Pau Grande

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Algumas imagens dispensam legendas (tá, isso é uma desculpa pra minha falta de criatividade)

Cquote1.png É bom esse lugar!! Cquote2.png
Seu pai sobre Pau Grande.
Cquote1.png Visite PAU GRANDE! Cquote2.png
Mané Garrincha sobre Pau Grande.
Cquote1.png Eu nasci lá! Cquote2.png
Bengalelê Motumbo sobre Pau Grande.

Um lugar localizado em Magé, no estado do Rio, passaria despercebido por meros mortais, exceto os que moram por perto e os fofoqueiros de plantão, no entanto, a terra de Mané Garrincha acabaria se tornando conhecida intergalaticamente um dia, pelo simples fato de se chamar Pau Grande, não por ser a Terra de um grande jogador de futebol (só jogava só pra disfarçar, pergunta a sua mãe o que ele fazia entre o 1º e o 2º tempo) que morreu tragicamente.

História[editar]

Sapo habitante de Pau Grande.

Há mil e novecentos anos, Pau Grande era conhecido como Buceta Pequena, todos os moradores eram felizes e amigáveis, até que um dia, apareceu um emo, não pergunte como, que imediatamente começou a chorar e pedir para os moradores comentarem em seu fotolog. Depois daquele dia, tudo mudou: o vírus emocore afetou vários moradores, que começaram a ter fotolog e a separar cuecas por cores. Diante de tamanha viadagem, Buceta Pequena foi trocado por Pau Grande. A partir daí, a cidade ficou esquecida, até surgir Mané Garrincha, que por ser do Botafogo, morreu de tanto chorar.

Turismo[editar]

Pau Grande tem vários pontos turísticos, os quais podem ser vistos dentro de um looooongo busão passeando por canais deferentes, digo, diferentes. Os favoritos são:

  • A Casa Branca (onde eles se encontram para masturbar um aos outros - Não, sem nenhuma referência ao Bill Clinton e à Monica Lewinsky)
  • A cachoeira (onde eles mostram os paus grandes uns aos outros)
  • O pico dos irmão (um montanha com dois PICOS pra cima, bem vai saber porquê dois irmãos)
  • O campo que o Mané Garrincha jogou (onde só entram os gays da zelite, pra fazer a iniciação)

A Dedação[editar]

É uma cerimônia muito difundida (e difudida) em Pau Grande. Outros nomes que ela recebe são Culilica, Frescudação e Viadoão. É feita tranquilamente dentro das casas dos habitantes, que a começam limpando um dedo com álcool, enfiando no cu e esfregando.

Por que Pau Grande?[editar]

Lembrancinha para visitante da Cooperativa.

Segundo vários historiadores, nenhum deles sério, o nome é de origem miguxês e escrito do seguinte jeito: PauxX GxRanDeeeX _|_. Existem hipóteses ainda mais idiotas, como a do dia que um gay chegou em Vagina Grande, mas isso não tem relevância alguma. Outros dizem que a cidade foi nomeada Pau Grande em homenagem ao Bengalelê Motumbo, um dos famosos naturais de Pau Grande, que tinha a tora de 70 cm com a qual ganhou o recorde por ter o maior pau.

A ideia mais aceita, recusada veementemente pelo Vanderlei, proclama que o nome Pau Grande foi dado após sua avó ver um forasteiro mijando no poste central de iluminação da festa de inauguração da vila que futuramente viria se tornar a cidade. No momento em que o chefe da vila iria anunciar o nome, sua mãe gritou ao ver o forasteiro: Cquote1.png Nossa! Que pau grande! Cquote2.png, deixando todos perplectos, mas, ao mesmo tempo, contentes por ter um singelo, sugestivo e agradabilíssimo nome para a vila que iria se chamar Periquitas Insandecidas. SmileySmall.png

Atualmente[editar]

Pau Grande é um lugar muito atrativo, cheio de árvores, viados e brechós. As três instituições mais conhecidas de Pau Grande, são a Pakera gay, a Cooperativa de Pau Grande e o CIEP 441 Mané Garrincha. Bem na verdade essas são as únicas instituições de Pau Grande...

Pakera é um empresa de água com corante refrigerantes muito conhecida pelos viados pelo Brasil (mentira). A empresa cresce a cada dia (os preços dos produtos).

A Cooperativa é um lugar de shows, onde tocam todos os dias vários tipos de músicas, principalmente emocore.

CIEP 441 Mané Garrincha é um escola, cujo lema é: Trabalhando por um ensino púbico de qualidade.