Paula Cândido

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Paula Cândido é o meio do nada que fica em Minas Gerais. A cidade tem muita lombada contando como ponto turístico e vários caipiras gordos que dão audiência para o Faustão não ficar para trás do Sílvio Santos. A vida na cidade se resume a isso e o papo mais intelectual que rolou por lá foi sobre o BBB8 ter sido manipulado ou algo assim.

História[editar]

Atual prefeitura de Paula Cândido.

A cidade foi fundada por um bandeirante chamado Barroso Pereira. Esse bandeirante ele tinha tanta vergonha de si e de sua família que acabou fugindo de casa. Por que ele tinha vergonha? Provavelmente que a linhagem dos barrosos tinham o péssimo costume de se cagar nas calças em momentos decisivos ou "muito fortes" para eles.

Essa mania deve ter sido da genética, provavelmente eles faziam isso para o Mario do Armário não querer queimar uma rosca suja. Barroso tinha passado por uma enorme humilhação me portugal, ele ia ser condecorado pela rainha quando ele fez o que o nome dele diz na frente dela e nas próprias calças.

Ele não teve escolha a não ser ir para um país em que poderia fazer isso o tempo todo e tranquilamente. Achando um lugar que era ruim por natureza, se estabeleceu ali e formou uma vilazinha onde ele se declarou rei.

Certa vez chegou um "ânuslogista", o único e último do Brasil, que tinha experiência profissional com ânus. O nome dele era Paula Cândido, o que era estranho para um homem. Enfim, o chefe da vila disse que iria dar o nome dele para a região se ele curasse aquele problema dos barroso. Ele fez isso com um pouco de proctologia e hortelã.

Hoje o município se chama Paula Cândido.

Emancipação[editar]

Surgiu a ideia de emancipar o município um dia, foi uma "ideia genial", como a população de Paula Cândido era muito "envolvida politicamente" e o prefeito queria fazer tudo certo para ninguém reclamar depois resolveram votar pela emancipação. Pagaram algumas pessoas para irem avisar com matracas nas ruas sobre a votação.

Na hora H estavam lá todos: o futuro prefeito, o futuro vice-prefeito, o futuro secretário da educação e um Bode. Após duas horas esperando... Nada. Mostrava que a população realmente se importava com a cidade. Mas de uma forma eles estavam certos: a cidade com um nome especial a vida ia continuar a mesma, só iam colocar alguns incompetentes para coçar o saco na pastelaria, que seria a prefeitura (e ainda é) de Paula Cândido.

Foi 45% de votos Symbol support vote.svg Concordo. O resto dos votos foram em branco. Seja como for a cidade foi emancipada, o pasteleiro, um vereador, um bode e um gorducho da padaria viraram o prefeito, o vice prefeito, o secretário da educação e o secretário do turismo, que aliás, nem existe mais em Paula Cândido.

Turismo[editar]

Que pergunta mais idiota, uma cidade no meio do mato ter turismo? Basicamente atravessar lombadas é um hobby local.