Paula Oliveira

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aff amaury.jpg

Paula Oliveira é uma subcelebridade

e mandou um "oi" pra câmera da reportagem.

Cuidado: Paula Oliveira pode te cobrar cachê por ler este artigo.

Cquote1.png 8D Cquote2.png
Paula Oliveira sobre ela mesma

Cquote1.png Já comi!! Cquote2.png
Alexandre Frota sobre Paula Oliveira
Cquote1.png Estranho... acho que tem algo repetido em todas essas fotos... Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Paula Oliveira
Cquote1.png Ah! Ela é aquela do caso da gravidez e do suposto ataque na Suíça. Confundi tudo. Bj Cquote2.png
Anapaula Castro Alves Meirelles sobre Paula Oliveira


Paula Oliveira é uma celebridade da internet também conhecida como a Menina de Plástico. Essa fama foi obtida quando tiraram várias fotos dela em sua festa de 15 anos, e em todas as dezenas de fotos ela apareceu com a mesma cara.

Paula Oliveira não muda suas expressões faciais.

[editar] Teorias

Como Paula é uma figura mítica e quase lendária, seu surgimento e história são incertos, porém muitas teorias foram criadas, entre elas:

  • Paula foi gerada por seus pais em uma festa rave que acontecia no pavilhão da fábrica da Tupperware. A mãe de Paula deu-a à luz dentro de uma caixa de água e ela passou a infância brincando com bugigangas do R$1,99. Este passado intenso a fez lentamente transformar-se em plástico, passando a não conseguir mudar as expressões faciais em temperatura ambiente.
  • Paula era uma praticante assídua do cheiramento de gatinhos, porém sua falta de experiência a fez inalar incontáveis canetas BIC junto dos gatinhos. Com o tempo, o plástico das canetas foi sendo absorvido por seus pulmões e se combinando com o seu sangue, tornando-a de plástico.
  • Paula foi aplicar botox em uma clínica clandestina do gueto e os resultados foram irreversíveis.
  • Na verdade, Paula não mudou de rosto em nenhuma das 60 fotos que tirou simplesmente porque todas as fotos foram tiradas em um intervalo de 10 segundos. As pessoas do lado dela na verdade são uma só: a sua amiga Mística (X-men) que consegue se transformar em outras pessoas.
  • Paula estava o tempo todo no banheiro quando as fotos foram tiradas durante a festa. Aquela da foto nada mais é que o bolo de aniversário, daqueles feitos no capricho e importados da França. O bolo foi plastificado para resistir à viagem.
  • A mãe da Paula é a Ruth Lemos, portanto-anto ela sempre teve-eve uma tendência-ência a ser um hit-it de internet-et.
  • Paula é um Pokémon.
  • Paula recebeu um golpe de vento na face no momento em que saia de casa para comemorar alegremente seus quinze anos. A mudança súbita de temperatura causou o enrijecimento dos músculos faciais. Este fenômeno também acontece quando se abre a geladeira depois de se aquecer com exercícios físicos. Constipação térmica.
  • Paula é um EXÚ que se incorpora em qualquer um, incluindo você! Gosta de mentir, fotografar e aproveitar festas de debutantes virgens.

[editar] O fenômeno

Outra aparição da menina de plástico.

Sites em homenagem à Paula são bem raros. Dizem que seus pais estão por aí processando todos os sites que exibem suas imagens. Porém, Paula Oliveira nos ensina várias coisas, entre elas:

  • Sempre mude de pose entre duas fotos.
  • Nunca cheire gatinhos com canetas BIC; use rolos de papel higiênico ou outra coisa que não passe com facilidade pelo seu nariz.
  • Sempre que você sentir ferrado, pode se lembrar da Paula e perceber que existem pessoas mais ferradas do que você (sério, a vida da pobre menina acabou aos 15 anos).
  • Nunca poste suas fotos na internet, por mais inocentes que sejam, sempre terá um feladaputa para avacalhar.
  • Queijos são saudáveis e nutritivos (a relação entre esse fato e a Paula permanecem um mistério).
  • Sempre disfarce suas feições obsessivas.

[editar] A Gafe

Todos sabem que convidar amigos para um evento social demanda o mínimo de classe, elegância e etiqueta. As pessoas mais próximas de Paula Oliveira, também conhecidas como Panelinha da Paula, foram submetidas a inúmeros acontecimentos constrangedores após serem reconhecidas ladeando a imagem paralisada da aniversariante. Suas amigas deram depoimentos:

  • Karla Kamargo (KK de óculos) disse: “Não sei se era plástico, mas me senti transportada para uma sucursal perdida do Museu de Madame Trussoud.”
  • Amiga 2 (pede para não ser identificada) disse: “No começo também estranhei, mas achei que ela mudaria no decorrer da festa, até perguntei se ela estava afim de alguém...”
  • Adryanny Dy Medeyros disse: “Vira isso aqui e relaxa amiga...”
  • Amiga 3 (pede para não ser identificada enquanto coloca todos seus pertences em uma Kombi com destino ignorado): "Eu me sinto culpada, sabe... Alguns dias antes da festa cheguei ensaiar algumas poses no espelho, não tinha noção que ia dar nisso..."

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas