Pengo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Smb-nes mario walk.gif
Pengo é da época da Velha Guarda dos Games

certamente tem gráficos horríveis e uma dificuldade alta pra cacete


Pengoim
Pengo-arc.png

Logotipo super maneiro

Informações
Desenvolvedor Coreland
Publicador Sega
Ano 1982
Gênero Labirinto
Plataformas Arcade
Avaliação 3
Idade para jogar Livre

Cquote1.png Você quis dizer: Pingo Cquote2.png
Google sobre Pengo
Cquote1.png Experimente também: Pega na minha Benga Cquote2.png
Sugestão do Google para Pengo

Pengo-fgtsze flyerstand1.png

Pengo é um joguinho incrivelmente retardado, até mesmo para a época em que foi lançado, que era o início dos anos 80.

História[editar]

Pengo é um pinguim extremamente verossímil, vermelho e de gravata borboleta roxa (isso nas ilustrações promocionais do game, nos gráficos do mesmo ele é só um amontoado de polígonos), que vive na Antártida, fielmente retratada no jogo como uma tela preta com uns quadrados azuis que supostamente representam cubos de gelo. Além de Pengo, a Antártida também é habitada por uns bichos gordos chamados de Sno-Bees, mas não parecem nada com abelhas e sim com pintos obesos. Como é muito preconceituoso e intolerante a diferenças, Pengo não gosta dessas aberrações e quer matá-las.

Jogabilidade[editar]

Muito difícil. Pressionando o botão do joystick, tem que fazer com que Pengo pegue impulso e deslize pelo gelo (os cubos azuis) para arremessar blocos contra os pobres Sno-Bees e destrui-los, bem como a seus ovos também. Se o jogador conseguir achar três diamantes, ganha um bônus idiota. Ao todo, são 16 fases repetindo essa chatice. Há boatos de que, a partir da fase 10, o jogo acelera, mas eu não tive saco para continuar jogando até lá.

 
v d e h

3D Ages