Luciano Pavarotti

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Pavarotti)
Ir para: navegação, pesquisa
Macarraopre.jpg PORCA MISÉRIA!!

Questo articolo è 100% made in Italia ed è sotto il controllo di Cosa Nostra! Perciò sta' bene attento a dove metti le tue manacce zozze o i nostri amici verranno a casa tua per spezzarti le gambine!

Death99.png
Luciano Pavarotti já morreu!

Foi dançar "Thriller" com Michael Jackson!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Luciano Pavarotti.

Cquote1.png Pavarottcheeeeee Pavarocheeeeeee Cquote2.png
Gaucho sobre Luciano Pavarotti
Cquote1.png Já comi Cquote2.png
Derci Gonçalves sobre Luciano Pavarotti
Cquote1.png Laralalaaaaa Cquote2.png
Luciano Pavarotti sobre Musica Funk
Cquote1.png É relaxante e faz gozar! Cquote2.png
Ministra sobre Luciano Pavarotti
Cquote1.png Fiiiiiiiiigaaaaaadooooooo... Fiiiigaaaaaaadoooooo Cquote2.png
Luciano Pavarotti no Almoço

Separados no nascimento? Aaaai... que horror!

Luciano Panzerotti era o cantor das massas, e não so das massas, era o cantor dos risotos, dos assados, das frituras e de todas as guloseimas, de preferencia com dois ovos em cima. Tenor nos palcos, terror na cozinha, Pavêrotti lutou a vida inteira contra a balança e os criticos do bel canto. Desde cedo, Luciano Pizzarotti revelou sua inclinação para o canto: se escondia nun canto da cozinha e comia tudo que tinha na despensa. Sua carreira ganhou peso depois que ele cantou, no Scala de Milão, a famosa canção popular italiana "Risole mio". Suas árias preferidas eram a área da cozinha, a ária "Figado", do "Cozinheiro de Sevilha", e a famosa ópera de Rossini, de quem Pavarotti também apreciava o Fíle. Parmeggiano Pavarotti atingiu o ponto maximo de sua carreira ao interpletar uma baleia na opera "Rosca", de Puccini. Por comer tanto, Engordano Pavarotti acabou tendo problemas no seu casamento: sua jovem e fogosa mulher reclamava de que tinha se casado com o Luciano Pavarotti mas so via o Flacido Dormindo. Recentemente, o celebre e peludo antenor lirico foi contratado para cantar no Senado brasileiro a ária "nessun roba", da opera "turoubo", de Puccini. Mas não foi possível. o senador Renavam Calheiros mandou tirar todos os microfones e fiações do plenario.

História[editar]

Luciano Pavarotti, ou El Zorro de la Italia (como era conhecido entre os amigos mais intimos da sauna que frequentava), nasceu na Itália, ou na Dinamarca, era viciado em pizzas diversas e adorava um molho especial da pizzaria Tarantella.

Apesar da origem italiana, seu pai, um portugês com diversos problemas de personilidade, era dono de uma padaria, onde passou metade de sua vida, aliás, por conta disso desenvolveu sua obesidade morbida.

O que ninguém sabe é que, era meio-irmão de Jô Soares e Clóvis Bornai, porém, só tomou conhecimento desse fato a beira de sua morte, quando sua mãe, resolveu esclarescer o que aconteceu naquela orgia numa manhã de domingo, em fevereiro em pleno carnaval.

Profissão[editar]

Carmen Pavarotti.

Iniciou sua carreira como dançarino cover de Carmen Miranda, tendo inclusive feito um curso expresso de dança com James Brown, porém, o público nunca aceitou suas interpretações pois o mesmo se recusava a tirar seu volumoso bigode, inclusive, quando questionado o porque de usar um bigode tão volumoso, não hesitou em responder:"-É pra eu ficar mais parecido com minha mãe!"

Por motivos obvios e por falta de leveza, sua carreira de dançarino não decolou, nesse momento decidiu entrar para um grupo de teatro, pensou até em ir pra Goiás e montar uma dupla sertaneja, felizmente desisitiu, mas não por muito tempo.

Após anos desempregado e juntando latinhas de alumínio para sobrevivier recebeu um convite para ser jurado do Silvio Santos, no entanto, acabou seduzido por uma proposta de um programa dominical.

Depois de tentar vários formatos de programa resolveu tentar a sorte como apresentador de programas humoristicos, inclusive tentando um apresentar um pseudo-programa de entrevistas no final de noite chamado "Pavarotti onze e meia", infelizmente, apesar de fanfarrão, não obteve muito sucesso, acabou sendo processado por fazer plágios das pegadinhas do Sérgio Malandro

O processo lançou os holofotes da mídia sobre seu programa a partir daí o sucesso foi como Miojo, instantâneo!

