Período Meiji

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
O Grande Mijão que iniciou esse período

O Período Meiji ou Era Meiji, ou ainda o Período Mijão ou só Mijei, constitui-se de mais um dos bilhões de períodos nos quais a história do Japão é dividida. Esse rola durante o reinado de quarenta e cinco ânus do Imperador japoronga Meiji. Nessa fase, o Japão conheceu uma acelerada modernização, vindo a constituir-se em uma potência mundial, além de ser famosa como uma época em que não havia muitos banheiros e os japoneses eram obrigados a ficar mijando por aí, daí o nome.

Antes disso[editar]

Típica família fantasiada desse período

Por volta dos fins do século XIX (você sabe que número é esse certo?), o Japão, ainda no Período Edo, era uma nação de burros ignorantes atrasados que ainda viviam no maldito feudalismo, e eram motivo de piadas para mundo inteiro. Os Estados Unidos, aproveitando-se disso, invadiram uma de suas Baías (não, não estamos falando do estado brasileiro, seu animal!) e obrigou-os a abrirem seus portos para o comércio externo, comprando qualquer quinquilharia que os Norte-Americanos quisessem produzir. Isso deixou os japoneses muito nervosos, pois agora eles tinham que ficar comendo no Mc'Donalds e entupirem suas artérias com a gordura das porcarias de lá, ao invés e comer os peixes crus e pedaços de soja que tanto amavam. Isso criou um clima de mau-humor que durou até a Restauração Meiji.

História[editar]

O Imperador Meiji, após suceder o seu pai, o Imperador Comeu, decidiu fazer a diferença e proclamar uma revolução cultural, pois tinha medo de ser esquecido ou considerado um inútil como já ocorria com a grande maioria de seus antecessores.

Asim, ele mandou o último shogun, um tal de Tokugawa Yoshi Noob, ir pastar capim, e tomou todo o controle para si, dando fim eterno ao Feudalismo. Com isso, ele pode centralizar o poder, melhorando as técnicas burocrátas de desvio de dinheiro e fazendo com que os soldados desempregados dos feudos virassem seus capangas imperiais. O Japão também parou de ser um fracassado que só sabia plantar arroz e fazer hentai: eles começaram a produzir brinquedos, computadores, robôs, animes, Ultraman, esferas do dragão, celulares, mini-celulares, micro-celulares, nano-celulares, celulares minúsculos, transformers e por aí vai. Eles finalmente viraram capitalistas ricos e safados como os europeus e o pessoal da terrinha do Tio Sam já eram há muitos millênios.

Entre as princípais mudanças ocorridas nesse período podemos citar: a criação do Iene, que ninguém entende porque tem esse nome ridículo; a criação do Banco do Japão; a criação da Padaria do Japão; a criação do Hospital do Japão; a criação do Mercadinho do Japão; a criação do Pão do Japão; a criação do ensino primário, secudário, terciário, quaternário e cenmiltenário obrigatórios; a criação de uma forma de roubar através da centralização do poder; a criação do fortalecimento do Estado; a criação de ferrovias; a criação de aeroportos; a criação de super-herois que ficam gigantes; a criação do mafagafo japonês; a criaçaõ de universidades; a criação de um gabinete parlamentar; a criação de uma monarquia parlamentar e uma constituição e um monte de prédios e porcarias e tudo mais e etc. Só o que eles não conseguiram criar naquela época foi m banheiro decente que evitasse a criação desse apelido para essa época e para esse imperador, que devido á essa ausência, tinha que mijar na frente do povo.

Surgiram também os zaibatsus, grandes conglomerados empresariais originados dos clãs familiares que queriam dominar o universo, como a Mitsubishi, a Mete Seu, a Suome e Tomo, a Boasuda, dentre outros, que passaram a dominar cada vez mais a economia, devorando todos os setores industriais, além do comércio, das finanças e do tráfico de drogas. Eles logo devoraram a carne e a alma de todos os seus concorrentes, e só não dominaram o mundo porque depois surgiu a Microsoft.

Consequências[editar]

Apóos o Meiji ter batido as botas, quem assumiu foi um sujeitinho chamado de Taisho, e o Japão entrou numa novo período, onde decidiu virar brigão e se meter em qualquer guerra que aparecesse.


v d e h
日本史

Nomi no sukune small.jpg