Phantasy Star

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Phantasy Star é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Marisa Kirisame rouba outra técnica em Touhou

60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Phantasy Star.
Phantasia Estar
Phantasy.jpg
Gênero RPG
Desenvolvedor Sega
Sonic Team
Publicador Sega
Plataforma de origem Master System
Primeiro lançamento Phantasy Star
(1987)
Último lançamento Phantasy Star Nova
(2014)

Cquote1.png Você quis dizer: Final Fantasy Cquote2.png
Google sobre Phantasy Star
Cquote1.png Dizem que a Samus foi a primeira protagonista mulher dos jogos... Mas nós fomos os primeiros a botar uma MULHER jogavel! Cquote2.png
Sega sobre Alis não esconder sua identidade no primeiro jogo como a Samus
Cquote1.png Porque caralhos esses caras colocaram Phantasy com PH? Cquote2.png
Professor de ortografia sobre Phantasy Star
Cquote1.png É plágio de D&D Cquote2.png
Nerd viciado em D&D sobre Phantasy Star

Phantasy Star é uma série de jogos clássica do gênero RPG produzida e distribuída pela Sega. Ao contrário da maioria dos outros games no mesmo estilo que eram lançados naquela época, a franquia não se resume ao clichê basicão do capa-e-espada, e traz muitos elementos futuristas mesclados com o clima medieval, como por exemplo a disponibilidade do uso de pistolas e veículos para auxiliar no combate aos monstros. Ou seja, é como misturar fantasia com ficção científica em um liquidificador, resultando nessa bagaça aí.

O primeiro jogo da série foi originalmente criado para o console do Master System, no atualmente longínquo ano de 1987, e não havia nenhum plano inicial para lançar uma sequência ou convertê-lo para outras plataformas, o que possivelmente faria dele apenas mais um joguinho aleatório perdido nos anais da história videogamística. Porém, o sucesso acabou sendo maior do que o esperado, o que fez com que a Sega expandisse Phantsy Star e lançasse tantas versões e capítulos extra quanto fosse possível, o que faz com que essa joça perdure até os dias atuais, contando inclusive com uma série paralela spin-off chamada Phantasy Star Online, que conforme o criativo nome já indica, foi lançada para ser jogada online.

Um dos fatos mais surpreendentes para justificar o êxito de Phantasy Star é o de que sua protagonista é uma garota, e não um brucutu marombado como é geralmente esperado. Mais do que isso, a personagem tem uma anatomia completamente proporcional e condizente com a realidade humana, sem peitão ou bundão para atiçar o lado punheteiro dos jogadores, além de usar um figurino prático e comportado com o qual seria até possível enfrentar monstros de verdade. Isto é, se eles realmente existissem. Ok, você deve ter entendido.

Jogabilidade[editar]

A personagem central da série é Alis Landeel, moça direita e de respeito, ainda que mal tenha peito, pois conforme já foi mencionado, ela não é uma dessas hentai girls exageradas de curvas fartas e trajes mínimos. Claro que isso não impede que haja doente que se anime a bater umazinha por ela, afinal de contas, era o final dos anos 80 e personagens femininas jogáveis ainda eram consideradas uma tremenda raridade.

A saga de Phantasy Star é ambientada em um sistema solar alternativo chamado Algol, composto por quatro planetas fictícios, sendo eles:

  • Palma, um mundo de terras agrícolas férteis onde vivem seres humanos caipiras comuns;
  • Motavia, um enorme deserto habitado por ewoks;
  • Dezoris, um lugar repleto de gelo e neve cujos habitantes são parentes do Grinch;
  • Rykros, o planeta misterioso que abriga monstros e onde acontecem várias bizarrices.

Obviamente, Alis é uma habitante nativa de Palma, o que pode ser facilmente notado por sua aparência. Como a Sega já estava se arriscando bastante em botar uma protagonista feminina, não podiam avacalhá-la muito para não causar estranhamento demais.

A jornada de Alis tem início após a morte de seu irmão Nero, que estava investigando os motivos que levaram o governante local Lassis a virar um ditador tirano ao invés do outrora rei bonzinho que era. Para vingar a morte de seu ente fraternal, a moça decide seguir adiante com o objetivo dele e sai por aí excursionando por labirintos subterrâneos e cavernas que a levam entre os planetas de Algol, como se fosse a coisa mais normal do mundo. Parece até uma novela da Globo, em que os personagens transitam de país em país como se estivessem indo na equina para comprar pão.

Jogos[editar]

Sendo uma franquia iniciada em 1987 que perdura até os dias de hoje, Phantasy Star já conta com mais de 8000 jogos lançados, incluindo canônicos, spin-offs, complicações compilações e remakes. Você não achou mesmo que a Desciclopédia iria resenhar cada um deles para você, achou? Em caso de resposta afirmativa, sentimos muito em informar que você é um trouxa que só perdeu tempo lendo este artigo até aqui.

v d e h
Phantasy Star.png