Pedro de Lara

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Feia-001.jpeg Este artigo é sobre alguém que sofre de falta de beleza!

Não nos responsabilizaremos por qualquer dano em sua visão ou vontade de continuar a viver.

Tenha em mãos um saco de vômito (vazio, de preferência) antes de ler este arquivo.

Dark-Art-Grim Reaper 01DesktopNexus.jpg
Pedro de Lara já morreu!

E foi comer capim pela raiz!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Cquote1.png Pedro De Lara-La lalalalala lalala lalalalala.... Cquote2.png
Todos sobre Pedro de Lara

Cquote1.png Pedri di Lariiii Cquote2.png
Repórter Vesgo sobre Pedro de Lara
Cquote1.png Peter From Lara Cquote2.png
Tradutor Google sobre Pedro de Lara
Cquote1.png Velho maldito, você nunca mais vai me tocar! Cquote2.png
Bozolina sobre Pedro de Lara
Cquote1.png Pedro de Lara é coisa nossa Cquote2.png
Silvio Santos sobre Pedro de Lara (em um segundo momento)
Cquote1.png É um homem muito sábio. Bom trabalho, meu aprendiz Cquote2.png
Oscar Wilde sobre Pedro de Lara
Cquote1.png Salci Fufu! Salci Fufu! Cquote2.png
Sérgio Mallandro sobre Pedro de Lara
Cquote1.png Na vida tem que ter estilo, quem não tem, não é isso nem aquilo Cquote2.png
Pedro de Lara sobre Pedro de Lara

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...

Cquote1.png Meu sonho de vida! Ahhh... Cquote2.png
Bruxa do 71 sobre Pedro de Lara
Cquote1.png Mais um! Próximôôô... MWAHAHAHAHAÁ! Cquote2.png
Morte sobre a Dercy Gonçalves na sua lista de ceifar convidados.
Cquote1.png Esse menino é meio desabunitado! Cquote2.png
Luís Gonzaga sobre Pedro de Lara
Cquote1.png Tem narizes bonitos, tem narizes feios, narizes horrorosos e também o do Pedro de Lara. Cquote2.png
Chapolin Colorado sobre narizes
Cquote1.png Você não vem com sacanagem não que eu te mando pra Puta que Pariu!!!!! Cquote2.png
Dercy sobre ganhar um Selinho de Pedro de Lara
Cquote1.png Vai à Merdaaaaaaaaa!!!!!!!! Cquote2.png
Dercy depois do Beijo
Cquote1.png Quer mais um Cquote2.png
Pedro de Lara sobre ser Pegador
Pedro de Lara foi uma das primeiras criaturas que habitaram esse magnífico ex-planeta denominado Plutão. Criativo e espirituoso como sempre, foi o craidor das flores na lapela, dos ternos engomados e de diversos ditados idiotas, depois foi enviado a Terra pelos seus pais (que já não aguentavam aquele remelento chato) socado em uma cápsula que viajou milhares de quilômetros inter-estelares por esse universo sem porteira.

Pedro caiu aqui de cara, ainda menino, já de terno e de orquídeas em mãos, completamente esmerdeado e sem nenhuma fralda sequer.

O cãozinho de estimação de Pedro de Lara

Nascimento[editar]

Quando Deus foi criar o universo inferno, ele precisava de um rascunho. Então, ele pensou, pensou, e com todo o desprezo resolveu criar uma criatura completamente desprovida da beleza natural do ser humano. Assim nasceu Pedro de Lara. Logo que chegou ao paraíso inferno, fabricou um terno feito com as mais tenras folhas de palmeira para se vestir. Em seguida, Deus criou a primeira mulher, Dercy Gonçalves. Quando Pedro viu aquela figura nua, ficou completamente apaixonado, e, por conta das fornicações e das probabilidade de um herdeiro, Deus os expulsou do inferno e os mandou a Plutão.

Envergonhado com o fato de ter sido expulso, ele vestiu seu terno e colheu algumas flores para que pudesse agradar a sua parceira, essas flores pré-históricas eram as orquídeas que até uns dias atrás ele carregava por onde quer que fosse.

Infelizmente, Pedro de Lara não contava que a única mulher no mundo, até aquele momento, era justamente a Dercy Gonçalves, que estava, sensualmente comendo uma maçã e fazendo sexo com uma cobra em posições pouco ortodoxas.

Inconformado, vagou pelo mundo, vale lembrar que pra eles, o mundo ainda era Plutão.

Acontece que a aqui na terra o povo que já existia começou a bagunçar o coreto, como forma de correção do curso e penalização pelos males criados, Deus arquitetou um plano malévolo onde conseguiu, de alguma forma, que o Pedro e Dercy fossem enviados a Terra.

