Penny Dreadful

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Alerta de spoiler: O artigo pode conter alguns spoilers, tais como o fato de que

Sir Malcolm Murray mata a sua filha, Mina, Ethan Chandler é um lobisomem e mata Sembene, e Vanessa Ives, por quem Lúcifer e Dracula se gladiam para pegar, morre no final.,

Então leia por sua conta e risco, e não se esqueça de dar uma de Pattinson.
Night creature.JPG Penny Dreadful surgiu das trevas!!

E está aqui pra puxar seu pé!

Puro osso.gif
Penny Dreadful

Penny Dreadful 7109191.jpg

Gênero Terror hipster e Drama
Quem criou Um tipo qualquer paga-pau para poeta
Onde passa Showtime
Faixa etária 50 anos, pois só aí vai perceber de que porra estão falando
Resumo dessa porra.

Penny Dreadful (em português "Centavos de terror", para você que é burro) é mais um seriado anglo-estadunidense de terror, que, desta vez, introduz a novidade de ser um "terror hipster", já que todos os personagens falam em enigmas, com frases retiradas do Manuel de Iniciação à Poesia e fazem referências à Literatura, tudo numa tentativa de serem sérios e cheios de crises existenciais.

O nome dessa porra vem das publicações de terror e crime que eram vendidas na Inglaterra do século XIX, os Penny Dreadfuls (também conhecidos como Penny Blood, Penny Awful e Penny Horrible), e que eram tão bosta que só custavam 1 centavo: isso só vem reforçar o carácter hipsteralho dessa série.

Após 3 temporadas, iniciadas em 2014, colocaram um ponto final nisso em 2016, sem aviso prévio, o que deixou chocado todo o telespectador que assiste isso.

Onde se passa essa porra?[editar]

A estória se passa na Londres Vitoriana, onde várias personagens da Literatura de terror britânica e irlandesa andam à solta para quebrar e montar o barraco, porque os roteiristas dessa porra são uma cambada de hipsters, e acharam que que os indieotas paga-pau também tinham direito a ter um seriado de terror ao seu nível... pelo que não pode ser grande merda. Assim, surge-nos o Dr. Victor Frankenstein, e seu querido monstrinho, o Dracula, Van Helsing, Dorian Gray, Jack o Estripador, lobisomems, vampiros, bruxas, Dr. Jekyll, o Capeta e mais uma infinidade de monstros paranormais semelhantes, só porque a capacidade criativa dos roteiristas é fraca e a única personagem "original" que conseguiram criar foi a de Vanessa Ives, a protagonista.

No centro do enredo, encontra-se Vanessa Ives, a "mãe do mal" e reencarnação da deusa Amunet, que é perseguida por Lúcifer (o próprio Capeta) e Dracula, também conhecido como "Mestre" e senhor-supremo de todos os vampiros (o irmão do Capeta condenado a caminhar sobre a Terra e alimentar-se de sangue humano, porque isso não é a viadice do Crepúsculo): estes dois irmãos maléficos a disputam enquanto noiva, pois aquele que a conseguir seduzir e possuir sua alma irá ascender como "Amun-Ra", o "rei das trevas" e trazer o Apocalipse sobre a Humanidade. As profecias falam de Vanessa como um prêmio a ser conquistado pelo mal, mas num xilique feminista dos roteiristas, fazem com que ela seja poderosa por seu próprio direito e que corte o mal pela raiz para escapar ao seu Destino apocalíptico.

Personagens Principais[editar]

Vanessa Ives (Eva Green)[editar]

Pousando de taróloga.
Vanessa possuída pelo Capeta.

A protagonista dessa porra: é uma vidente, leitora de tarô, médium, sabe de ervas medicinais e falar a língua de Satã: em resumo, é uma bruxa que gosta de pagar-pau para misteriosa e séria. Fica possuída pelo Capeta quando tem sexo, pelo que evita isso a todo o custo, ainda que seja uma ninfomaníaca da pior espécie, desde que flagrou sua mãe a trepar com o vizinho, Sir Malcolm, na sua adolescência. Desde então, tentou caçar o filho bobão deste, Peter (que era um covarde que acabou por morrer em África), e trepou com o noivo de sua melhor amiga, Mina, na noite anterior ao casamento, acabando por ser flagrada pela dita cuja, que deixou de lhe falar e depois foi raptada pelo Drácula. Como Mina a contactou telepaticamente, é escalada por Sir Malcolm para o ajudar a recuperar a filha. Entretanto, foi mandada para o manicômio, foi sujeita a uma lobotomia, transou o Capeta na frente da mãe (fazendo-a morrer do coração) mas saiu dessa porra como se nada tivesse acontecido.

