Pau-marfim

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Veneno0.jpg
Hdl-ldl.jpg

Este artigo é relacionado à biologia.

Aprovado pelo INMETRO.

Não entre na água durante a maré vermelha!

Bambu.jpg 'Pau-marfim faz parte do Incrível Mundo Vegetal Folhoso'
Este vegetal foi certificado pelo Greenpeace como um artigo livre de agrotóxicos, transgênicos e outras pragas nocivas.
60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Pau-marfim.
Imponente, o pau-marfim faz as outras árvore do gênero "pau" ficarem com uma inveja desgraçada

O pau-marfim é o nome vulgar dado a uma árvore da família das bilauzáceas, de nome científico Grandipintus marfinensis e mais recentemente Dimarfinus picadurus, usada para enfeitar o jardim já que sua madura é muito deira para ser usada na criação de móveis, mas tem gente que gosta de sentar em algo feito de pau-marfim. É um dos símbolos da Flora Brasileira, apesar de ser importada da Costa do Marfim.

[editar] Origem

Apesar de ser uma árvore tipicamente brasileira (Por isso a pornografia no nome), o pau-marfim não é originário das matas brasileiras. O Grandipintus marfinensis é uma árvore que surgiu nas selvas africanas, mais precisamente na Costa do Marfim, por isso o nome.

Acredita-se que o pau-marfim chegou ao Brasil através dos descobridores portugueses. Os portugueses eram chegado em um pau-marfim, desde os tempos do Fernão de Magalhães, e para não sentirem falta da madeira marfinesa, trouxeram o pau-marfim até o Brasil, onde o pau-marfim foi bem recebido pelas mulheres do país. Caso tenha sido mesmo os portugueses os importadores de sementes de pau-marfim, eles devem ter trazido no bolso de trás da calça. Outra teoria é que o vento trouxe sementes de pau-marfim da África para cá afinal, como diria o Fernando Vanucci, a África não é tão longe do Brasil.

Esta árvore de caule grosso é típica de regiões quentes. Em temparaturas frias, o pau-marfim fica murchinho e dificilmente fica esguio. Quando fica neste estado de semi-falecimento, o pau-marfim não consegue fazer a fotossíntese e acaba morrendo, e não tem mais volta. Por isto ele não de adaptou aos países de clima frio.

[editar] Características

O pau-marfim é uma árvore grande, que pode chegar até 51 metros de altura. Também é uma árvore grossa, cujo troco pode chegar a ter 2 metros, como no caso da Grandipintus marfinensis motumbus. A árvore possui uma espécie de "perna" em seu tronco, que é chamado de tronquilho da seiva. Esta seiva que o pau-marfim libera faz nascer vários brotinhos quando colocado na terra já que a seiva possui várias sementinhas.

Suas folhas são arredondadas e formam cachos no topo da árvore. Sua raiz é bem grande, para suportar todo o peso deste tronco tão grosso. Quando fica velho, o pau-marfim começa a entortar e ficar pequeno. Quando atinge os 4000 anos, equivalente a 80 anos para os humanos, o pau-marfim fica totalmente caído. É a última etapa da vida do pau-marfim.

[editar] Ver também

v d e h
Grandes (ou pequenos) artigos fálicos da humanidade
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas