Patrulha Estelar

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pow! Paf! Tum!
AAAAA!!!
Patrulha Estelar é algo relacionado a Shounen

Esse artigo tem a ver com animes/mangás onde os personagens vivem brigando, lutando, metendo porrada e resolvendo as diferenças na base do cacete!
Alem de bom de briga, esse artigo é poderoso!
Rede Manchete.jpg

Patrulha Estelar é da falida Manchete!!!

E tal como ela, foi pro buraco!

Clique aqui pra ver quem também foi junto com ela.

Patrulha Estelar
宇宙戦艦ヤマト
Patrulha estelar.jpg
Naquela época, os animes não tinham olhos exagerados.
Gênero Antiguidade, Star Wars
Mangá
Autor É apenas anime
Divulgação Nenhuma
Onde sai Acre
Primeira publicação Nunca
N° de volumes 0,00
Anime
Dirigido por Leiji Matsumoto
Estúdio Academy Productions
Onde passa Japão, Brasil
Primeira exibição 1974
N° de episódios 26
Filmes
OVAs

Cquote1.png Você quis dizer: Star Trek Cquote2.png
Google sobre Patrulha Estelar
Cquote1.png Experimente também: Star Wars Cquote2.png
Sugestão do Google para Patrulha Estelar
Cquote1.png Isso sim que era anime. Naruto é uma bosta. Cquote2.png
Otaku saudosista sobre Patrulha Estelar
Cquote1.png Que, essa porra é um anime? Cquote2.png
Otaku atual sobre Patrulha Estelar
Cquote1.png Patrulha Estrelar. Cquote2.png
N00b sobre Patrulha Estelar
Cquote1.png É um anime que se passa no futuro, mas foi feito no passado. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Patrulha Estelar

Bastidores[editar]

Patrulha Estelar é uma velharia clássico da animação japonesa, produzido entre as décadas de 70 e 80 e muito querido e cultuado até hoje. O nome original, pra variar, não tem nada a ver com o que foi dado no Brasil, comparem vocês mesmos: 宇宙戦艦ヤマト. O que raios isso tem a ver com "Patrulha Estelar"? Traduzindo para o português, seria algo como O Tio sem Cão Ia ao Mato. Nos EUA, ficou Star Blazers, pior que aqui, já que ninguém no anime usava blazer (que piada horrível).

Banda formada pela Patrulha Estelar com o término do anime

No Japão, Patrulha Estelar estreou em 1974 e foi até 1981. Como o Brasil sempre foi pobre, só tivemos acesso ao anime em 1985, que, com uma porquíssima transmissão da Rede Manchete, teve alguns episódios exibidos somente no Rio de Janeiro. Mesmo assim, durou até 1985. A segunda temporada veio toda censurada e adaptada pelos norte-americanos, com nomes e músicas trocadas (sim, desde aquela época já existia esse problema), mas a terceira chegou direto do Japão. O que era pra ser bom ficou ruim, pois os nomes americanos foram mantidos e os novos personagens permaneceram com seus nomes japoneses, o que deixou uma mistureba pior que as HQs de Pokémon. Pelo menos as músicas eram as originais dessa vez. Bom, falei da segunda e da terceira temporadas no Brasil. A primeira você pergunta pra algum carioca, porque só eles viram.

Assim como em Speed Racer o verdadeiro protagonista é o carro, em Patrulha Estelar o verdadeiro protagonista é Argo, o gigantesco encouraçado espacial (oh, como soa imponente!) que abriga a tal patrulha. Na verdade, Argo é só uma adaptação ridícula que o Tio Sam fez no anime, pois o nome verdadeiro da nave é Yamato, uma referência a um encouraçado japonês que realmente existiu e foi um dos maiores do mundo, porém foi bombardeado durante a Segunda Guerra Mundial por aviões norte-americanos e acabou afundando. Deu pra entender porque nos EUA o anime foi tão censurado e adaptado, não? Só que não parou por aí...

História[editar]

Yoda.jpg
Este artigo ou seção de artigo trata do futuro. Tudo que for escrito a partir daqui foi baseado nas premonições do Mestre Yoda.
Clique aqui para mais premonições do mestre Yoda você ver.

O início do anime mostra bem os últimos momentos do Yamato Argo no Oceano Pacífico em 1945, antes de afundar. Agora, o ano é 2199 e a história se repete, porém, no espaço (será que ainda vai existir água, aliás?), só que desta vez a Terra inteira está em perigo (desculpa pros japoneses serem os heróis, como sempre) e os inimigos são os aliens malvados do Império Gaymilon (que nome escroto). Bem, os Gamilons (kkkkkkkkk) lançam contra a Terra meteoros radioativos, e para livrar nosso lindo planetinha azul dessa radioatividade toda, os cientistas conseguem resgatar os destroços do Yamato Argo das profundezas e adaptá-lo para uma nave de combate MARA! Isso porque um grupo corajoso de pessoas (nossa, que criativo!) terá de se deslocar até o planeta Iscandar para trazer uma máquina que é a única solução para deter a radiação dos Gamilons. À frente da Patrulha Estelar está o capitão Abraham Avatar, um velho caquético que tava na cara que ia morrer. Ops, fiz spoiler... Pois é, no caminho pra Iscandar, a Patrulha Estelar se encontra várias vezes com Lorde Deslock, o líder Gamilon, e travam vária batalhas toscas nas quais sempre saem vencedores graças às armas implantadas em Argo. Mas, no final das contas, Avatar morre "radioativado", apesar de o grupo ter conseguido cumprir a missão e salvar a Terra (?).

Pra onde eles estão olhando?

Um ano depois, a princesa Trilena, do planeta Telezart, pede ajuda à Patrulha Estelar. O problema é que um novo inimigo se aproxima, o Cometa Império (só tem vilão com nome tosco nesse anime?), que, pra piorar, está com Deslock do seu lado, louco por uma vingança. A Patrulha Estelar quase fode toda a Argo, porque agora que Avatar morreu quem assumiu o controle foi Derek Wildstar, irmão renegado dos Jonas Brothers. Não me pergunte como nem porque, mas Deslock e Wildstar acabam virando grandes miguxos e a própria Trilena se encarrega de dar cabo no Cometa Império, já que ela é metade deusa. Pra que pedir ajuda então?

Bom, a última missão da Patrulha Estelar no anime ocorre em 2203, quando Deslock "sem querer querendo" faz com que um míssil de batalha altamente perigoso caia no sol, o que fará com que este exploda dentro de um ano. Agora, tudo que a Patrulha Estelar precisa fazer é achar um novo planeta para poder substituir a Terra. Simples, não? Mas por serem muito fodas, eles conseguem uma arma com o poder de controlar o sol e, de quebra, ajudam Deslock a derrotar a Federação Polar, uma nação com quem estava em guerra e também culpada pelo míssil.

Extras[editar]

Patrulha Estelar contou ainda com diversos filmes para o cinema, que eu não vou falar aqui porque eles nunca virão pro Brasil. Há um projeto de fazer um filme "made in Hollywood", com atores reais, mas eu duvido muito que isso aconteça. Se acontecer, vai ser uma bosta.


v d e h
Este artigo fala sobre um anime.