Esta gótica inveterada tem como passatempos favoritos rezar e fazer cu-doce para cima dos personagens masculinos, sem nunca dar nada a nenhum deles (vá, dá forte e feio para Dorian Gray e quer comer Ethan Chandler a todo o custo, o que se revela uma tarefa difícil porque o cara é cheio de crises).

Ethan Chandler (Josh Hartnett)[editar]

Ethan tendo xiliques.

O estadunidense de serviço: combateu como soldado de cavalaria durante as guerras indígenas nos Estados Unidos, e chacinou uma vila inteira de nativo-americanos: seu plano era erradicar os lobinhos de Crepúsculo, por serem uma vergonha para a comunidade lobisomem estadunidense, mas se enganou no vilarejo, então fugiu para a Europa para se juntar ao circo, onde faz de pistoleiro. Quando chega a Londres, é escalado por Vanessa Ives para se juntar à trupe que tem como missão recuperar Mina Murray, a filha raptada pelo Dracula de Sir. Malcolm. Mas Ethan vive atormentado pelo seu segredo: é um lobisomem (talvez não tão segredo assim, já que essa porra é óbvia deste o primeiro episódio). Também é imune à tuberculose, já que começa pegando a prostituta irlandesa, Brona Croft, e não fica contaminado com nada (além de tubérculos nos pulmões, ela deve ter umas quantas doenças venéreas). Quando Brona vira presunto, Ethan desenvolve uma estranha relação com Vanessa Ives, que o quer pegar a todo custo, mas o cara se faz de difícil, e nem mesmo sozinhos numa cabana no meio do mato, ele cede.

Sir Malcolm Murray (Timothy Dalton)[editar]

Sir Malcolm Murray, todo prosa...

É um velho explorador britânico de África, que estava bem cagando e andando para sua mulher e seus dois filhos, Peter e Mina, até esta última ser raptada pelo Dracula, o que o leva a reunir e chefiar uma trupe para a resgatar. Apesar de estar quase sempre fora de casa, nas suas expedições, tinha, de algum modo, tempo para manter um affair com a mãe de Vanessa, sua vizinha. Sua primeira crise existencial veio quando seu filho Peter, que era para casar com Vanessa, morreu durante uma expedição em África, porque era um cobardolas e um fraco. Depois de Vanessa ter sido flagrada trepando com o noivo de sua filha, Sir Malcolm a despreza, mas depois aceita sua ajuda na busca por Mina.

Dr. Victor Frankenstein (Harry Treadaway)[editar]

Um jovem médico psicótico e alienado, cujos passatempos favoritos envolvem cheiramento de gatinhos, injecções de heroína e ressuscitar mortos, o que dá sempre merda. Nasceu numa família da zelite, e como sempre teve uma saúde miserável, dedicou-se à Medicina. Sofre do Complexo de Édipo, devido à morte da sua mãe, e dedicou toda a sua carreira a tentar reavivar cadáveres. Foi expulso da faculdade e foi trabalhar para uma morgue qualquer, onde começou a fazer as suas experiências, das quais resultou a "Criatura", que abandonou. Quando chega a Londres, continua suas experiências e consegue um novo zumbi, ao qual deu o nome de Proteus, mas que é morto pela "Criatura" porque tem um xilique de ciúmes. Junta-se à trupe de Sir Malcolm e Vanessa, quando lhe pedem para autopsiar um vampiro.

Dorian Gray (Reeve Carney)[editar]

Dorian Gray: a puta-mor dessa porra de seriado.

Esse está aí para pegar todo o mundo: mulheres, homems e travecos, Dorian Gray já pegou todos e todas as doenças venéreas existentes... Sorte a dele que vai tudo parar ao retrato que o mantêm imortal e jovem para todo o sempre, e não ao seu corpo. O suspense construído pelo seriado em torno dele é do mais irrelevante, já que essa é a única personagem mais conhecida de Oscar Wilde, e quase todo o mundo conhece a estória (quanto mais, através daquele filme miserável de 2009).

Brona Croft/Lily Frankenstein (Billie Piper)[editar]

Nascida na Irlanda, esteve noiva de um cachaceiro que lhe enchia a cara de porrada e que a estrupava, pelo que fugiu para Inglaterra e tornou-se prostituta, deixando a sua filha morrer de frio. Entretanto contrai tuberculose (não é sífilis só para o telespectador ter pena dela e não nojo). Conhece Ethan Chandler, mas nem por isso deixa de ser puta. O lobisomem pede para Victor Frankenstein a curar, mas este mata-a e reaviva o seu cadáver, para criar uma noiva para a "Criatura". Na sua versão zumbi, Victor diz-lhe que se chama "Lily", que é sua prima e que está noiva da "Criatura". Mas, entretanto, o drogado se apaixona por ela e perde sua virgindade, mas Lily agora é feminista e quer matar os homems, pelo que faz parceria com Dorian Gray para conquistar o mundo.

Monstro de Frankenstein mais conhecido como "A Criatura" (Rory Kinnear)[editar]

Diretamente dos My Chemical Romance para Penny Dreadful.

Cozinhado por Dr. Victor Frankenstein, é sua primeira experiência bem-sucedida (Ou não) em ressuscitar mortos, antes deste chegar em Londres. Contudo, como já antecipava sua natureza emo, cheia de xiliques, Victor fugiu e o abandonou porque não estava para aturar a bosta que havia criado, até esse zumbi reaparecer e exigir uma noiva. Entretanto, consegue um emprego no teatro Grand Guignol, e quer conquistar uma atriz loira gostosa que logo o manda ir tomar no cu.

Esse seriado transformou o "monstro de Frankenstein" na coisa mais emo de sempre: parece saído do My Chemical Romance, não passa de um bebé chorão, com síndrome de ser injustiçado pelo mundo e passa seus dias lendo poesia depressiva, dizendo merda como o verdadeiro monstro não está na minha cara, mas na minha alma, enquanto enche o saco de Victor Frankenstein e dos telespectadores sobre a "maldade" do mundo.

Sembene (Danny Sapani)[editar]

É o servente e aliado de longa data de Sir Malcolm, que o trouxe de África para Londres, onde trabalhava como um negociador de escravos. No fundo, essa personagem só existe para o show dizer que tem alguém negro no enredo e não parecer racista.

Primeira Temporada (2014)[editar]

Essa porra se inicia a 22 de Setembro de 1891, em Londres, com o assassinato brutal de uma mulher e sua filha, que foram descobertas mutiladas e desmembradas, depois de uma "visita" pelo lobisomem estadunidense Ethan Chandler, recém-chegado à Inglaterra com o seu circo: Jack o Estripador ficou muito chateado com isso, porque lhe estavam roubando a reputação. A polícia investiga o caso e procura um assassino que chamou de "Ripper". Depois do seu show de circo, Ethan é abordado por uma gótica gostosa chamada Vanessa Ives, que o quer contratar para um "trabalho nocturno" (que não é de Putaria). Como não é preciso informar o cara de que vão entrar num "ninho de vampiros" (seja lá o que essa porra é), Ethan aceita sem fazer grandes questões, porque qualquer um aceita um trabalho sem perguntar em que consiste primeiro, principalmente, vindo de alguém que acabou de conhecer. Nessa noite, Ethan junta-se a Vanessa, Sir Malcolm Murray e Sembene para irem tentar resgatar a filha raptada de Murray. Acabam por ser atacados e matam um vampiro, cujo corpo é levado para autopsiar junto de Dr. Victor Frankenstein, afamado em Londres por suas bizarrias, que descobre que a pele está coberta de hieróglifos do Livro Egípcio dos Mortos (porque no universo Penny Dreadful os vampiros fazem tatuagem por razões desconhecias), que são levados até Ferdinand Lyle, um egiptólogo do British Museum. Porque essa trupe de "caça-monstros" se quer transformar num Arquivo X do século XIX, Sir Malcolm quer envolver-se na investigação do caso do "Ripper", e diz para a polícia que aquilo é obra de um ser sobrenatural e não de um homem (Fox Mulder, much?). Ethan conhece Brona Croft, uma prostituta irlandesa que sofre de tuberculose, com quem se envolve só porque aquela personagem tinha de ter alguma apresentação ao enredo, e para apresentar outra, Dorian Gray, que a contrata para ser modelo nu numa sessão fotográfica de putaria, que conduz a uma cena de sexo gratuito.

Vanessa trepando com o Capeta.

Vanessa e Sir Malcolm vão a uma festa na casa de Ferdinand Lyle, onde Vanessa conhece Dorian Gray por quem se sente atraída só porque sim, e é possuída por espíritos demoníacos durante uma sessão espírita feita por uma vigarista que posa de médium chamada Madame Kali. No dia seguinte, Ferdinand estuda os hieróglifos e descobre que são feitiços de ressurreição para invocar Amunet e Amun-Ra, que irão trazer o apocalipse se voltarem a ser amantes, e diz que Vanessa está a ser perseguida por estes dois espíritos because reasons. Victor Frankenstein tem um momento emo, sente-se sozinho, e decide ressuscitar um morto para lhe fazer companhia, a quem chama Proteus: tudo corria bem entre ambos, até aparecer a "Criatura", o seu primeiro zumbi, e mata seu novo amiguinho por causa de um xilique, e enche-lhe o saco com sua "estória de morte" (ele não está vivo, não é mesmo?) de adormecer qualquer um. É difícil para Victor fica contente que sua criação assassinada tenha bancado emprego no teatro Grand Guignol só porque um ator teve pena dele, depois de lhe matar o novo amiguinho, e força-o a criar-lhe uma noiva. Mas isso teria de esperar, porque nessa noite Victor foi capturar um vampiro ao Zoo de Londres, juntamente com Vanessa, Sir Malcolm, Ethan e o preto. Depois de o interrogarem, Sir Malcolm conclui que a sua filha está a ser usada como isca para atrair Vanessa, que, por sua vez, está cada vez com mais vontade de dar para Dorian Gray, que pega Ethan, depois deste ter levado um pontapé na bunda de Brona. Van Helsing é contratado por Sir Malcolm para ajudar na investigação dos vampiros, mas quando está a revelar seu conhecimento a Victor, é assassinado pela "Criatura", que faz birra por seu "criador" não lhe fazer uma noiva.

Vanessa tem sexo com Dorian, corta-lhe o peito e lambe o sangue, mostrando outro modo de pegar AIDS: decorrente disto, não pega DST's (afinal todas as doenças que o cara pegou foram parar ao quadro) mas fica possuída por um demônio, sendo posteriormente exorcizada por Ethan. Essa possessão foi muito conveniente para o enredo, pois Vanessa sabe onde Mina está: no teatro Grand Guignol, onde a loira tenta raptar Vanessa para a tornar noiva do Dracula, mas é morta por Sir Malcolm. Entretanto, Ethan leva Brona, a morrer de tuberculose, até Victor, para este a salvar: o médico diz que não há nada que ele possa fazer, mas inicia o processo de a transformar na noiva de Frankenstein. Vanessa vai até a um padre, pedindo para ser exorcizada de vez, e este pergunta-lhe se ela realmente deseja "ser normal".

Outros Personagens[editar]

  • Ferdinand Lyle (Simon Russell Beale): Egiptólogo do British Museum, que, como é uma bicha enrustida que se veste igual ao Clodovil, se dedicou a estudar "línguas mortas" e outras inutilidades;
  • Madame Kali/Evelyn Poole (Helen McCrory): Uma Milf que pousa de médium, mas na verdade é uma bruxa adoradora do Capeta e que tenta seduzir Sir Malcolm para raptar Vanessa;
  • Mina Murray (Olivia Llewellyn): Filha de Sir Malcolm e ex-melhor amiga de Vanessa, torna-se vampira e puta paga do Dracula, só para este atrair Vanessa;
  • Peter Murray (Graham Butler): O filho nerd de Sir Malcolm, que não sobreviveu a África;
  • Gladys Murray (Noni Stapleton): A esposa baranga de Sir Malcolm, que é conduzida ao suicídio por Evelyn Poole;
  • Claire Inves (Anna Chancellor ): Mãe de Vanessa e puta paga amante de Sir Malcolm, que morre de ataque cardíaco quando flagra a filha trepando o Capeta;
  • Gordon Ives (Michael James Ford): Só ali está para dizerem que Vanessa tem um pai;
  • Captain Branson (Joseph Millson): O noivo de Mina Murray, com quem Vanessa trepou no dia anterior ao casamento de ambos;
  • Proteus (Alex Price): O novo amiguinho zumbi de Victor Frankenstein, infelizmente, para ele, a "Criatura" fez com que essa não fosse uma amizade muito duradoura;
  • Vincent Brand (Alun Armstrong): Ex-ator e atual diretor do teatro Grand Guignol, acolheu a "Criatura", e como não estava familiarizado com o conceito de "emo", pensou que sua aparência foi causada por um acidente numa fábrica;
  • Maud Gunneson (Hannah Tointon): Atriz do teatro Grand Guignol, que só ali está para ser cobiçada pela "Criatura";
  • Fenton (Olly Alexander): Vampiro usado como cobaia pela trupe;
  • Abraham Van Helsing (David Warner): Caçador profissional de vampiros contratado por Sir Malcolm.

Segunda Temporada (2015)[editar]

Qualquer um sobre Vanessa Ives.

Para complicar ainda mais esse enredo, essa temporada começa com bruxas nocturnas (que não são vampiras) adoradoras do Capeta, a perseguir Vanessa e a casa de Sir Malcolm. Se você vê essa bosta, esqueça a vampiragem nessa temporada, que só vai ter bruxaria demoniaca, liderada por Evelyn Poole (a Madame Kali da temporada passada e que todo o mundo pensava ser uma vigarista), que está determinada a entregar Vanessa ao seu mestre, o Capeta: até agora temos várias personagens a querer entregar a sofrida Ives a vilões, mas o Dracula desapareceu do mapa. Depois de ter morto a própria filha, que tanto procurou e reuniu uma trupe para encontrar, Sir Malcolm vai enterrar Mina a casa, e, quando regressa a Londres, torna-se vítima da sedução de Evelyn Poole. Porque a melhor maneira de lidar com a ansiedade de ser perseguida por um bando de seres sobrenaturais servidoras de Satã é voluntariar-se num hospital-quarentena de cólera, é isso que Vanessa faz, onde trava amizade com a "Criatura", com quem tem conversas enche-saco sobre crises existenciais. Victor Frankenstein consegue ressuscitar Brona, e arma-se em cabeleireiro com ela, cortando-lhe o cabelo e tingindo de loiro, diz à recém-zumbi que seu nome é Lily, que é sua prima, que teve um acidente que lhe tirou a memória. Dorian Gray, ainda de coração partido por Vanessa lhe ter dado um pontapé na bunda, conhece o traveco Angelique, que tem a mania que é a "rainha da cocada" e trabalha na Casa da Mãe Joana, e tornam-se amantes: Dorian fica histérico de felicidade por se fazer acompanhar de um homem vestido de mulher, escandalizando a sociedade londrina. Ferdinand Lyle é chantageado por Evelyn Poole, enquanto esta usa as entranhas de um bebê morto para costurar o interior de uma boneca-réplica de Vanessa Ives: diz-lhe que se ele não continuar espiando a trupe, que vai contar para tudo o mundo que ele é gay (isso não passa de uma ameaça vaga, já todos sabem dessa porra).

É uma cilada, Bino!

São encontradas umas relíquias com um idioma chamado Verbis Diablo, que basicamente é a língua do Capeta, que, convenientemente, Ferdinand Lyle também consegue desvendar: são as memórias do Capeta, que num momento de tédio infernal possuiu um monge qualquer para deixar sua estória escrita, sobre como foi expulso do Céu juntamente com seu irmão, Dracula. Lyle diz que há um ciclo que envolve Vanessa: o demônio, o escorpião (e não é o signo) e o Cão, e que o Capeta anda atrás dela desde o início dos tempos e que nunca deixará de a perseguir. As bruxas acreditam que Ethan é o Lupus Dei (o cão de Deus - porque até as divindades necessitam de animal doméstico e os lobisomems são óptimas companhias, pergunte-se à Bella Swan), e Hecate, a filha de Evelyn, começa a tentar caçá-lo. A trupe volta a reunir-se para proteger a mansão das bruxas da noite. Entretanto, Victor começa a apaixonar-se por Lily, e esta tira-lhe a virgindade, mas ela sabe o que é, pelo que começa a ter xiliques feministas e a matar homens. Dorian realiza um baile para apresentar Angelique à sociedade, mas caga no traveco assim que vê Lily. Ethan tem de ficar em casa porque é noite de lua cheia e pede para Sembene o almejar, enquanto se transforma em lobisomem. Pouco depois, Ethan e Vanessa vão para o meio do mato, em Ballentree Moor, a antiga casa de Joan Clayton, a ex-professora-bruxa de Vanessa que foi assassinada por Sir Geoffrey, que é morto via feitiço por vingança. Sozinhos no mato, tornam-se mais próximos, mas nem assim cedem à tentação. Lily e Dorian Gray tornam-se mais próximos, e, numa noite em que Angelique é deixada sozinha em casa, descobre o retrato no sótão: quando Dorian chega, envenena-a por ter descoberto o seu segredo. Entretanto, Victor e a "Criatura" estão tendo xiliques porque Lily anda desaparecida, e, quando regressa, manda os dois ir tomar no cu e junta-se a Dorian, o casal de imortais.