Obviamente, cada um caiu em um lugar diferente, Pedro de Lara procurou pela sua amada até que encontrou a tua irmã e sua ex-mulher, essa época ficou mais conhecida como quando a sua mãe era virgem, ele era muito feliz e fez dezenas de filhos que você cria.

Logo após, você acabou reencontrando-o no clube dos cornos mansos, lugar onde ele foi se tratar para tentar se recuperar dos maus tratos que sofreu de sua sogra cabeça de rollon

Grécia Antiga[editar]

Sendo expulso do inferno, Pedro passeou por toda a superfície terrestre, completamente a vontade mas também totalmente exposta a toda sorte e adrversidades, até que então um dia chegou a Grécia. Na Grécia ele inspirou Platão, Sócrates, Lula, James Brown, Mc Serginho e vários outros filósofos.

Estava feliz, sorridente e serelepe quando, num dia em que sua sexualidade estava aflorada e num momento inegável de luxúria e desejo, ele descobriu que aquela moça, de cabelos encaracolados, na verdade era conhecida como Vera Verão, assim, seu ódio pelo homossexualismo surigu em seu coração e desde este dia combateu vorazmente essa prática, até que, numa de suas aventuras pelas savanas africanas, onde costumeiramente caçava veados, ele foi aprisionado pela tribo do Motumbo que o obrigou a tomar Cicuta.

Completamente embriagado pelo veneno da Cicuta, Pedro de Lara sofreu uma pequena aminésia, quando acordou, apesar das intensas dores nas ancas e pela perda da habilidade de controle do esfíncter, ficou extremamente feliz ao saber que a flor que ele carregava na lapela e que foi encontrada com todo o talo cuidadosamente introduzido no seu reto, por algum motivo miraculoso, absorveu todo o veneno. Então ele fugiu e foi para o Nepal, onde encontrou Bozo.

Bozo era um tipo um tanto estranho, desses que não cheiram bem, com cabelos vermelhos e roupa esquisita, dizia ser um palhaço, desmotivado e desanimado, o consumo de alucinógenos era intenso. Pedro que não era bobo nem nada, pegou a sua espada Highlander e sua outra espada Hanzo, somados a suas bolinhas Pokémon, armados até os dentes seguiu seu mestre Bozo até os confins, já sabendo que todos os palhaços conhecidos, ou não, são maníacos sexuais e subversivos.

Idade Média[editar]

Cquote1.png Na vida tem que ter estilo, quem não tem, não é isso nem aquilo Cquote2.png - O Velhíssimo Testamento por Pedro de Lara, Gênesis cap. 1,testículo versículo 13

Bozo arquitetou um plano para conseguir o trono austro-húngaro, tendo Pedro de Lara como seu principal peão. Apelidado de Salci Fufu, ganhou a confiança do príncipe com os seus conselhos e depois o assassinou com uma baguete.

Isso só aconteceu depois que Bozo tentou assediá-lo, depois que começou chama-lo carinhosamente de Salci Fufu, Bozo e seu ajudante Sérgio Malandro tentou pegá-lo a força, foi quando Pedro teve que mostrar suas habilidades, arrancando um olho do Sérgio Malandro com a própria mão e na sequência, como num filme do Quentin Tarantino, com direito a efeito matrix, pegou uma baguete do portuga e acertou os cinco pontos que explodiria o coração de Bozo.

E nem suou!

Há quem diga que Pedro de Lara é a própria encarnação do mal, um ser tão perverso que faria Darth Vader pedir água, mas pouco se sabe das peripécias demoníacas de Pedro de Lara, o que se sabe é que abriu junto com Dercy Gonçalves os sete portões do inferno, libertando o pikachu, o Agumon, Abadia, o Diabo e outros caras cabulosos. Reza a lenda que Pedro de Lara derrotou o Saci com a rasteira do Jyrababoojuriti (Lendária Low kick lethal Dilarí), e selou todas criaturas místicas com o Selo Delarí, Encanto que pode ser quebrado com a frase "Pedo Dilarí!", a qual pode realizar qualquer desejo do pronunciante.

Idade Moderna[editar]

Já no século XV, em Portugal, Pedro de Lara foi um dos principais navegadores a singrar os mares ocidentais, tendo a seu lado, como pupilo, Vasco da Gama. Com os boatos de que os dois mantinham um affair, o Almirante Pedro de Lara retirou-se da Marinha, magoado, e fundou uma comunidade naturista na costa do Marrocos, que prosperou até ser dizimada pelos sarracenos, que os viam como homossexuais - além de extremamente feios.