Apesar do estrondoso sucesso, Brutus Pavarotti teve que fazer diversos testes, e num deles, o teste do sofá, causou sérios problemas de saúde, dizem as más línguas que no momento do teste, o pobre sofá não aguentou o peso cedeu, com a queda, que foi violentissima, o efincter de Pavarotti foi também violentamente golpeado, nesse momento ele soltou um sonoro berro! Praticamente um urro... de prazer.

Exatamente nesse momento foi descoberto mais um talento, começou a fazer filmes porno-gays com o MC Serginho e Lacraia, nesta fase ganhou muito dinheiro.

Com a grana que ganhou, resolveu estudar música e canto, dizia que cantar em alto o fazia piscar tensionar o esfíncter, massageando e exercitando o músculo para que, mesmo que não voltasse a sua forma original, que fosse forte o suficiente para segurar o jantar. Com o tempo, disseram que era capaz de loucuras com suas tecnicas de pompuarismo adaptadas ao back side.

Por algum motivo, ainda desconhecido, a população que assistia seus filmes, resolveu que seria interessante colocar uma buzina com o urro do Pavarotti, e em 1996, fez acordo com a Mercedes Benz, onde obteve todos os direitos reservados sobre o urro a voz, tornando-se a primeira buzina de alta frequencia dotada de Copyrights.

Estrelato[editar]

Pegadinha do Pavarotti.

Pavarotti, também estrelou uma porrada de filmes, e quando digo porrada é porrada mesmo,ao lado do ator Terence Hill, Bud Spencer como era chamado em Hollywood, fez clássicos da Sessão da Tarde como Aladin

Receita para o segredo da voz[editar]

Você vai precisar de:

  • 500g de Farinha de Trigo
  • Açucar a gosto
  • 2 Ovos
  • Chocolate
  • 1 Pedaço de Pau
  • 1 Pedaço de Bambu

Preparo: Misture todos os ingredientes (menos o pedaço de pau) em uma batedeira, leve ao forno e deixe a massa crescer. Agora, com o pedaço de pau, atinja seu pinto com força, até que você grite. No momento de berros, coma uma fatia de bolo. Cada mastigada fará sua voz mudar de tons, e assim, atingindo níveis graves. Após muito treino, você terá berros graves e impactantes, porém, se você ficar tão incompetente quanto um eunuco, não reclame, afinal você ira cantar como ninguém. Você também corre o risco de fazer parte do Clube dos Cornos Mansos, mas isso é um problema entre você e sua mulher e o resto da torcida do Corinthians.

Sim, Luciano Pavarotti usa um pedaço de pau em todos os shows!!

Ah, e o bambu? O bambu é pra enfiar no [email protected]# @##@...!!


Trio Parada Dura[editar]

Sargento Garcia ou Zorro? Pavarotti e suas várias faces.

Sabe-se suas apresentações eram divertidissimas, reagadas a sexo drogas e rock'n roll, mas Pavarotti era vidrado num funk e se divertia muito com a Éguinha Pocotó, depois de um breve romance com a eguinha, desolado, resolveu montar uma dupla sertaneja.

A experiencia foi tão boa que ele não montou uma dupla, mas um trio e para isso chamou seus amigos José Carreras (vulgo Zeca), Placido Domingo (vulgo Joca) e Luciano Pavarotti (vulgo Mato Grosso) formaram um grupo conhecido como trio parada dura e suas músicas puderam ser ouvidas nos quatro cantos de Goiás, com eles, músicas como Uma andorinha não faz verão e Porque você não passa lá, from imortalizadas, o povo caipira aprovou.

A Morte[editar]

A imprensa supõe intoxicação alimentar, mas todos sabem que seu estomago tão resistente quanto a cabeça do Didi Mocó.

Após algumas especulações, foi revelado a verdadeira causa mortis ao público, morreu de cancer no pancreas, a forma mais perversa e mais violenta de cancêr, que o acometeu depois do acidente do teste do sofá.

Segundo a autópsia, o cancêr se desenvolveu depois que seu pancreas apresentou anomalias, segundo especialistas, isso só pode ter acontecido por conta de uma ação intra-retal, por algum objeto pontudo, roliço e de grosso calibre.

Prestamos nossas homenagens e nossos sinceros sentimentos a esse espetacular tenor.


Links relacionados[editar]

Rexoooooooooonaaaaa!.