Sir Malcolm é enfeitado pelas bruxas, e Ethan e Vanessa, chamados por Victor, regressam para quebrar o barraco e enfrentar essa porra. Cada personagem é obrigada a enfrentar seus demônios, enquanto Vanessa enfrenta o próprio Capeta, no formato de uma boneca-réplica sua, que lhe promete uma vida normal com Ethan, em troca da sua alma. Mas Vanessa resiste e começa falando em Verbis Diablo, destruindo a boneca, enquanto Evelyn é morta pelo lobisomem. Os vilões morrem, mas como isso não pode acabar bem, Ethan abandona Vanessa e parte sabe-se-lá-para-onde porque está cheio de crises existenciais. Victor vai implorar a casa de Dorian Gray, que Lily regresse para casa, mas ela caga-lhe na cara e diz que planeia o fim da Humanidade (que é como quem diz: dos homems).

Outros Personagens[editar]

  • Joan Clayton (Patti LuPone): Conhecida como cut-wife de Ballentree Moor e a irmã boazinha de Evelyn Poole, que vendeu a alma ao Capeta. É uma bruxa das forças do bem, que concorda em ensinar Vanessa tudo o que sabe;
  • Hecate Poole (Sarah Greene): É a filha gostosa de Evelyn, também bruxa, que quer pegar Ethan Chandler para acabar com a raça dele;
  • Angelique (Jonny Beauchamp): Traveco prostituto que é pegado e assassinado por Dorian Gray.

Terceira Temporada (2016)[editar]

Vanessa conhece Dracula Dr. Alexander Sweet.

Nesse início da última temporada dessa porra, Vanessa dá numa de emo porque foi "abandonada" por todas as personagens e começa sessões de terapia com Dr. Florence Seward, uma psicóloga estadunidense conhecida por seus métodos "arrojados" de hipnose, e descendente de Joan Clayton (no fundo isso é só porque é a mesma atriz e os roteiristas dessa bosta não queriam dar numa de American Horror Story), enquanto Renfield, que pousa de secretário de Dr. Seward, começa a reunir informações sobre Vanessa para o seu mestre, Dracula. Entretanto, Victor Frankenstein chama seu antigo colega Dr. Henry Jekyll para o auxiliar na demanda de travar o casal de imortais Dorian Gray e Lily, que vão num espectáculo de tortura e assassinato resgatar Justine, a moça que todo o mundo estava pagando para ver ser morta em palco, e Lily toma a garota como sua protegida e membro número 1 de seu clube feminista que tem como objectivo exterminar homems. Durante uma tarde no Museu Natural de História, Vanessa conhece Dr. Alexander Sweet, o diretor de Zoologia do sítio, que chama a atenção dela porque faz um monólogo sobre escorpiões. Ethan e Hecate são interceptados por capatazes que querem levar Ethan de regresso aos Estados Unidos, sob ordens de seu pai, Jared Talbot, mas acabam sendo massacrados nas mãos da bruxa e do lobisomem: Hecate torna-se a puta paga de Ethan, mas acaba levando um tiro de Sir Malcolm quando este encontra os dois, e vem acompanhado por Kaetenay, o nativo-americano que transformou Ethan num lobisomem como castigo por ele lhe ter morto sua família inteira.

Nem Dorian Gray tem paciência para prostitutas feministas.
A "rainha das trevas" mais emo de sempre.

