Pequi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bambu.jpg Pequi faz parte do Incrível Mundo Vegetal Folhoso
Este vegetal foi certificado pelo Greenpeace como um artigo livre de agrotóxicos, transgênicos e outras pragas nocivas.


Que merda é isso?[editar]

Taí o bicho!

Pequi é uma árvore, isso mesmo, e produz um fruto mortal conhecido por pequi mesmo, ou não conhecido na maioria dos casos. A fruta se assemelha a uma bola do saco (vulgo testículo) e possui um fedor de merda odor peculiar. Segundo civilizações antigas nordestinos dentro do fruto habita um pequeno porco espinho, vem dai o gosto que lembra toicinho, e enche de alegria a mesa farta dos goianos e brasileiros que moram na parte norte do mapa.

Também é dito que tupã, um dos papais noéis deuses indígenas, criou a fruta, dando-lhe o sabor de merda, mas não um cheiro. Decidiu, pois, passar a recém criada imitação de bola do saco fruta na buceta de uma índia, dando-lhe o odor peculiar.

Pra que serve isso?[editar]

Prato conhecido como "Mata Sogra"

O pequi é muito utilizado na culinária para matar sogras. Cozinheiros renomados posicionam este travesso fruto oculto entre o arroz, no intuito de servi-lo para sogras e matar a velha de hemorragia gengivítica de uma forma que não pareça assassinato, mas é necessário ter cuidado para não deixar o(a) amado(a) companheiro(a) comer do prato, senão vão desconfiar da grande perda de sogras. Além disso você pode ser considerado um grande cozinheiro por conhecer este curioso fruto.

Dizem as más línguas que o fruto tem poder medicinal, mas é mentira, provavelmente inventaram isso para conseguir vender mais dessa coisa.

Propriedades Maléficas Mágicas[editar]

  • Espantar insetos (com o odor)
  • Espantar visitas (com o odor)
  • Espantar qualquer coisa (com o odor)
  • Deixar tudo na geladeira com gosto de pequi (sorvete, garrafa d'água, coca-cola, TUDO MESMO)
  • Irritar a vizinhança
  • Estragar uma panela inteira de arroz ou feijão, ou macarrão, etc (ideal para castigos ou para espantar visitas novamente)

Ver também[editar]