Pepper (O Massacre da Serra Elétrica)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Deppmorte.gif
Pepper (O Massacre da Serra Elétrica)
é uma vítima infeliz e sem sorte!

Foi fugir e tropeçou em uma pedra


Pepper é uma das mulheres mais azaradas que já tiveram o desprazer de pisar na Terra. Caroneira, ela podia ter entrado em qualquer um dos milhões de carros que passam pelas freeways norte-americanas, mas acabou pegando carona justamente na van do grupo de Erin Hardesty, que mais tarde seria perseguido pelo maior açougueiro e cozinheiro do Texas, Leatherface.

História[editar]

Passado[editar]

No roteiro de qualquer filme de terror, a garota de seios pequenos é uma das últimas a morrer. Com Pepper não foi muito diferente.

Desconsiderando o retardo mental e a mania de usar o corpo para conseguir o que almeja, Pepper sempre foi uma garota comum. Nasceu em um hospital comum, levou duas palmadas do médico que fez o seu parto, passou a infância brincando com as amiguinhas de panelinhas e de roubar o batom da mamãe... Enfim, tudo normal. Não vou contar toda a vida da moça, pois é muito comum, e você iria acabar ficando enjoado após dois minutos de leitura.

O que importa é que, na fase de transição da adolescência para a fase adulta, Pepper virou uma garota rebelde, e fazia apenas o que queria. Apesar de seus pais quererem que a sua filha normal cursasse medicina ou advocacia, o que Pepper queria mesmo era viajar pelo mundo, e fazer apenas o que bem entender. O problema é que ela era pobre, e não tinha dinheiro nem para pegar o ônibus.

Para resolver este problema, Pepper começou a usar os seus atributos físicos para conseguir caronas. Aí as coisas ficaram mais fáceis, pois motorista tarado é o que não falta. Após pegar muitas caronas, Pepper conseguiu chegar em uma obscura cidade estadunidense, meio abandonada, onde os caipiras fuzilavam os forasteiros com o olhar. Querendo sair o mais rápido possível daquele lugar, Pepper estava determinada a pegar carona no primeiro veículo que passasse pela região. E, para o seu azar, o primeiro veículo que passou foi a van do grupo de Erin Hardesty, que estava indo assistir um show de rock em Dallas e depois, atravessar a fronteira e ir para o México. Entusiasmada com esse plano de viagem, Pepper foi que foi, e estava pronta para, finalmente, sair de seu país de origem, e começar o seu esperado tour mundial.

Presente[editar]

Após algumas horas de viagem, Pepper já estava bem enturmada com a galera. Ela se enturmou tanto que quase teve um filho com Andy, um maconheiro que estava acompanhando o grupo porque estava interessado em comprar ervas no México por atacado.

Depois de muitos amassos, Pepper e Andy foram obrigados a se separar, pois Erin resolveu dar carona para uma loirinha suicida, que estourou metade da própria cabeça ao atirar dentro da boca com uma Colt Python. Mesmo após este acontecimento, Andy queria continuar com a pegação, mas Pepper ficou enjoada demais ao ver um cérebro humano todo estourado no banco de trás da van, e acabou vomitando todo o jantar do dia anterior.

Para resolver este pequeno problema, e retirar o corpo da defunta da van, Andy, Kemper e Erin Hardesty foram procurar o xerife da região. Enquanto isso, Pepper, que queria evitar a fadiga, ficou apenas esperando na van, junto de outro vagabundo, Morgan. Apesar da nerdice deste cara, Pepper tentou puxar conversa, e papeou um pouco com ele, perguntando um pouco sobre coisas importantes, como o saldo bancário do cara. Quando Morgan disse que tinha mais de 1.000 dólares depositados, e que eles estavam rendendo todos os meses, Pepper ficou entusiasmada, e teve ânimo para continuar com a conversação.

Porém, papo vai, papo vem, e os dois foram surpreendidos por Erin, que, desesperada, tenta ligar a van para sair daquele lugar o mais rápido possível, pois um doido canibal armado com uma motosserra chamado Leatherface a estava perseguindo. Enquanto tentava (sem sucesso) ligar a van, o Sheriff Hoyt apareceu do nada, e, após ver que tinha uns baseados no isqueiro da van, mandou todo mundo descer e ficar no chão. Enquanto Pepper estava no chão, com medo de levar um tiro na caixa d'água, o xerife torturou psicologicamente o cagão do Morgan, e depois o levou embora, para quem sabe onde.

Enquanto isso, Pepper e Erin, que ainda estavam morrendo de medo, foram encontradas por Leatherface, que estava até com lombrigas de tanta vontade de comer a carne humana macia e suculenta de jovens bonitinhas e de boa família. Neste momento, frente ao maior assassino do Texas, Pepper ficou com saudades de sua antiga vidinha normal e sem graça, que apesar de monótona, era segura. Mas ela nem teve muito tempo para pensar, pois a motosserra de Leatherface estava com sede de sangue.

Pepper até tentou fugir, e conseguiu inclusive atordoar Leatherface por alguns segundos, induzindo o vilão a acertar sua motosserra em um barril de aço, mas isso não foi o suficiente. Ninguém consegue escapar da fúria, dos músculos e da motosserra de Leatherface (com execeção de alguns membros da família Hardesty, é claro). Então, quando Pepper escorregou, Leatherface teve apenas o trabalho de fatiá-la em duas partes simétricas com sua motosserra.


v d e h
BUUUUUZZZZZZZZZZZZZZ!!! O Massacre da Serra Elétrica...
Leatherface montagem 2.jpg