Paraná Soccer Technical Center

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Paraná Soccer Technical Center
Escudo do PSTC.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Partido Socialista dos Trabalhadores Cristãos
Origem link={{{3}}} Paraná - Cornélio Procópio
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Paranaense
Divisão Primeira divisão
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Partido Socialista dos Trabalhadores Cristãos, o PSTC é um partido político de extrema esquerda fascista da República de Curitiba, erroneamente conhecido como uma time de futebol chamado Paraná Soccer Technical Center, que pelo nome em inglês deve ser alguma equipe renegada da sétima divisão da Inglaterra.

História[editar]

Fundação[editar]

O PSTC foi um partido político criado em 1994 durante as turbulências do impeachment do Collor. A sua sede inicial ficava em Londrina e era disfarçada como escolinha de futebol que visava formar jogadores para vender e enriquecer uns empresários pilantras com tráfico de menores de idade para pedófilos professores de educação física espalhados por todo Brasil. O primeiro jogador de sucesso revelado pelo PSTC foi o atacante Dagoberto, que não é a toa tem aquele semblante

No ano de 1999 era inaugurado o puteiro Centro de Treinamento do clube, destinado a alojar jovens atletas na puberdade para que estes fossem abusados sexualmente sem levantar suspeitas. Assim o time ganhou naquele ano a taça 4ª Internacional Boys Cup de Punheta Alheia, o primeiro troféu do clube.

Profissionalização e ascensão[editar]

Ao observar-se a decadência do futebol paranaense, o PSTC decidiu em 2010 se profissionalizar. Como no time só tinha pirralhos, os seus primeiros anos foram sofridos e o time ficou ali preso na terceira divisão estadual por 3 anos. Ninguém nem sabe que times conviveram com o PSTC nessa época por ser um campeonato tão bosta.

Em 2013 o time mudou-se para a cidade Pirocótero Corno, e assumiu o nome de PSTC Piroquense. A mudança pareceu servir de porra nenhuma, pois a equipe passou os anos de 2013 e 2014 chafurdando na série B estadual.

Somente em 2015 seria o grande campeão da Série B paranaense, precisando jogar com uns lixos inomináveis de times, e quase sendo eliminado para tradicionais equipes que foram superadas com muita raça, como o famoso time do Grêmio Araponguense que precisou ser superado nos pênaltis. A final foi vencida sobre um time vendedor de perfumes, o Toledo Colônia Work.

Temporada 2016[editar]

Em sua estreia no campeonato paranaense, o PSTC não decepcionou e fez o que já esperado que fizesse, brigou para não rebaixar do começo ao fim, terminando a competição a apenas 2 pontos da zona de rebaixamento. O time ficou conhecido nacionalmente no Fantástico ao ser zoado em rede nacional devido ao seu nome ridículo que mais lembra um partido político, numa matéria sobre a surpreendente vitória do clube sobre os reservas do Coritiba FC. Apesar de toda ruindade do time, o regulamento esdrúxulo do estadual classificava 8 times de 12, e o PSTC passou de fase, para que no sofrimento vencesse o J.Malucelli por 3x0 num jogo e perdesse por 3x0 no outro, disputando nos pênaltis a classificação. Depois, a vitória na primeira fase sobre o Coritiba foi provada ser uma zebra, quando o PSTC perdeu os dois jogos da semi-final para o Coritiba, e ficou por ali mesmo, já sendo muito. O PSTC foi então o pior time de todos a ser classificado para a Série D 2016.

Títulos[editar]

  • 4ª Internacional Boys Cup: 1 vez (1999)