Vanessa e Dr. Alexander se tornam mais próximos, Reinfield vai transmitir as informações sobre ela ao seu "mestre": Dracula é Dr. Alexander Sweet (que choque, ninguém estava esperando isso...). Victor Frankenstein e Dr. Jekyll continuam conduzindo experiências para criar um sérum milagroso que inverta o processo de Frankenstein e torne Lily mortal. Vanessa vai visitar Ferdinand Lyle, que está de partida para o Cairo, e pedir conselhos para lidar com uma "versão moderna" de Dracula: este aconselha-a a procurar Catriona Hartdegen, uma tanatologista feminista, que concorda em ajudar Vanessa a lutar contra Dracula. A "Criatura" reencontra a sua família antiga, e encontra sua esposa e seu filho na maior pobreza e tuberculose. Lily começa a reunir o seu exército de prostitutas feministas, que convida para um mega-convívio em casa de Dorian Gray e pede para cortarem a mão direita dos piores homens que conheçam. Justine começa a ameaçar Dorian, que, como é imortal, samba na cara dela: o cara já tem o saco cheio daquela bosta que só foi divertido ao início, que mais tarde quebra o pescoço da guria. No meio desse jantar, aparece Dr. Victor Frankenstein, com o objectivo de raptar Lily e de a levar para o laboratório, mas o plano dá errado e Justine quer matá-lo, o que Dorian proíbe, pois torna-se aliado de Frankenstein para se ver livre de Lily. Vanessa e Dr. Alexander partilham uma noite de sexo: como é com o Dracula, o Capeta não pode intervir nas transas do irmão, pelo que ela não fica possuída depois. Mais tarde, Vanessa finalmente descobre que seu amante é o seu predador, mas Dracula dá tudo para ser galã, com conversas de que quer que "ela seja quem verdadeiramente é", "não quer que ela seja normal" e que "nunca vai estar sozinha" porque "a vai amar até ao fim dos tempos": Vanessa cede e o Apocalipse começa.

A trupe regressa a Londres, à qual se juntam Catriona Hartdegen, Dr. Florence Seward, Dr. Henry Jekyll e Kaetenay, só para fazer número, numa missão de salvar Vanessa e travar o fim-do-mundo. Enquanto Dracula está distraído a ver seu exército de vampiros a serem mortos por 6 indivíduos, Ethan consegue entrar na "Casa das Criaturas da Noite" e encontra Vanessa numa sala rodeada de velas, com o maior ar de emo desse mundo: não é essa a imagem da "rainha das trevas" que todo o mundo imagina. Vanessa diz que tem de ser Ethan a matá-la porque ele é o Lupus Dei, sacrificando-se, assim, pela Humanidade, qual Jesus Cristo Vitoriano. Com Vanessa morta, o Apocalipse pára, começa a rivalidade mortal entre vampiros e lobisomems e os roteiristas têm de encontrar um modo de terminar esse seriado mesmo deixando quase todas as estórias inconcluídas, no final mais bosta possível: porque o bem tem sempre de triunfar sobre as forças do mal...

Outros Personagens[editar]

  • Dracula (Christian Camargo): Apresenta-se sob o disfarce de Dr. Alexander Sweet, com o objectivo de seduzir Vanessa. Tal como seu irmão, Lúcifer, é um "anjo caído", que foi banido para a Terra enquanto o outro foi para o Inferno. É o progenitor e o mestre de todos os vampiros;
  • Catriona Hartdegen (Perdita Weeks): É uma ruiva gostosa com requintes feministas, que usa roupa masculina e pratica esgrima. É uma tanatologista, ou seja, estuda os aspectos científicos da morte;
  • Dr. Florence Seward (Patti LuPone): É uma psicóloga de Nova Iorque que serve como terapeuta para Vanessa curar seus xiliques;
  • Justine (Jessica Barden): Protegida de Lily e Dorian Gray, torna-se uma feminista assassina de homems;
  • Dr. Henry Jekyll (Shazad Latif): Antigo colega da faculdade de Medicina de Dr. Victor Frankenstein, que entra em cena para ajudar seu miguxo no combate contra os imortais Dorian Gray e Lily;
  • Kaetenay (Wes Studi): É um nativo-americano Apache da região do Novo México, e foi quem transformou Ethan Chandler num lobisomem;
  • Jared Talbot (Brian Cox): O pai abusivo de Ethan;
  • Renfield (Sam Barnett): Secretário de Dr. Seward, que também é um servo fiel de Dracula, tendo como missão espiar em Vanessa.
v d e h
Séries Monstruosas