Nessa época ele se revoltou, trocou de nome, passou a se chamar Pedro Alvares Cabral e foi procurar outros ares ou mares, juntou-se novamente com Vasco da Gama, e seus imediatos Flamengo, Fluminense, Botafogo e América sua esposa na época, saiu mar adentro, depois de alguns anos chegou no que pensava ser a Índia, depois uma ilha, depois um monte, depois um morro, depois uma favela, depois o Rio de Janeiro, depois umas balas perdidas, depois a Bahia e finalmente o Brasil.

Esse novo continente recebeu o nome de sua amada, porém historiadores deram o mérito a Cristovão Colombo que ao parar pra pedir informação, entrou na segunda a direita e chegou nos EUA, como seu imediato e amante se chamava Américo Vespucio, então, o novo continente se chamou América.

A.P (Após Pedro de Lara)[editar]

Dia 13 de setembro de 2007 será marcado pelo dia em que Pedro de Lara se aposentou dos prazeres mundanos e foi para o Acre, encontrar com uma jurássica colega de trabalho: Ruth Romcy, que o havia abandonado uma semana antes apenas.

Agora o mundo chora e sente a falta desse que é o maior ícone de fé e perseverança para o mundo, podemos dizer que Pedro se foi e estando no Acre, podemos dizer que se foi pra sempre, afinal o Acre é la na PQP não existe.

Fica aqui nossos sinceros sentimentos sobre esse homem que conseguiu de maneira praticamente mágica, carregar orquídeas na mão esquerda enquanto lutava bravamente para sobreviver em suas idas e vindas pelo mundo.


Pedro de Lara, nome advindo de LAAHA (escrita antiga) que foi a terra dos belos e formosos há muito tempo atrás, em sua terra natal Pedro era conhecido como o Mais belo. Tão formoso era que todas as princesas dos diversos reinos que lá existiam queriam com ele se casar. Grandes dotes lhe foram oferecidos por reis que tentavam dar a sua descendência os melhores genes. Mas Pedro, o mais belo, não quis se valer apenas da sua aparência harmoniosa e angelical. Queria mais, queria Pedro que seu intelecto fosse reconhecido e para isso procurou a mais antiga e poderosa feiticeira que na terra de LAAHA habitava, Dercy foi a escolhida, quer pela sua idade (2.874 anos) quer pela sua sabedoria, mas Dercy humilde e sabia declinou em favor de uma contemporânea diva da feitiçaria que havia lhe ensinado uma vez que "Pra seu marido não acordar com a macaca, depile-se" e mais experiente na questão. Foi então Pedro procurar a exuberante Aracy que era de Almeidah, uma terra distante. Aracy aceitou a incumbência e disse a Pedro, lhe enviarei com meu poder a outra terra, cheia de pessoas diferentes, belas, feias, inteligentes e estupidas, não necessariamente nesta ordem. E lá te farei feio, e seu cérebro será tua salvação, deu a Pedro uma poção e Pedro acordou em um programa de calouros como juiz, decidindo o destino de vários candidatos a Ídolos e menestréis do reino. Viveu muitos anos, sempre sábio e benevolente. No final da sua vida terrena, foi para a terra magica do Acre e lá pereceu em paz. Que o diab.. quer dizer Deus o tenha.

O poder do nome[editar]

Meses atrás o pessoal do Pânico na TV em viagem à Itália invocou o nome de Pedro de Lara e conseguiu a proesa de passar pelos seguranças e por onde é que eles quisessem. Agora, basta dizer "Pedro-di-Lári" que eles conseguem tudo!!!

Quando não tiver mais escapatória, é só dizer Pedro-di-Lári.

Rossi.jpg Este artigo trata de coisas muito bregas, bicho!

Se você acha que a moda é coisa só pra gente chique, esqueça isso aqui e tome seu rumo, mas se você é um mal-amado fã de Cauby Peixoto, pegue a cadeira porque o bingo já começou.

Falcao.jpg
Pedro de Lara é um(a) jurado(a) do Silvio Santos!
SBTTV.JPG Arnaldo Saccomani - Miranda - Pedro de Lara - Sérgio Mallandro - Cyz - Décio Piccinini - Sônia Lima - Wagner Montes - Vovó Mafalda - Carlinhos Aguiar - Nelson Rubens - Leão Lobo - Carlos Alberto de Nóbrega - Elke Maravilha - Vera Verão - Eliana - Mara Maravilha - Sônia Abrão - Flor - Jorge Kajuru - Thomas Roth Jurados.jpg