Pedro Leonardo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Carroca1.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Emblem-sound.svg.png Pedro Leonardo
Pedro leonardo.jpg
Esse aqui é um palerma
Nome Pedro Leonardo Dantas da Costa
Origem Anápolis Bandeira do Brasil Brasil
Sexo link={{{3}}} Masculino
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Chocalho
Gênero Sertanejo
Influências Leandro e Leonardo
Nível de Habilidade Baixo, ruim, pobre...
Aparência Esquisito
Plásticas Transplante cerebral
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Pular a cerca
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Leonardo

Cquote1.png Você quis dizer: Pedro Leopoldo Cquote2.png
Google sobre Pedro Leonardo

Pedro Leonardo Alguma Coisa é um cantor tosco, que também já atuou em alguns filmes e apresentou programas tão ruins quanto sua música. Apesar de ter sua própria carreira, ele é mais conhecido por ser filho (ou melhor, um dos mais de 8000 filhos) do também cantor Leonardo, aquele lá que fazia dupla sertaneja com o Leandro antes deste vir a falecer em 1900 e guaraná com rolha por causa de um câncer.

Biografia desse infeliz[editar]

Nasceu em Goiás, assim como a maioria dos cantores sertanejos. Teve uma infância tipicamente caipira ao lado do primo Thiago, filho do falecido Leandro, com quem viria a formar a dupla Pedro e Thiago na adolescência, tirando proveito do já famoso caminho de sucesso trilhado por seu pai e seu tio. O álbum de estreia dos priminhos foi muito vendido entre as gurias retardadas, chegando inclusive a ser premiado, o que acabou chamando atenção de Marlene Mattos (e olha que ela nem gosta de homem, mesmo sendo gays como esses aí), que se autoproclamou sua empresária e meteu ambos para apresentar o programa Jovens Tardes, na Globo, ao lado de Wanessa Camargo, KLB e outras subcelebridades musicais de carreira adolescente.

Como já era de se esperar, o sucesso de Pedro e Thiago foi curto, e logo a dupla foi esquecida e substituída pelo movimento emocore, que jogou-os no ostracismo. Eles bem que tentaram se adaptar à modinha regravando uma versão em português de uma música do The Calling, mas depois que ouviram, tomaram vergonha e resolveram admitir que sua carreira havia virado um fracasso. Continuaram gravando álbuns e fazendo shows, porque são brasileiros e não desistem nunca, mas aos poucos todo mundo foi esquecendo deles e ignorando seu trabalho, até a separação da dupla.

Carreira solo[editar]

Em 2009, quando ninguém mais lembrava de sua existência, Pedro foi convidado pela Record para fazer parte da edição inaugural de A Fazenda. Como já tinha uma grande experiência com a vida roceira, ele aceitou, mas não ganhou porque ficou o reality show inteiro tentando pegar a Mulher Samambaia, o que causou ira e revolta entre os punheteiros que gostavam dela. Ou seja, ao invés de ajudá-lo profissionalmente, sua participação no programa serviu apenas para afundá-lo mais ainda, já que o público comprovou o quão idiota o pseudocantor era durante seu dia a dia.

Em abril de 2012, tentou cometer suicídio dirigindo um carro em alta velocidade, fato este que foi noticiado pela mídia como "acidente". Foi parar em coma no hospital, mas como sua família é cheia da grana, rapidamente ganhou tratamento preferencial e se curou, perdendo apenas alguns órgãos insignificantes durante a cirurgia de recuperação, como o cérebro por exemplo, que ele nem usava mesmo e portanto sua remoção nem fez a menor diferença. Por ter sobrevivido, Pedro passou a ser aclamado como um herói, e voltou a ser levemente relevante para a imprensa.

Em 2013, retomou sua carreira de apresentador televisivo à frente do Festival Sertanejo, programa exibido pelo SBT que tinha ainda como apresentadora Helen Ganzarolli. Porém, como nenhum dos dois fazia a menor ideia de que porra estavam fazendo ali, na temporada seguinte ambos foram substituídos por Chitãozinho e Xororó.

Atualmente, Pedro apresenta um programeco regional em uma das subsidiárias da Globo, ao lado da filha do Chitãozinho (queriam contratar era a filha do Xororó, mas a Sandy recusou a oferta). Quanto à carreira musical, ele afirma que teve as cordas vocais prejudicadas pelo pseudoacidente, o que felizmente impossibilitou-o de continuar cantando.