Paramnésia Reduplicativa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um para fazer seu check-up.

Paramnésia Reduplicativa é uma doença de louco, literalmente, que é a crença que um local foi duplicado, e na verdade ela, a pessoa, não está o original e sim no duplicado ou farsante. Claramente isso é um caso extremo de paranoia... Isso ocorre na maioria das vezes em pessoas que abusaram de álcool e de cerveja, depois de terem entrado em convulsão, depois em uma crise epilética e por fim em coma, e quando acorda começa a delirar.

Como se adquire[editar]

Visão de quem sofre de paramnésia reduplicativa.

Pouco se sabe a respeito desta doença, e por isso mesmo não se tem muitas pistas de como se adquire essa doença, mas apenas teorias. Normalmente esses tipos de doenças em que as pessoas ficam em um estado grave e altíssimo de paranoia se dá por contas de AVCs, que significa acidente vascular cerebral. E AVC normalmente acontece em casos de batida de carros, acidentes que a cabeça se arrombou e etc. Por isso mesmo normalmente são nesses casos em que uma pessoa adquire paramnésia reduplicativa.

Além disso tudo, esse tipo de doença é típico em pessoas que moram e habitam manicômios, principalmente porque a sanidade mental deles já está tão ferrada que esse tipo de coisa, de achar que algum lugar foi duplicado, está mais relacionado, e mais se encaixa na verdade, como um sintoma, e não uma doença, pois já são tantas outras loucuras que se passa na cabeça do cara, que paramnésia reduplicativa possa mais parecer um sintoma de outras doenças, como esquizofrenia (clássico exemplo).

Sintomas e diagnóstico[editar]

Os sintomas da doença, e bote doença nisso, são apenas um Show e somente achar que algum lugar foi duplicado, e que ela não está no original, e sim no fake versão Paraguai "made in China"... Na verdade esse é o maior e único sintoma da doença, porém virão outras coisas e consequências com isso, tais como surtar totalmente, querer matar todo mundo, pedir a demolição do local e também querer fugir de lá o mais rápido possível. Nem todas as outras consequências foram citadas pois estamos em falta de vírgulas, e isso iria nos custar muitas vírgulas enumerando as consequências...

Por isso mesmo para fazer o diagnóstico basta ver se o doente mental está surtando a respeito da localização de algum lugar. Claro que isso será mais difícil do que se parece, visto que essa doença é mais rara do que... alguma coisa rara aí. E por isso mesmo nem todo médico ou psicólogo irá saber o que a pessoa tem de problema. Além disso também existe outras doenças parecidas, como a síndrome de Capgras e a síndrome de Fregoli, que ao invés de lugares envolve pessoas.

Cura e tratamentos[editar]

Existem poucos tratamentos que podem ajudar na tentativa de erradicar essa doença do enfermo. Um delas é um tratamento a base de xarope de ervilha com caldo de cana. Dizem que a junção desses dois líquidos se transformaria em uma dietilamida do ácido lisérgico, que é um tipo de methylisopropyllysergamide feito a partir de benzoilmetilecgonina, que ao total disso tudo dá uma porra nenhuma misturada com vento da Etiópia. Recomenda-se usar até uma hora após a embalagem ter sido aberta.

Além disso essa doença pode ser curada de um jeito bastante simples. E esse jeito é criar o local duplicado. Isso porque, se a pessoa acredita que algum lugar foi duplicado, para que a crença dela se torne real, nada melhor do que criar esse lugar "duplicado". Por exemplo, e um cara acha que sua casa foi duplicada, nada melhor do que realmente construir outra casa, ou não... Porém essa é de fato a única cura existente por enquanto, por isso mesmo a única coisa que existe para tentar diminuir os efeitos da doença é o remédio de xarope de ervilha com caldo de cana.