Parque Nacional de Yellowstone

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Parque Nacional de Yellowstone é uma reserva ambiental do estereótipo americano. É cheia de geisers, ursos, coelhos e cenário garantido para desenhos animados.

História[editar]

Um típico guarda florestal de Yellowstone.

A primeira atuação do homem no parque se deu quando tribos indígenas visitavam a região que chamavam de Inferno da Terra para explorar bravamente as várias minas de obsidiana e fabricar lançar benzidas pelo diabo para matar o maior número possível de branquelos maus.

O primeiro não-nativo a descobrir Yellowstone foi John Colter, um armeiro que estava fugindo da morte certa de uma perseguição indígena, quando chegou no parque e o cheiro de enxofre espantou seus seguidores. Colter fez um pacto com o diabo que morava no local e assim se tornou o maior atirador do velho oeste. O parque recebeu o nome Yellowstone por causa das grandes quantidades de enxofre e demônios na região.

Com o tempo e à medida em que a exploração foi aumentando, os demônios foram se retirando aos poucos do parque, indo talvez para lugares mais quentes como o Ceará ou infernos verdadeiros como Hell de Janeiro, e foi então que Yellowstone foi considerada parque nacional, sendo então o parque mais velho do mundo. Na época, não havia consciência de preservação ambiental e a zona de preservação foi feita para preservar a casa do maligno que concebe aos Estados Unidos de hoje, toda sua gloria. 70% dos episódios de Supernatural (uma série baseada em fatos reais) tem relação direta ou indireta com Yellowstone.

A nível de mensagem subliminar, a demoníaca Yellowstone aparece frequentemente em animações como Pica Pau, Pernalonga, Zé Colmeia e vários desenhos afins com infinitas mensagens subversivas de apoio a violência e má conduta.

Geografia[editar]

A grande característica do parque são seus inúmeros fogos florestais, razão de sua proximidade com o Inferno.

Geisers, as banheiras do diabo, também são comuns e no centro do parque há um supervulcão, a Caldeira de Yellowstone, capaz de destruir os Estados Unidos caso o governo não siga as exigências do diabo, como invadir o Afeganistão, o Iraque e posteriormente o Brasil.

As cadeias montanhosas ainda dividem também os Estados Unidos em leste (civilizados) e oeste (bárbaros).