Ping Yao

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pastel chines original.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Ping Yao (do mandarim Ping Pong Yahoo) é uma importante cidade chinesa que por algum motivo misterioso parou no tempo, portanto é até hoje, lar de imperadores e chineses lutadores que se vestem esquisito e andam de cavalo. Ping Yao é muito famosa por ser utilizada por Jackie Chan e Jet Li para encenarem seus filmes de época da Dinastia Qing (aquela dos filmes).

História[editar]

Ping Yao durante as invasões bárbaras do século XV.

A cidade foi fundada no século XIV no meio do deserto no interior da China sob ordens do Imperador Xing Ling que tinha temor das invasões bárbaras e comunistas do oeste. O tempo passou, e a China não foi invadida (eles não tinham nada além de bambu), mas Ping Yao continuou alerta (afinal, eram ordens imperiais), mas curiosamente, devido a sua distância acreana da civilização, a cidade não foi notificada que os mongóis acabaram e continua de prontidão para qualquer invasão até hoje.

Como se sabe, o povo chinês possui um mórbido gosto e interesse por muralhas de tijolos altas e extensas, logo cercaram a cidade de Ping Yao com os mais altos muros para previnir qualquer ataque mongol, essas muralhas de concreto possuem 6 portões e 72 torres de vigilância, monitoradas 24 horas por dia por monges budistas especialistas em Kung Fu Voador e os tradicionais ninjas. Em suma, parece uma cidade saída de Final Fantasy misturada com uma típica confusão de Age of Empires.

Economia[editar]

Ping Yao já foi o centro financeiro do oriente, um local que comercializava todas as especiarias da Arábia (bombas, turbantes, camelos), da Índia (pimenta, sal e todos os tipos de temperos e venenos imagináveis), da Mongólia (capim) e da China (pênis de ursos-pandas ópio, algodão, bambu, pólvora e pizza).

Hoje, com a criação do EBay, a importância da cidade caiu, mas Ping Yao se tornou o principal ponto de encontro de todas as máfias chinesas.

Curiosidades[editar]

  • Até hoje já foram filmados mais de 800 filmes diferentes em Ping Yao. Todos os filmes simulando alguma cidade chinesa do século XIV.