Passarinho do Castelo Rá-Tim-Bum

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
TV CULTURA NA ERA DIGITAL.jpg Este artigo está relacionado à TV Cultura.

Ele assiste Cocoricó e Roda Viva, faz maratona de desenhos é a segunda melhor emissora do mundo, mas tem um ibope de merda. Conheça mais dessa gentalha aqui.

Arband.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Capa do primeiro álbum

Passarinho é um pássaro musical, mais conhecido pelo seu nome artístico João de Barro (Apesar de ser azul, diferente da cor de um joão-de-barro), multi-instrumentista, que toca sempre acompanhado de 2 passaretes, as patativas. Não há instrumento que ele não saiba tocar.

O gosto pela música[editar]

Apesar de ser um pássaro canoro, João de Barro não sabia cantar. Todos os seus amigos sabiam cantar. João de Barro andava com o Rouxinol, o Curió, o Canário e com o Pica-Pau, mas da ganguezinha de passarinhos ele era o único que não tinha um bom vocal. Foi obrigado a aprender a violar tocão, caso contrário, nenhuma passarinha lhe daria atenção.

Em pouco tempo, João de Barro já sabia tocar Nirvana e Ramones, o que não era grandes coisas já que é a primeira coisa que a pessoa aprende a tocar. Mas ele não desistiu e continuou aprendendo. Seus amigos cantores saiam pra balada mas ele preferia tocar (Música!!!). Era um pássaro brasileiro e não desistia nunca.

Como se tornou profissional[editar]

Era a parte mais interessante do programa, mas todos já erraram algum instrumento

5 anos tocando foram o bastante para João de Barro saber todos os instrumentos musicais existentes e inexistentes do Universo. Caixinha de fósforo, triângulo de forró, entre outros. Também aprendeu a arte do som do corpo, como palmas, som de peidinho do sovaco, entre outros. Ele só não sabia assoviar mesmo.

A incrível habilidade impressionou até o Hermeto Pascoal, aquele velhinho doido que tirava som até de capim. Hermeto apresentou o João de Barro para algumas pessoas na TV Cultura que também se impressionaram com o talento musical da ave e fizeram um quadro no programa Castelo Rá-Tim-Bum. Também ganhou 2 partners, com as quais lançou seu primeiro disco e chegou à primeira posição na Billboard com o hit Passarinho, que som é esse?.

No programa, vários desafios foram feitos a ele. Flauta doce, cítara, reco-reco, chocalho, agogô, afoxé e vários outros instrumentos difíceis foram entregues ao João de Barro. Ele não se intimidou e foi logo solando. O que mais chamou a atenção dos produtores foi a versão que ele fez de Tocata e Fuga de Bach no reco-reco.

Covers que o João de Barro já realizou[editar]

  • Rapsódia Húngara n° 15 em lá menor, no chocalho.
  • Fantasia Improviso (Música do Andy Panda) no improviso da corneta.
  • Capricho 24 (Ui) no violino, claro.
  • Funk do Créu na guitarra com direito a solo na velocidade 5.
  • Vôo do Abelhinha do Korsakov nas palminhas.
  • Marcha Turca no peido axilar.

Ver também[editar]