Península

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cratera1.jpg Este artigo é da mãe Terra!

Cuidado com terremotos e vulcões em erupção. Em caso de dúvidas, assista Volcano ou jogue Quake.

Tubarão.jpg Este artigo é aquático!

E é especialista em natação. Se você vandalizar, ele te joga uma tsunami, então cuidado com os tubarões e não leia sem usar uma máscara de oxigênio.


Flórida: Um bilau caído e um saco atrofiado.

Penínsulas são porções de terra separatistas cercados por água por quase todos os lados, mas graças a um pedaço de terra que não conseguiu se soltar, a península não conseguiu se tornar uma ilha. Consideramos então que a península nada mais é do que a tromba, o braço ou, na maioria das vezes, o fallus dos países ou continentes. Não é à toa que o nome destas formações seja península.

Formação[editar]

A península surge quando um pedaço de terra sente vontade de se libertar. Quando os pedaços de terra separatistas conseguem a liberação, se transformam em ilhas e, ocasionalmente, países. Quando o pedaço de terra tenta se libertar mas fracassa, ou seja, acaba ficando ligado ainda por um pedacinho pequeno de terra, este pedaço de terra fracassado recebe o nome de península e não se transforma em um país, pior, eles ficam condenados eternamente a serem os pintos dos países. No caso da Flórida, um pinto murcho. Algumas penísulas possui umas formas menos pintosas, como a Itália, que lembra mais uma bota, a Escandinávia, que lembra um osso torto, e o Kamchatka, que lembra algum peixe (cação ou tubarão). Entretanto outros são totalmente pintosos, como a península da Califórnia, com seu formato Bengalelê Motumbo.

Algumas penínsulas e seus formatos[editar]

Península da Dinamarca: Isto que é uma ereção.
  • Península do Yucatán: Lembra muito um polegar (o dedo, não o Rafael Ilha) acenando, fazendo o movimento joinha.
  • Península da Arábia: Uma península bem diferente. Lembra (bem pouco) um pezão caminhando.
  • Península do Kamchatka: Lembra o formato peixiano, principalmente dos cartilaginosos. Um tubarão que acabou de comer.
  • Península Itálica: Lembra uma bota, mas em itálico.
  • Península Ibérica: Uma cuia de chimarrão.
  • Península da Flórida: Um pênis caído, impotente.
  • Península da Dinamarca: Ao contrário da península da Flórida, eternamente murcha, a península dinamarquesa está em ereção eterna.
  • Península da Coréia: Ninguém deveria tocar neste assunto, pois Kim Jong Il já matou milhares de coreanos por causa do formato, mas é necessário. A península coreana parece muito com um pequeno ... Ah, descobrimos o porquê do ditador matar milhares de pessoas.
  • Península Escandinava: A exemplo da península da Flórida, parece um pênis caído, com a Noruega e a Suécia sendo o "membro" e a Finlândia, o saco escrotal. Curiosamente, está logo acima da (ui!) península dinamarquesa.

Como transformar sua península em uma ilha[editar]

É fácil fazer isto. Você precisa ter em casa uma ferramenta para fazer a separação. Pode ser uma britadeira, um serrote, uma faca de cortar pão ou qualquer ferramenta que possa fazer a separação.

Do extremo inicial até o final, vá cortando o solo, utilizando sua ferramenta, até chegar no fim e a até então península se separar, transformando-a em uma bela ilha. Dependendo da península, pode levar alguns anos até a separação definitiva. No caso da península da Arábia, nem em 300 anos.

Como transformar sua ilha em uma península[editar]

Uma península criada e alongada artificalmente.

É fácil também. Você precisa, antes de tudo, empurrar sua ilha até a praia mais próxima. Pode usar um barco para puxar a ilha até o continente. Se for uma ilha grande, será necessário usar um porta-aviões para puxar. Para puxar ilhas do tamanho da Groenlândia será necessário usar o trabalho de uma marinha (do tamanho da marinha francesa) inteira.

Quando conseguir trazer a ilha até o continente, você vai precisar fazer a ligação da ilha com o território. Um pouco de terra, o suficiente para mesclar ilha com o país, e um pouco de cola, para garantir que a (atual) península não fuja, deverão ser usados. Depois de todo o trabalho, sua península está terminada e com o tempo poderá ficar tão esguia quanto a Dinamarca. Basta ir alisando a península até ela crescer e ficar fálica.

Ver também[editar]

v d e h
Grandes (ou pequenos) artigos fálicos da humanidade