRINCADEIRA INFANTIL): QUEIMADA
  • JERIMUM: abóbora

L[editar]

  • LÁ NA CAIXA PREGO: lá longe, longe, longe pra caral
  • LÁ ONDE O VENTO FAZ A CURVA ou LÁ ONDE JUDAS PERDEU AS BOTAS: Muito longe. Próximo a casa do sogro do sherek. (idem item anterior).
  • LARGATA: Lagarta.
  • LESO, LESEIRA: Idiota,idiotice .Ex: Deixa de leseira!/Deixa de ser leso.Tu és (é) leso é ?
  • LEVOU O FARELO!: Quebrou a cara, se lascou, se deu mal.

M[editar]

  • MALINAR: maltratar.
  • MAS COMO ENTÃO?: como pode isso ?
  • MAS QUANDO!: duvido.
  • MAS QUANDO JÁ !: que nada !
  • MERDA N’ ÁGUA!: zero a esquerda, aquele que não é porcaria nenhuma ou ‘maria vai com as outras’.
  • ME EMBRULHA: me cobre.
  • ME ERRA (ou me mira mas me erra): pra cima de mim não.
  • MIJADA: bronca.
  • MIXIA: lembranças de algo ou alguém que nunca mais apareceu.
  • MUFINO: triste, abatido.
  • MUITO PALHA: de vagar,sem graça...
  • MUQUIAR: esmurrar.
  • MURRINHA: moleza, preguiça.
  • MUTUCA: tipo de mosca grande.vigiar

N[editar]

  • NÃO É LÁ ESSAS COCA-COLA  : não é lá essas coisas...
  • NA BASE: Por volta de(a). Ex. Cheguei na base das 10 horas.
  • NA BROCA: Com fome.
  • NA ROÇA: O mesmo que estar sem dinheiro.Ex: Não vou hoje na festa porque estou ‘na roça’.
  • NEM TE CONTO: Vem cá que quero te contar uma coisa (geralmente é fofoca... rs).
  • NÓ CEGO: Pessoa com má conduta.

O[editar]

  • ONDA: Confusão ex: Égua, teve a maior onda perto de casa ontem
  • OLHA QUE O PAU TE ACHA kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

!: expressão desafiadora , tipo: continua e vê no que vai dar.

P[editar]

  • PAI D'ÉGUA: Cavalo garanhão. Tudo de bom.
  • PAPUDINHO: que gosta de beber umas e outras (cachaceiro).
  • PAPA-CHIBÉ: paraense autêntico.
  • PÃO CARECA: pão francês, cacetinho, etc.
  • PAPAGAIO: pipa.
  • PARAGOBALA: Paragominas , cidade do interior do Pará.
  • PARRUDO: gordo.
  • PARUBA: Paraense.
  • PATETICE: leseira.
  • PAVULAGEM: metidez, frescura.
  • PÉ D'ÁGUA: Tempestade, chuva muito forte.
  • PEREBA: sarna.
  • PESCOÇÃO: dar um tapa na nuca.
  • PÔ-PÔ-PÔ: embarcação típica composta por um a canoa coberta e um motor de popa.
  • POMBA LESA: bocó , pateta, palerma.
  • PIRA= Brincadeira infantil (tipo pique lá pras bandas do sudeste) , usado também pra denominar coceira ou sarna.
  • PIRA PAZ, NÃO QUERO MAIS: Parei!
  • PIRENTO: alguém acometido de pira , sarnento.
  • PIOR: é verdade.
  • PISSICA: má sorte, urucubaca (pode ser usado também pra dizer que vai torcer contra - fazer pissica).
  • PITIÚ OU PIXÉ: cheiro típico de peixe.
  • PIRACUÍ: farinha de peixe.
  • PIRRALHO(a): criança insuportável.
  • PLOC: garota de programa ou coisa brega.
  • PORRUDO: grande ,enorme.
  • PUTITANGA: Putz!
  • PUNHETA: Masturbação.

R[editar]

  • RABIOLA: tipo de Pipa , papagaio de empinar.
  • RALHAR/DAR UM RALHO: brigar , chamar a atenção por algo que se fez de errado.

S[editar]

  • SACRABALA: nomenclatura utilizada em Belém para o ônibus da linha Sacramenta Nazaré.
  • SAMBUDO: Folgado.
  • SAFO: quem é bom em algo. Ex: Fulano é safo em matemática.
  • SE PUXAR ir embora.
  • SÓ TE DIGO VAI!: Expressão desafiadora, do tipo “vai pra você ver só no que vai dar”.
  • SEM TERMO: dito a quem não tem bons modos,ou seja, pessoa sem um bom comportamento.
  • SÓ BAFO: mentiroso.

T[editar]

  • TÁ, CHEIROSO!: expressão irônica tipo: ‘Conta outra que essa não convenceu’.
  • TÁ LESO?: deixa de ser doido!
  • TÁ RALADO: palavra usada para expressar que algo está difícil de ser realizado (tá foda!), está complicado isso.
  • TAPURU – larva de mosca.
  • TAPIOCA: BEIJÚ (iguaria paraense).
  • TÁ SAFO: tá beleza.
  • TE ACOCA: te abaixa.
  • TEBA: quer dizer grande. Ex: Ela tem uma teba de uma orelha.
  • TORÓ: chuva forte.
  • TOPADA: tropeço, machucar o dedão do pé.
  • TÔ BROCADO: Estou com muita fome.
  • TRAVESSA: tiara, arco de prender o cabelo.
  • TRAVOZO: pessoa ruim de bola.
  • TRAPICHE: dique, porto.
  • TUCANDEIRA: Um tipo de formiga grande ou sinônimo de calça pescador: calça tucandeira.
  • Taído: Ardoso ou apimentado. Ex: Essa pimenta é muito taída.
  • Tuíra: Quando passa a unha na canela e fica aquela marca branca.

U[editar]

  • ULHA: se assustar com algo, ficar impressionado.
  • ÚA MALHADO: Expressão de negação. Ex:Olha teu bofe ali. resposta: Úa malhado!

V[editar]

  • VAREJEIRA: mulher safada ou vulgar.
  • VARGE: Várzea.
  • VISAGEM (ou como diz o caboco: VISAGE) : fantasma, assombração.
  • VOU LÁ EM BAIXO: vou ao centro comercial (usado muito por pessoas mais velhas).
  • VUADEIRA: lancha.
  • VIXE MARIA: exprimir assombro.

X[editar]

  • XIRÍ: Órgão genital feminino.
  • XICRARA:Xicara.

Z[editar]

  • ZICA:Problema, erro. Ex. Deu zica = deu problema; Nunca vi tanta zica = nunca vi tanto erro.
  • ZIZA: Prega mestra do ânus.