Parque Nacional Uluru-Kata Tjuta

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Parque Nacional Uluru-Kata Tjuta


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Parque Nacional Uluru-Kata Tjuta é uma reserva ambiental bem curiosa na Austrália, porque protege apenas um mísero deserto e duas rochas... com tantas florestas por aí precisando ser preservadas.

[editar] Exploração humana

Uluru, o maior formigueiro do mundo

O Uluru e o Kata Tjut são o principal cartão postal da Austrália depois dos cangurus e os estádios de rúgbi. Habitado na antiguidade por aborígenes especialistas no arremesso de boomerang, essa exótica raça de humanos de cultura peculiar, afirmava que escalar o Uluru e ter relações sexuais com os coalas que vivem no seu topo era um ritual de passagem para a vida adulta dos homens.

Com a chegada dos europeus, toda aquela maravilhosa estrutura cultural de pinturas rupestres e animais selvagens felizes foram transformadas em um imenso complexo de camping com circo, campo de golfe, safári e centro de treinamento de boxe para cangurus. Com os dois grandes morros de Uluru e o Kata Tjut no fundo da paisagem.

O local hoje atrai muitos turistas. É sério! Existe gente doida que paga uma fortuna para ir ao meio do desertão da Austrália...

[editar] Geografia

A geografia do parque é o de uma vasta planície com dois formigueiros gigantes, os maiores do mundo considerados maravilhas da natureza. O Uluru com 500 metros de altura e o Kata Tjut com 300 metros de altura.

[editar] Ecossistema

Kata Tjuta o maior cupinzeiro do mundo.

Considerado um dos maiores ecossistemas do mundo! Maior em território (1326 km²), porque em biodiversidade não passa de um deserto cheio de cangurus, formigas e cupins.

O clima desértico contribui para que o Uluru-Kata Tjuta jamais mude.

A flora do parque é composta por pastos, gramados e cactos. Todos resistentes e imunes ao fogo.

A fauna se destaca pelos marsupiais venenosos, répteis venenosos, anfíbios venenosos, insetos venenosos, escorpiões venenosos, aranhas venenosas e aves venenosas.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas